Minha primeira linguagem de programação: como escolher a certa?

Minha primeira linguagem de programação: como escolher a certa?

Um dos principais impasses para quem está começando na área de desenvolvimento é qual linguagem de programação escolher, e, pela evolução deste mercado, não é de se admirar, já que existem dezenas delas.

Neste artigo, te ajudamos a ter mais clareza nessa decisão. Você vai conhecer algumas características e obter dicas importantes sobre as principais linguagens para quem está começando na programação, podendo, a partir daí, evoluir na carreira de desenvolvedor.

Então, qual linguagem de programação escolher?

Antes que você dê seus pulos no Google, sem muito rumo, é interessante que sua busca seja mais segmentada, ou seja, que antes você conheça características e diferença das linguagens de programação, em especial, as mais usadas por desenvolvedores experientes.

São várias as que você pode escolher e é necessário que se compreenda suas funções, para então definir a plataforma que vai desenvolvê-la, ou seja, se será mobile, web, desktop ou o combo delas, já que hoje o foco são as estratégias de negócios Digital First.

Além disso, você precisa definir se sua atuação será como um programador back-end, que diz respeito à parte do site ou aplicativo que o usuário não tem contato direto; ou front-end, a parte visível da plataforma para quem a acessa.

Se ficou dúvida sobre esses termos, a dica é que leia o artigo Qual a diferença entre front-end e back-end, antes de continuar.

Qual a diferença das linguagens de programação?

Após este norte, destacamos abaixo 7 das linguagens de programação mais usadas e que servem como uma boa base para quem está começando, pois são mais simples, de rápido aprendizado e que entram para a lista de linguagens de programação mais usadas 2020.

Antes de começar, entenda qual a diferença das linguagens de programação:

JavaScript

Famosa no meio dos desenvolvedores, essa linguagem interpreta o código executado nos navegadores. Hoje em dia, existem muitas bibliotecas e frameworks disponíveis para facilitar o trabalho de quem começa por ela.

Uma biblioteca bem conhecida é a JQuery, considerada rápida e com vários recursos, como manipulação do DOM, eventos e requisição Ajax.

Atualmente, já é possível trabalhar com Javascript no back-end usando NodeJs, uma plataforma construída sobre o motor Javascript do Google Chrome, para facilitar ainda mais a construção de projetos com velocidade e escaláveis.

PHP

A PHP é uma linguagem de programação back-end bem popular, pois já possui uma grande comunidade de desenvolvedores que trocam informações diariamente.

Ela é uma programação orientada a objetos, portanto, é possível escrever código PHP junto ao HTML. E o que isso quer dizer? Que ela permite criar páginas dinâmicas.

Java

Java é uma linguagem super-flexível. Com ela, você pode desenvolver programas para desktop, mobile, web.

Ela foi desenvolvida para criar projetos mais robustos e possuir as plataformas de desenvolvimento Standard Edition (Java SE), Enterprise Edition (Java EE), Micro Edition (Java ME) e JavaFX.

Abaixo, resumimos as funções dessas plataformas para que entenda melhor e sinta-se mais à vontade sobre qual linguagem de programação escolher:

Java SE - possui ferramentas de desenvolvimento, tecnologias de implantação e kits de ferramentas usados em aplicações Java;

Java EE - fornece uma API, ambiente de tempo de execução para desenvolver aplicativos escaláveis, confiáveis e seguros;

Java ME - ideal para a execução de aplicativos em pequenos dispositivos como celulares. Esses aplicativos geralmente são clientes dos serviços da plataforma Java EE;

JavaFX - utilizada para criar aplicativos avançados da internet que usam mecanismos gráficos acelerados por hardware. Além disso, agregam mais desempenho e uma aparência moderna.

C#

C# é uma linguagem de programação, também orientada a objeto, fortemente tipada, que dá a possibilidade dos desenvolvedores criarem variedades de aplicativos.

Ruby

Ruby é uma linguagem orientada a objetos que possuir uma sintaxe semelhante a outras linguagens de programação. Como o Java e C, ela tem suporte para Windows, Mac, Linux.

Python

Quando se pensa em qual linguagem de programação escolher, impossível não falar desta. A Python é poderosa, rápida, amigável e fácil de aprender, pode ser usada como uma linguagem orientada a objetos, imperativa ou procedimental.

Há muitas vantagens em aprender Python, ela é simples e de fácil leitura em comparação as outras linguagens de programação.

Flutter

Essa linguagem de programação é usada para criar aplicações mobile iOS e Android. Exatamente o que você pensou, é muito útil priorizar seu aprendizado por este motivo.

Flexível, o Flutter nasceu dentro da Google e é um dos frameworks mais usados pelos desenvolvedores de app.

Carreira na área de programação

E, enquanto pensa em qual linguagem de programação escolher, é importante que você entenda também o que está em alta no mercado atual. Acompanhe este universo. Faça parte dele. Como? Networking em fóruns, comunidades e muito estudo.

A facilidade de aprendizado é um fator importante na hora de decidir qual linguagem de programação escolher, mas é só o primeiro passo. Na Digital House, nós juntamos back-end e front-end, transformando você em um profissional de Web Full Stack.

Neste curso, você aprende a programar estas duas linhas com profissionais de mercado, desdobrando exercícios em sala de aula, na prática, e ainda sai com um site para acrescentar ao seu portfólio. Pode vir que a área de programação está fervendo!

Leia mais no blog DH:

+ Servidor web: qual o seu papel dentro da programação?

+ Como melhorar suas habilidades como programador

+ Primeiros passos no Git: o que eu preciso saber?