Servidor Web: um guia sobre o software fundamental na hospedagem de sites

Servidor Web: um guia sobre o software fundamental na hospedagem de sites

O servidor web tem a importante missão de ser a ponte entre o fluxo de trabalho de conteúdo de um site até sua execução. Uma parada ou algum tipo de falha pode comprometer processos inteiros e gerar prejuízos.

Por esta razão, grandes empresas optam por executar suas plataformas com vários servidores, dividindo as funções. Neste artigo, você vai entender mais sobre o funcionamento desse valioso intermediário entre conteúdo de empresa e seus clientes.

O que é um servidor web?

Basicamente, o servidor web é o responsável por armazenar e disponibilizar conteúdos, como sites e páginas HTML, para que fiquem acessíveis para qualquer pessoa na internet.

Durante o trâmite destes dados, é necessário haver conformidade, ou seja, seguir um protocolo específico, o Protocolo de Transferência de Hipertexto (HTTP), que garante que todas as páginas e servidores se comuniquem de forma eficiente e sem erros.

Como funciona um servidor web

Antes de mais nada, é preciso compreender que todo computador conectado à internet recebe um endereço de IP, por meio do qual acontece a identificação do dispositivo na rede, incluindo computadores pessoais, notebooks, celulares e tablets.

Quando você visita este blog, por exemplo, uma solicitação é enviada do seu endereço IP para o endereço IP do servidor web, que responde de imediato, enviando dados para o solicitante. Assim, todas as informações são transferidos para o seu computador a partir de uma página.

Portanto, o servidor funciona em quatro fases:

1 - obtenção do endereço IP  e do nome do domínio;
2 - solicitação da URL completa pelo navegador;
3 - resposta do pedido pelo servidor;
4 - exibição da página web pelo navegador.

Soluções em hospedagem geralmente incluem um servidor web ou permitem a instalação de um, por meio de contratação do serviço, sendo incluído de diferentes formas.

Quais são os servidores da web para contratação?

Agora, conheça algumas formas de contratação que uma empresa pode optar, na hora de escolher um servidor web para chamar de seu.

Hospedagem compartilhada - o servidor web é compartilhado entre muitos usuários, visando a economia de custos;

Hospedagem ou servidor VPS - o usuário tem controle e pode instalar o servidor web compatível que preferir;

Hospedagem cloud - nesse caso, a gestão é mais simplificada, já que os recursos de cloud (nuvem) são considerados mais acessíveis, intuitivos e ágeis na implantação;

Servidor dedicado - o usuário pode instalar qualquer servidor web no sistema operacional, oferecendo controle da máquina.

Normalmente, esses serviços são oferecidos por provedores de hospedagem pagos. Mas, é possível encontrar versões gratuitas.

Principais servidores web

Assim como todo software, existem várias alternativas de servidores web com diferentes características no mercado. Conheça alguns deles:

ApacheE

O Apache é o servidor web bem popular do mercado, escolhido por grandes empresas de tecnologia no mundo inteiro. Um dos motivos dessa popularidade é ser um software gratuito e de código aberto, compatível e padrão nos principais sistemas operacionais (Windows, macOS, Linux e FreeBSD).

Microsoft IIS

O Internet Information Server (IIS) é o servidor web da Microsoft, executado em plataformas Windows. O servidor dispõe de todos os recursos como o Apache e foco nas tecnologias proprietárias da Microsoft, como a linguagem ASP.NET e sistema de banco de dados SQL Server.

nginx

Gratuito e open source, o nginx conta com dezenas de contribuidores. É também um dos principais servidores web/proxy utilizados no mercado.

E para quem busca praticidade e precisa de um servidor para uso pessoal ou tem um caso de uso específico, a Lighttpd, Caddy Server e o Mongoose podem ser boas opções, oferecendo vantagens como gratuidade, compatibilidade com outros sistemas, código aberto e fácil instalação e usabilidade, além de suporte para diversas plataformas.

Interessante,não? Se você se interessa por assuntos que envolvem tecnologia e inovação, acompanhe os artigos do blog DH e confira nossa biblioteca de conteúdo, totalmente gratuita!