Você conhece a linguagem de programação brasileira Lua?

A linguagem de programação Lua é funcional, permite programação procedural, é orientada a objetos, dados e descrição de dados.

 Você conhece a linguagem de programação brasileira Lua?

Você que é desenvolvedor ou desenvolvedora, sabe que existem inúmeras linguagens de programação, sendo que cada uma pode ser destinada a uma finalidade diferente, como orientação a objetos, estruturado e funcional e até mesmo para criar jogos.

É notável que a carreira de programador(a) está se expandindo cada dia mais, porém essa área conta com muitas variações, sendo que a linguagem de programação é a principal ferramenta para esse trabalho. E, entre as linguagens e códigos de programação que os devs já estão familiarizados, como Java, JavaScript, Python, C++, existe, também, uma desenvolvida do Brasil: a Lua.

Muito empregada em grandes projetos de ponta do mundo todo, a Lua é uma linguagem de programação usada em diversos ramos. Ficou curioso(a) e quer saber mais sobre ela? Então acompanhe nosso artigo. Boa leitura!

O que é a linguagem de programação Lua?

Muito utilizada em grandes projetos em todo o mundo, a linguagem de programação Lua foi criada, em 1993, por um time de desenvolvedores do Tecgraf da PUC-Rio, a princípio, para ser usada em um projeto da Petrobras. Atualmente, a responsabilidade pela atualização do programa é do laboratório LabLua, do Departamento de Informática da PUC carioca.

Mas, devido à sua eficiência, clareza e facilidade de aprendizado, passou a ser empregada em diversos ramos da programação, como o desenvolvimento de jogos, controle de robôs, processamento de texto e é frequentemente usada como uma linguagem de propósito geral. Os programas mais conhecidos que utilizam a Lua são:

Os programas mais conhecidos que utilizam a Lua

A Lua é extremamente fácil de aprender, principalmente para quem está começando no mundo da programação, pois possui uma sintaxe bem enxuta. Além disso, ela é tipada didaticamente e usa uma estrutura de dados bem simples, as Tables.

Essa linguagem de programação poderosa, eficiente e leve, projetada para estender aplicações, permite programação procedural, programação orientada a objetos, programação funcional, programação orientada a dados e descrição de dados.

Ela combina sintaxe procedural simples com importantes construções para descrição de dados baseadas em tabelas associativas e semântica extensível. Executada via interpretação de bytecodes para uma máquina virtual baseada em registradores, tem gerenciamento automático de memória com coleta de lixo incremental.

Todas essas características fazem da linguagem de programação Lua ideal para configuração, automação (scripting) e prototipagem rápida.

Para que serve a linguagem de programação Lua?

A linguagem Lua é muito utilizada para o desenvolvimento de jogos, além de apresentar grande potencial para a construção de aplicações hipermídia, como os que envolvem o Sistema Brasileiro de TV Digital (SBTVD).

Linguagem de programação Lua?

Da mesma forma, a linguagem Lua pode ser utilizada para construção de robôs e sistemas de Inteligência Artificial (IA). Um exemplo é o middleware que já mencionamos, o Ginga, desenvolvido em conjunto com a PUC-Rio e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Nele, há um suporte comunicativo de algumas operações cotidianas, como transações bancárias e envio de mensagens.

Principais vantagens da linguagem Lua

Apesar de não ser tão famosa como as demais linguagens, a Lua possui uma reputação muito boa entre desenvolvedores de todo o mundo, e isso se deve ao fato de ser prática, simples, de fácil aprendizagem e, ainda assim, poderosa. Além dessas, outras vantagens dessa linguagem são:

Principais vantagens da linguagem Lua

Onde é usada a linguagem de programação Lua?

Estabelecida e robusta, a Lua é uma linguagem de programação usada em muitas aplicações industriais (como o Adobe Lightroom Classic), com ênfase em sistemas embutidos (como middleware Ginga para TV digital) e jogos (World of Warcraft, Roblox, Angry Birds, The Sims, entre outros), sendo a linguagem de script mais usada em games atualmente.

Com um sólido manual de referência, essa linguagem possui diversas versões, lançadas e usadas em aplicações reais desde a sua criação em 1993.

Com uma reputação de possuir ótimo desempenho e rapidez, não só em programas específicos para benchmarks, mas também no dia-a-dia dos programadores, a Lua roda em todos os tipos de Unix e Windows, bem como dispositivos móveis (usando Android, iOS, BREW, Symbian, Windows Phone), em microprocessadores embutidos (como ARM e Rabbit), para aplicações (como Lego MindStorms) e até mainframes IBM.

A Lua é uma engine rápida e pequena que pode facilmente ser embutida em sua aplicação. Com uma API simples e bem documentada que permite integração com código escrito em outras linguagens, não só em C e C++, mas também em Java, C#, Smalltalk, Fortran, Ada, Erlang, e mesmo outras linguagens de script, como Perl e Ruby.

Você já conhecia a linguagem de programação Lua? Se sua resposta foi não, não se preocupe, afinal, existem inúmeras linguagens. E se você quer se aprofundar ainda mais nessa área e conhecer, não só a Lua, mas outras linguagens, a Digital House pode ajudar você!

Com o curso de Desenvolvimento Web Full Stack, que capacita o(a) aluno(a) a criar sites e sistemas web, utilizando diferentes linguagens de programação, como HTML, CSS, JavaScript, entre outros.

As aulas são online, 100% ao vivo e ministradas por professores especialistas que estão no mercado. Além disso, a DH conta com o departamento de Carreiras, onde os(as) alunos(as) podem acessar diversos conteúdos exclusivos sobre suas jornadas. Inscreva-se agora mesmo e garanta o seu futuro profissional!

Curso de desenvolvimento web full stack