Soft skills e hard skills de um profissional: principais diferenças e por que precisam andar juntas

Soft skills e hard skills de um profissional: principais diferenças e por que precisam andar juntas

Hard skills e soft skills são habilidades que podem tornar um profissional único e requisitado pelo mercado. Mas você sabe o que estas palavras, de origem norte-americana, simbolizam? Entenda seus significados e veja exemplos claros de cada uma delsa.

O que são hard skills e soft skills?

Para explicar melhor, vamos fazer uma breve analogia ao mundo dos dados. Por compreenderem (e decidirem) os rumos dos negócios, os algoritmos possuem sua parte “hard” (sequências de letras e números, ações ou passos em códigos) e a parte “soft”, sua interpretação, que ajuda a responder perguntas e resolver problemas do jeito mais certeiro possível.

Ou seja, fazendo máquinas e sistemas reunirem um monte de fatos do mundo e transformá-los em informações acessíveis e simples. Assim, o equilíbrio destas “skills” é seu diferencial.

Há muito o que se discutir sobre o universo de trabalho e as habilidades essenciais para um colaborador se destacar em uma empresa.

Algumas delas são conhecimentos técnicos, adquiridos com a prática dos processos da área em que ele atua. Outras são mais subjetivas, difíceis de mensurar, mas podem ser reconhecidas no dia a dia.

Assim, conceitos como hard skills e soft skills ajudam a mapear competências.

O que é hard skills?

As hard skills são habilidades que podem ser aprendidas e facilmente quantificadas, ou seja, são mais fáceis de serem tangibilizadas.

Trata-se do conhecimento que aprendemos em cursos na sala de aula, em um livro, em treinamentos técnicos no trabalho sobre como operar uma máquina, um sistema ou como desenvolver um aplicativo.

Em um processo seletivo, essas competências tendem a ser observadas por meio de testes específicos, avaliações de conhecimento, dentre outros.

Lista de hard skills:

➜ Planilhas.

➜ Linguagens de programação.

➜ Domínio de aplicativos e ferramentas digitais.

➜ Habilidades em estatística e contabilidade.

➜ Gestão comprovada de pessoas e projetos.

➜ Aprendizado de outros idiomas.

➜ Operação de máquinas.

Soft Skills significado

As soft skills são habilidades sócio comportamentais, associadas às suas habilidades mentais e à capacidade de lidar com emoções.

Por essa razão, são mais difíceis de serem ensinadas e medidas. O significado da tradução do termo em inglês é “competências leves”, embora, a tarefa de desenvolvê-las e praticá-las com excelência seja para os fortes.

A falta de desenvolvimento delas pode atrapalhar o profissional no desempenho de seu cargo. E aí está o grande gap que as empresas enfrentam – pessoas capacitadas em hard skill, mas sem um bom relacionamento com o time.

Soft skills exemplos

O Linkedin indicou em seu relatório de 2020, cinco soft skills mais valorizadas pelas empresas e que os profissionais devem se esforçar para desenvolvê-las. São elas: criatividade, persuasão, colaboração, adaptabilidade e inteligência emocional.

Proatividade - para ser colaborativo(a), é necessário ser proativo(a), ou seja, pensar não nas suas entregas, mas também no resultado do time e empresa.

Resiliência - essa é uma skill que de soft, não tem quase nada. Brincadeiras à parte, treinar resiliência é usar tudo o que se diz nesta lista em situações de tensão, com clientes e colegas, por exemplo, contornando a situação.

Nós agregamos mais algumas, como adaptabilidade, colaboração, proatividade, resiliência, empatia e comunicação eficaz. Veja como desenvolver outras soft skills neste artigo.

Soft skills e hard skills - como achar o ponto de equilíbrio?

Cada vez mais os recrutadores de vagas expandem seu olhar para quem mais se destaca com soft skills (habilidades comportamentais), equilibrando-as com as hard skills.

Portanto, para ser um profissional requisitado, é preciso achar o ponto de equilíbrio entre hard skills e soft skills, pois elas se complementam.

Nos cursos da Digital House, ensinamos as hard skills, mas com espaço e incentivo para desenvolvimento de soft skills, justamente para ajudar você a encontrar esse equilíbrio particular.

Existem soft skills para um UX Designer, profissionais do marketing, programação, dados, a sacada está em descobrir quais são os destaques da sua área!

Leia mais no blog DH:

+ Dica dos professores: 5 livros inspiradores sobre transformação digital

+ Como começar em UX Design

+ Aprenda a deixar seu LinkedIn atrativo para recrutadores

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)