Técnicas de vendas que funcionam para testar nas suas estratégias

Técnicas de vendas que funcionam para testar nas suas estratégias

Independentemente da empresa e seu segmento, o objetivo real é vender. Seja pela via do marketing ou com a equipe comercial no front, as técnicas de vendas sempre ajudam na luta diária por visibilidade e escolha dos clientes.

Obviamente, não basta o papo de vendedor nato. O mundo está mais exigente, até para os vendedores experientes.

Assim, estas técnicas agem como um conjunto de ações e processos estratégicos para convencer o cliente de que o seu produto ou serviço é a solução ideal para os problemas dele, durante sua jornada.

A jornada do consumidor diz muito sobre as técnicas de venda

Vendas e marketing andam de mãos dadas há muito tempo. Podemos dizer que um não sobrevive sem o outro.

Com o advento da internet e crescimento do marketing digital, explodiram as formas de aplicar técnicas de vendas eficientes. No entanto, elas só funcionam se o foco for na experiência do consumidor, respeitando o caminho que ele percorre, antes da decisão de compra.

Ou seja, a jornada do consumidor é dividida em:


No primeiro momento, o potencial cliente descobre que tem um problema e busca por conteúdos mais genéricos para solucionar esse gargalo. É aí que a atuação do marketing para captar a atenção da pessoa entra em ação.

Em seguida, ele identifica e reconhece que realmente tem um problema. Então, convencido, procura por soluções para resolver o gap. Este é um momento importante, que exige esforços da equipe de vendas e marketing, para levar esta pessoa a considerar seu produto ou serviço.

No último estágio, o cliente já sabe o que precisa e está considerando as opções disponíveis na mesa. Sendo assim, ele procura por melhores soluções. A dica é utilizar cases de sucesso, depoimentos, entre outros materiais que comprovem que sua empresa é a melhor alternativa.

+ Aprenda a analisar seus resultados de marketing digital para saber se a estratégia está dando certo

Técnicas de vendas que funcionam

Agora que entendemos quais são os estágios da jornada do consumidor, chegou o momento de saber quais são as técnicas de vendas e implementar todas elas, na real.

1. Ofereça conteúdo de qualidade

A produção de conteúdo relevante é essencial, pois ele vai ajudar a agregar valor para o seu negócio, ajudando o cliente a entender o que ele precisa.

O perfil do consumidor mudou ao longo do tempo. Segundo levantamento da NZN Intelligence, 74% das pessoas preferem comprar pela internet por conta da praticidade. Hoje, não adquirimos mais somente produtos, mas todos os valores agregados a ele. Por exemplo, ninguém compra ração para os pets da marca que faz testes com animais, deu para sacar?

Se tornando autoridade no assunto, isso aumenta as chances do consumidor lembrar de você futuramente.

2. Entenda seu público-alvo

Não adianta criar conteúdo, se não está adaptado à linguagem de quem você quer que leia, ou seja,sua persona. Ele deve falar o mesmo idioma e estar alinhado com os interesses do seu cliente ideal, a fim de gerar identificação.

Da mesma forma, não se deve escrever como advogado, se o seu público-alvo é o estudante. Enquanto um abusa dos termos das regulamentações, o segundo prefere a descontração e a objetividade.

3. Gatilhos mentais que ajudam a vender

Para tornar o seu produto ou serviço atraente, não basta escrever bem. Você tem que convencer o consumidor de que ele precisa da sua solução. Bacana utilizar algumas técnicas de copywriting, como os gatilhos mentais.

Eles podem te favorecer no momento de rebater dúvidas e convencer sobre as vantagens da sua oferta. São exemplos destes gatilhos para você testar:

Razão

Antes de adquirir qualquer produto ou serviço, as pessoas costumam pesquisar se realmente vale a pena. Para ser convincente, é preciso dar motivos concretos, como:

“Procurando um curso de marketing digital para entrar no mercado de trabalho? Conheça o curso imersivo da nossa escola, onde você aprende na prática. Pesquisas apontam que estamos entre as melhores instituições do país para fazer o curso”.

Segurança

Sabe aquela empresa que diz que se você não gostar do produto pode devolver em tantos dias ou trocar por outro? Pois bem, o gatilho da segurança funciona dessa forma.

“Insatisfeito com o curso, nós devolvemos o seu dinheiro”.

Prova social

Antes de adquirir qualquer produto, você busca pelas avaliações ou vídeos para saber o que estão falando dele, acertamos? Prova social, meu caro(a).

“Conheça os clientes que fizeram o curso e entraram no mercado de trabalho”.

Autoridade

Mesmo sem ser autoridade no assunto, podemos demonstrar autoridade no segmento da seguinte forma:

“Conheça o produto XYZ, recomendado por 8 a cada 10 profissionais da área”.

Empatia

Empatia é a palavra deste século. E ficamos felizes por isso. Mas, voltando ao assunto, demonstre afinidade e mostre que passou pelo mesmo problema, gerando identificação:

“Antes de fazer o curso, eu tinha as mesmas dificuldades”.

Escassez

Quando você coloca um limite de que as vagas estão acabando, isso cria um sentimento de urgência nas pessoas:

“Aproveite as 100 bolsas grátis para os cursos de marketing digital”.

Na Digital House, temos uma grade extensa de cursos voltados às principais habilidades digitais do século. Entre eles, há o de Marketing Digital, que vai diretamente no ponto - técnicas de captação de leads e satisfação do cliente, objetivamente voltadas a este cenário.