User Onboarding: o que é e como entregar valor no primeiro contato com o usuário

User Onboarding: o que é e como entregar valor no primeiro contato com o usuário

Cada vez mais os clientes desejam lidar com produtos descomplicados, intuitivos e que falem sua língua. A Era Digital remete a otimização e facilitação de processos e, por este motivo, compreender o que é user onboarding é importante.

Ele vem como estratégia interessante para mapear a experiência do cliente lá no início do contato com a marca, aumentando as margens de sucesso desta parceria em longo prazo.

Neste artigo, explicamos mais sobre user onboarding e algumas boas práticas para incorporar na sua dinâmica de trabalho e empresa.

Expectativa vs. realidade -  O que é user onboarding?

A expressão “a primeira impressão é a que fica” pode ser um tanto equivocada, mas, não 100%. Os primeiros passos de uma conquista são valiosos. E isso ocorre também no user onboarding.

É aquela história: o cliente fica encantado no início, mas se decepciona na página dois do processo. Justamente para não gerar esse tipo de frustração, a estratégia onboarding procura garantir que seus clientes sejam bem atendidos e orientados logo nos primeiros pontos de interação com a empresa, lá no início da jornada.

Nela, são alinhados e estruturados os detalhes do projeto para garantir o sucesso de uma parceria duradoura. Para isso, essa organização precisa ser conduzida por um time voltado a esse objetivo, que atue em processos bem definidos e com mensuração de resultados.

Boas práticas para equipes e processos de onboarding

E para que seu time tenha os resultados desejados, vale prestar atenção em alguns aspectos que otimizam ainda mais o caminho para a tão desejada satisfação do cliente, desde o start com sua marca. Separamos quatro principais, acompanhe:

1 - Ensinando o cliente, o primeiro contato

No onboarding, o aprendizado do cliente representa dar a ele mais autonomia e conhecimento para visitar sua marca sempre que desejar, de maneira simples e ágil.

Além disso, este usuário se torna parceiro da empresa, reconhecendo a importância da organização para seu crescimento, em uma espécie de sucesso compartilhado. Ou seja, todos ganham.

2 - Satisfação do cliente

Um cliente que tem êxito é aquele que alcança os resultados esperados e desejados a partir das soluções oferecidas, seja um software, um serviço ou um produto físico. Portanto, no onboarding, conteúdo, design e vários aspectos de UX precisam estar alinhados e com foco nesse resultado.

3 - Onboarding bem feito gera retenção

Aqui, a retenção do cliente depende da boa orientação e alcance de resultados, logo no começo da relação. Com este usuário se sentindo mais seguro e satisfeito com a sua empresa, as chances que ele fique mais tempo com a marca são bem maiores.

4 - Experiência, de ponta a ponta

Além da retenção de clientes atuais, esta estratégia pode tornar seu cliente um verdadeiro embaixador da sua marca.

Por isso, vale a pena acompanhar mais de perto a trajetória dos usuários, no começo, ofertando um melhor atendimento que remeta a uma percepção positiva da sua empresa e, quem sabe, um ótimo estímulo ao mais antigo e eficaz meio de propaganda - o boca a boca.

Onboarding para a minha empresa, por onde eu começo?

Provavelmente você já se convenceu não apenas da importância, mas da urgência da implementação desta estratégia na sua empresa.

O melhor caminho é estruturar pessoas para esta tarefa, habilitadas digitalmente em marketing digital, conhecimentos em customer success (sucesso do cliente, em português), UX Design, entre outras competências.

A Digital House oferece o curso de Experiência do Usuário(UX), que vai direto ao ponto desta demanda, assim como os de Marketing Digital. Consulte nossa grade de cursos e conquiste seus clientes de ponta a ponta, ao mesmo tempo que decola em visibilidade e satisfação da sua marca.