Revolução tecnológica: o que é e quais são as suas principais características?

Revolução tecnológica: o que é e quais são as suas principais características?

Os humanos, desde os primórdios, sempre promoveram avanços importantes para a história. Partindo das descobertas essenciais, o desenvolvimento na indústria, até chegar nas transformações digitais, a inteligência artificial e a Internet das Coisas.

Todo esse processo não se refere exclusivamente à criação de novos instrumentos, utensílios, mecanismos, dispositivos e serviços que facilitam nosso dia a dia, mas também ao mundo corporativo, quando falamos sobre as exigências do mercado, onde a tecnologia avança ininterruptamente.

Continue acompanhando este artigo e entenda tudo sobre a revolução tecnológica, as características do conceito e os seus impactos na sociedade, tanto para as pessoas quanto para os negócios.

O que é revolução tecnológica?

A revolução tecnológica é um fenômeno atual, que vem transformando a maneira das pessoas encararem o mundo. Ela é resultado de um desenvolvimento onde há a transição de um ambiente materialista para algo digital e intangível.

Para muitos, o conceito pode ser considerado banal. Isso porque a maioria, incluindo você, já nasceu com os efeitos dela, ou seja, tudo já existe e faz parte do dia a dia. O computador e o celular, entre outros dispositivos eletrônicos, são alguns de outros inúmeros exemplos.

Tão importante quanto à revolução industrial dos séculos anteriores, a revolução tecnológica possui como seu epicentro as tecnologias de informação, processamento e comunicação.


Quais são as suas principais características?

Na revolução tecnológica, temos a interação entre o mundo real e o digital, onde robôs, máquinas e pessoas trabalham lado a lado, com a colaboração da inteligência artificial, capaz de processar informações mais rapidamente do que o cérebro humano.

Existem algumas tecnologias emergentes que caracterizam todo esse processo de transformação. Confira as principais agora mesmo:

Internet das Coisas

Com o passar do tempo e conforme a tecnologia vem avançando, a inteligência artificial se torna mais incorporável em um número maior de tipos de objetos, desde eletrodomésticos até as máquinas mais sofisticadas nas indústrias, fazendo com que eles possam funcionar e gerar dados de maneira autônoma.

Alguns exemplos disso no cotidiano são: os carros, em que há projetos para que as experiências de viagens sem motorista sejam cada vez mais presentes; as geladeiras com funções de adequação de temperatura interna; os fogões com funções de cozimento automático, entre muitos outros.

Computação na nuvem

Atualmente, existem diversas maneiras de armazenar enormes quantidades de dados sem depender de uma estrutura física. A computação na nuvem permite o acesso às informações a partir de qualquer dispositivo com a tecnologia.

É importante destacar que essa facilidade promove a mobilidade e a facilidade de gestão, principalmente quando há o uso de assistentes virtuais como aliados, por exemplo.

Sistemas ciberfísicos

Esses sistemas são representados por robôs, que possuem a capacidade de realizar atividades operacionais e intelectuais no lugar dos seres humanos.

Nas indústrias, por exemplo, eles podem estar envolvidos em processos de produção. Já na área de Dados, eles conseguem pesquisar, processar e organizar milhares de informações em tempo real, a partir de aplicações de Big Data.

O que isso pode transformar no dia a dia das pessoas?

Não podemos negar que a internet mudou o mundo. A partir do seu surgimento, a informação chega de maneira rápida e simples, conectando pessoas, marcas e dispositivos. Estamos diante de um mundo digital cada vez mais conectado.

Como comentamos, mesmo que passe despercebida pelas pessoas, a revolução tecnológica está presente em praticamente tudo. Ao pedir comida ou acessar o seu banco pelo celular, na educação a distância, telemedicina, entre muitos outros pontos. E a tendência é que ela continue crescendo e sendo cada vez mais imperceptível no dia a dia.

De acordo com estudos, em 2025, existe uma previsão de que mais de 75% da população do planeta irá interagir com dados recolhidos, tratados e armazenados, seja por empresas, entidades públicas ou privadas.

A verdade é que nem sempre foi assim e nada será igual ao passado dos nossos avós, por exemplo. Basta lembrarmos que a internet no Brasil é algo relativamente recente (1995), assim como o lançamento do primeiro smartphone, que aconteceu em 2002.

Ou seja, vivemos um grande salto tecnológico nas últimas décadas e ele continuará transformando a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. Considerando sua escala, alcance e complexidade, nos próximos anos viveremos algo completamente diferente do que experimentamos até agora.

E como isso se aplica no mundo dos negócios?

Hoje em dia, é impossível falarmos de negócios sem relacionar com as diversas possibilidades de ferramentas e estratégias que a revolução tecnológica proporciona.

Às vezes, conversamos com alguém sobre um tema e, no dia seguinte, recebemos materiais publicitários relacionados a ele em nossas redes sociais, e-mail, entre outros canais. Já aconteceu essa situação com você?

Isso é resultado da revolução tecnológica, que, todos os dias, gera um volume exponencial de dados. Todos eles são coletados e analisados de forma assertiva por organizações dos mais variados setores e tamanhos.

A partir desse processo, há a construção de bancos e relatórios com informações relevantes, que tornam as estratégias mercadológicas muito mais eficazes para as empresas.

Esse assunto é apenas um pontapé inicial de um universo de Dados repleto de conceitos e ferramentas relacionadas às novas tecnologias a serem utilizadas nos negócios. Quer saber mais sobre o tema, tornando-se um especialista que se destaque em sua área de atuação?

Na Digital House, temos o curso de Data Analytics, que ensina o aluno a dominar diversos modelos de análise de informações, contribuindo para a revolução tecnológica das empresas. Seja um especialista e garanta sua estabilidade em uma área que, sem dúvida, faz parte do futuro do mercado de trabalho.

Não deixe de conferir nossa biblioteca de conteúdo e o Blog DH, com diversos outros artigos e materiais interessantes sobre tecnologia.

Leia mais no blog DH:

+ Google Analytics Dashboard: crie e personalize com o nosso passo a passo

+ O que é brand equity e como as empresas geram valor de marca em seus produtos e serviços

+ Marketing digital para iniciantes: 10 dicas de como começar na carreira

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)