MENU

| BR

Campus

Cursos

Programas Executivos

Paises


Gestão de Negócios Digitais

Estabeleça a estratégia e o roadmap de desenvolvimento de produtos. Gerencie times utilizando métodos ágeis. Modele seu negócio usando Business Model Canvas. Saiba como comunicar o valor do produto e estruture seu modelo financeiro

Crie seu MVP (Minimum Viable Product)

Desenvolva o processo de ideação e experiência de usuário (UX), crie uma estratégia de marketing digital, faça seu planejamento financeiro. Estruture pitches melhores de negócios para potenciais investidores

Departamento de carreiras

Alunos podem fazer o Curso de Gestão de Carreira (gratuito) e participam de feiras de recrutamento exclusivos (Recruiting Day)


Imagen de Gestão de Produtos Digitais

Por que Gestão de Produtos Digitais?

Você vai aprender:
  1. - Cultura Digital
  2. - Novas Tecnologias Digitais
  3. - Discovery (Persona)
  4. - Market Research
  5. - Design Thinking & Inovação
  6. - Customer Experience (UXD, CX, UI, Research)
E também:
  1. - MVP & Teste com Usuários
  2. - Metodologias Ágeis (SCRUM)
  3. - Jobs To Be Done (JTBD)
  4. - Marketing Digital
  5. - SEO & SEM
  6. - Plano de Midia
E mais:
  1. - Lifetime Value e Modelagem Financeira
  2. - Social Ads - Facebook, Instagram, Linkedin, Twitter
  3. - Google Analytics, KPI's & Métricas
  4. - Standup & Elevator Pitch
  5. - Propriedade Intelectual & LGPD
  6. - Projeto Integrador

E na minha carreira?

E o futuro?

Você terá oportunidades como Gerente de Produto, Product Manager, Digital Product Manager ou Gerente de Produtos Digitais. Também poderá atuar em áreas diversas como: gestão de produtos, desenvolvimento de negócios, estratégia de mercado, inovação, startups entre outras.

Salário

O salário médio de para gerentes de produtos digitais é de R$ 6,779. Entre 2018 e 2019, a demanda por esses profissionais cresceu 150% (fonte: Revelo, julho 2019)

Aprenda com professores especialistas do mercado

Nosso time de especialistas

Ver Professores

Quem já fez

Próximos cursos, horários e sedes

Noite

27 Abril - 11 Setembro

Segunda, Quarta, Sexta

19:00 às 22:30
Vila Olímpia

Ver preço

27 Janeiro - 22 Junho

Segunda, Quarta, Sexta

19:00 às 22:30
Vila Olímpia

Ver preço

Esgotada

Blog
Digital House

Passe seu isolamento social muito bem acompanhado com os novos conteúdos da DH Series  img
ux
mkt
carreira
tech
dados

Passe seu isolamento social muito bem acompanhado com os novos conteúdos da DH Series

Sendo assim, a Digital House, maior escola de habilidades digitais da América Latina e uma das principais do mundo, orgulhosamente anuncia o lançamento de sua página de conteúdos em formato de vídeo, pensando em deixar seu isolamento social muito mais interessante e agregador, a DH Series. Lá, você encontra assuntos atuais e incríveis (sem falsa modéstia), como as mudanças que virão com a LGPD, Customer Experience, Inteligência Artificial, Cultura de Inovação e Indústria 4.0, Diversidade no Digital e muito mais. Tudo explicado no nosso jeitinho de ser - dinâmico, objetivo e descomplicado - com nossos professores como mediadores e seus convidados. Coisa fina, não? Nesses bate-papos, você se contextualiza sobre muitos assuntos importantes do universo da era digital, de maneira abrangente e comportamental. Nosso propósito nada singelo com esse canal é que o “bichinho da desconstrução” toque seu DNA criativo e te impulsione a sair do lugar, mesmo em quarentena. Assista estes diálogos, reflita as perspectivas dos especialistas, absorva suas histórias e experiência e vamos aprender, todos juntos! Se ficar interessado em se aprofundar ainda mais sobre cada um deles, sendo também um protagonista destas áreas, conheça as profissões do futuro e impulsione sua carreira, em home office e fora dele (em breve).

Como a Transformação Digital proporciona o trabalho fora do escritório img
ux
mkt
carreira
tech
dados

Como a Transformação Digital proporciona o trabalho fora do escritório

Acompanhe este artigo e entenda como o uso do ferramental disponível nos ajuda a ter mais domínio das demandas de mercado, que formatam novos modelos de negócios, tendo o trabalho fora do escritório como um de seus pilares principais.O sacode a poeira da Transformação DigitalQuando ainda era uma opção aderir à Transformação Digital, já sabíamos de seus benefícios em otimização e competitividade, mas os mercados ainda tinham o pé atrás em uma de suas características como o trabalho fora do escritório, por uma série de fatores que vão de infraestrutura até questões culturais.A conectividade se restringia ao uso massivo de aplicativos via smartphones para comunicação entre as equipes, com implantação de alguns apps de serviços em setores como transporte, alimentação, hospedagem, entre outros.Hoje, todos estes mercados são obrigados a aderir à comunicação online e trabalho fora de casa para sobreviver. Inclusive, dois dos maiores players de soluções de videoconferência, o Google Hangouts e o Microsoft Teams, até liberaram diversas funcionalidades, até então somente disponíveis nas versões pagas, para versões gratuitas.Mesmo no meio do vendaval de mudanças, reflita como será o mundo corporativo, após o controle da pandemia, depois desta nova forma de trabalho ser integrada às rotinas normais e gerar resultados positivos?Esse período pode mudar perspectivas tradicionais. Lembra daquela palavrinha quase batida, o tal disruptivo. Então, olha a prática dela aí, no exercício da vivência na Transformação Digital e da chegada definitiva das novas profissões. Ou seriam dos novos profissionais?Gerenciamento sem caos - dos males o menor Pensamento positivo. Hoje temos a possibilidade do trabalho remoto. Com organização e ajuda de ferramentas que otimizem a rotina do trabalho fora do escritório, ele pode, sim, tornar o dia muito mais produtivo para as pessoas que se reinventam.Com um mindset digital criativo e ousado, é possível se manter competitivo em meio da crise, liderando projetos e pessoas. E a Digital House, que ministra cursos com as principais habilidades exigidas pelo mercado ( e que espera que você esteja se cuidando e seguindo as orientações de prevenção ao COVID-19), coloca luz e direcionamento para você que quer aderir a esta nova perspectiva e postura.Aprenda com nossos professores especialistas de mercado, ou mesmo atualize conceitos como: Cultura Digital e Discovery, Transformação Digital, Metodologias Ágeis, Experiência do Usuário (UX), Estratégias de Marketing Digital, Data Analytics, Data Science e LGPD.Inscreva-se no curso de imersão em Transformação Digital, atualmente apenas no formato online, e faça do desafio a oportunidade. Mais que frase de efeito, esta atitude é que salvará mercados e empregos. Vem conosco, estamos todos juntos nessa, embora separados!

 Implementando metodologias ágeis no seu dia a dia img
ux
mkt
carreira
tech
dados

Implementando metodologias ágeis no seu dia a dia

Mas, muito mais simples do que ultrapassar a velocidade da luz, as Metodologias Ágeis priorizam entregas em um curto espaço de tempo e com a mesma qualidade das que surgiam após processos muito mais demorados. Como? Com técnicas e meios que integram áreas e descomplicam rotinas(olha aí a técnica do nosso velocista escarlate, novamente). Aliás, descomplicar é a palavra da vez, não só neste artigo, mas também quando se trata de inovação. Essa é a função da tecnologia na nova era digital: ser nossa aliada, reafirmando justamente o conceito de homem-máquina. Flexibilidade, adaptabilidade e resiliência Os métodos ágeis são bem diferentes do modelo de gestão tradicional, quadradinho, de projetos, quando era preciso o desenvolvimento de produtos dividido por etapas estritamente definidas e seguidas à risca. E, em épocas em que o trabalho remoto, ou home office, impera por necessidades de saúde pública, usar desta metodologia pode ser um grande diferencial em produtividade individual e entre equipes, pois a regra do jogo é clara: se adaptar às novas realidades, incluindo as fases para chegar lá, sempre com foco na melhor entrega, ou seja, no freguês. Os métodos ágeis são mais “bora lá, equipe”, aderindo a interações curtas, onde o resultado é medido por meio do produto já pronto. Esse modelo é disruptivo e se adapta à era da Transformação Digital, já que a entrega precisa seguir a rapidez das conexões, baseadas então em ciclos iterativos e incrementais, o que traz mais flexibilidade e adaptabilidade, sem muita burocracia corporativa. Ambientes ágeis de desenvolvimento, para serem construídos e terem sucesso, precisam de equipes com autonomia, capazes de se auto-organizar em busca de metas, com foco nos resultados, não no processo em si. Por isso, uma empresa agile alcança muito mais produtividade e eficácia do que os modelos tradicionais. Na prática, pense no exemplo de um engenheiro de computação que tem a função de criar um novo software para o iPhone. Se ele trabalhar em uma metodologia ágil, com certeza realizaria esse trabalho com equipe auto-organizada e multidisciplinar. Cada fase evoluiria de acordo com as necessidades do projeto em si, não de processos tradicionais da empresa. Logo, a necessidade do cliente e da demanda é que mandam no jogo. Ao engenheiro em questão ficaria a parte que lhe diz respeito do projeto e estar em constante comunicação com o resto das equipes. Vrrummm - resposta rápida e fundamentada em metodologia E, assim como nosso herói veloz, embora a Metodologia Agile não tenha diversos superpoderes, ela tem um essencial - a objetividade e rapidez que o mercado atual pede, com colaboração entre pessoas, métricas e máquinas. Aliás, ser ágil nas decisões, informações e soluções no contexto em que vivemos de criticidade na saúde mundial, pode ser um “superpoder” no sentido da sobrevivência das empresas. Curioso? Conheça os cursos da Digital House e torne-se um profissional habilitado nesta área. Aprenda as principais metodologias e frameworks para criar, experimentar e testar seus projetos, colocando seus clientes no centro, por meio da agilidade e do Design Thinking.

Ver todos