Tudo o que você precisa saber para desenvolver uma proposta de valor forte e atraente para o seu negócio

Proposta de valor é o que diferencia a sua empresa dos concorrentes, traz vantagem competitiva e permite a aplicação do modelo de negócios.

Tudo o que você precisa saber para desenvolver uma proposta de valor forte e atraente para o seu negócio

Todo negócio possui uma proposta de valor. É ela quem faz os seus clientes comprarem de você e, principalmente, voltarem. Certamente, alguns empreendimentos possuem propostas de valor melhores do que outros, trazendo vantagens competitivas no mercado.

Resumidamente, proposta de valor é a prática que visa levar ao seu potencial cliente uma ideia concisa, clara e transparente a respeito de como determinado produto ou serviço será relevante para sua vida. E, com ela bem definida a empresa consegue fortalecer a sua marca no mercado, mostrando ao seu público-alvo porque o seu empreendimento (e não dos concorrentes) é o ideal para solucionar os problemas.

Neste artigo, apresentamos os passos para definição de uma proposta de valor, quais são os seus tipos e como criá-la. Continue a leitura para entender mais sobre o assunto!

O que é proposta de valor?

A proposta de valor é um dos maiores benefícios que o seu negócio pode entregar ao público. Com ela, é possível facilitar o direcionamento do planejamento estratégico da empresa e guiar as decisões do dia a dia da gestão e da operação.

É uma estratégia de marketing que conduz a relação da empresa com a decisão de compra de seus clientes. Entendida como a maneira pela qual um empreendimento consegue representar os benefícios empregados em seus produtos ou serviços, para os consumidores que os adquirem.

Por esse método, a empresa busca passar ao mercado as utilidades oferecidas por meio de seus produtos ou serviços, inclusive em como os problemas podem ser resolvidos e os benefícios adicionais comparados aos seus concorrentes.

Conheça 10 tipos de proposta de valor

Existem inúmeros tipos de proposta de valor, haja vista que ela está ligada ao produto ou serviço oferecido e aos benefícios que traz para o cliente ideal da empresa. Ela pode ser, por exemplo, o preço, o serviço, a qualidade, etc.

Para exemplificar, separamos alguns aspectos do produto ou serviço que você pode focar em sua proposta de valor. Vamos lá?

1 - Desempenho

Otimizar o desempenho de produtos e serviços é uma das maneiras mais tradicionais de criar uma proposta de valor. Nesse caso, eles precisam ser otimizados, apresentar uma usabilidade eficiente e, de modo geral, ter uma performance acima da média.

2 - Novidade

Quando um empreendimento propõe uma novidade para os seus clientes, ele tem a chance de revolucionar o mercado. E estamos falando de empresas que apostam em inovação de marcas que oferecem algo inédito ao consumidor ao criar um produto ou serviço, ou mesmo quando apresentam uma melhoria a algo que já existe.

3 - Personalização

Não é sempre que o produto tradicional agrada e chama a atenção. As pessoas possuem a necessidade de produtos e serviços que se adaptem às suas necessidades. Por isso, é preciso adequar funcionalidades de produtos e serviços conforme o público específico que você atende. E isso significa, até mesmo, oferecer diferentes opções para a sua clientela, conforme os subgrupos de perfis criados a partir dela.

4 - Design

O design de uma marca é uma proposta de valor muito importante, uma vez que não se trata apenas de layout e beleza. Design é melhorar a experiência do usuário com os objetos e pessoas ao seu redor. Afinal, o desenho dos produtos é um fator decisório na compra e ajuda a melhorar a interação do consumidor com o item adquirido.

5 - Status

Produtos que geram status para quem o utiliza, passam a sensação de poder e permitem que os consumidores se integrem a um grupo social específico. É o que acontece com marcas de roupas, sapatos e carros de luxo, por exemplo. Logo, ao vender um produto, muitas empresas mostram para o seu segmento de clientes o quanto aquilo pode acrescentar.

6 - Preço

O preço baixo também é uma excelente maneira de oferecer valor a alguns clientes. Produtos acessíveis possibilitam que as pessoas tenham bens de consumo que antes não eram viáveis. Se o preço dos seus produtos é mais baixo em relação à média do mercado, essa é uma boa proposta de valor. E não há nada de errado em ter o preço como aspecto central para atrair clientes. Afinal, isso não significa que você ofereça um produto ou serviço ruim.

7 -  Redução de custos

Em um mercado tão competitivo, reduzir custos das atividades de rotina é o objetivo de muitos clientes. Aqui, o valor está no fato de a empresa reduzir custos para outras pessoas em processos que elas realizam no dia a dia, como aplicativos de mensagem ou bancos digitais que não possuem taxas, por exemplo.

8 - Redução de risco

Devido às situações de risco, as pessoas prezam cada vez mais por serviços que lhe ofereçam segurança. Da mesma forma, seu produto faz com que as pessoas se sintam mais seguras? Então, essa pode ser sua proposta de valor.

9 - Acessibilidade

Consiste em tornar os produtos e serviços acessíveis para o consumidor, de modo que faça compras que, se não fosse a sua oferta, ele não faria. Sendo assim, quando uma empresa decide ter a acessibilidade como proposta de valor, é necessário analisar os bens de consumo que não são acessíveis para a maioria.

10 - Conveniência

Facilitar a busca por objetos e lugares é uma excelente proposta de valor. Ela ocorre quando o produto gera conveniência e praticidade para os consumidores, simplificando a vida dos clientes nos seus respectivos segmentos.

Como definir e criar uma proposta de valor?

Uma proposta de valor tem parâmetros fundamentais para ser competente no momento em que alcança o consumidor. Isso faz com que, na sua construção, ela tenha aspectos fundamentais e conceituais.

Cada um desses aspectos deve figurar na proposta, de modo que, quando ela seja lida, haja a possibilidade de identificar se esses requisitos foram devidamente preenchidos. Ao atingir essas exigências, você poderá confirmar que a sua proposta de valor tem uma base sólida e que é capaz de engajar.

Desenvolver a sua proposta de valor deve ser sempre o segundo passo ao desenhar um modelo de negócios. E, como dissemos no início deste artigo, a proposta de valor nada mais é do que uma prática que visa levar ao seu potencial cliente uma ideia concisa, clara e transparente a respeito de como determinado produto ou serviço será relevante para ele.

Estabelecer essa ideia é essencial para iniciar um novo negócio. Para definir os passos para uma proposta de valor, alguns aspectos são indispensáveis. São eles:

Investigue o seu público-alvo

O primeiro passo é conhecer o seu cliente potencial. Essa medida é crucial para entender as necessidades, dores e desejos do público-alvo e, logo, direcionar a proposta de valor da empresa. Além disso, avalie dados demográficos, como idade, gênero e faixa salarial, por exemplo, para ter uma visão geral de quem são as pessoas interessadas no seu produto.

Descubra as dores do seu público

Saiba identificar exatamente a dor dos seus clientes. Considerando isso, fica mais fácil captar o interesse em sua proposta de valor e mostrar sua relevância para a realidade dele.

Crie uma persona ou comprador ideal

A próxima etapa é reunir as informações coletadas para criar personas. Elas são personagens fictícios que representam grupos de pessoas reais que fazem parte do seu público-alvo.

Investigue seus concorrentes

A proposta de valor é aquilo que diferencia a sua empresa das demais. Então é preciso conhecer o que a concorrência oferece. Investigue o mercado, a fim de perceber quais são as apostas dos concorrentes diretos e quais estratégias eles usam para atrair clientes. Nesse momento, identifique pontos de melhoria na sua empresa.

Determine o principal benefício do seu produto

A partir do mapeamento dos concorrentes, é hora de avaliar qual é o seu diferencial. Quais são as características do seu produto o tornam mais atrativo para o público-alvo? Por que um consumidor deveria comprar de você ao invés do concorrente? A partir dessas respostas, crie uma proposta de valor. Afinal, quais são os elementos que deixam essa proposta mais eficiente?

Clareza

Transmitir a sua mensagem com clareza e objetividade é fundamental para que o cliente entenda qual é a proposta de valor, sem ficar com dúvidas. Uma proposta clara é aquela que vai direto ao ponto, que expõe a ideia central da empresa e é de fácil compreensão.

Linguagem

A linguagem precisa ser adequada ao público-alvo. Por isso é preciso conhecer o cliente e criar uma persona. Usar a mesma linguagem que o cliente significa aumentar a assertividade da mensagem e o engajamento das pessoas, já que é possível causar uma identificação entre elas e a marca.

Transparência

Outro aspecto fundamental é a transparência nas informações apresentadas na proposta de valor. Nesse sentido, é preciso ter honestidade, ressaltando apenas os benefícios que o produto realmente entrega.

Direcionamento

Saiba direcionar o público-alvo rumo aos benefícios que ele vai ter ao comprar de você. Trata-se da sua mensagem principal, capaz de convencer o consumidor a se tornar um cliente. Mas isso só é possível quando você tem uma ideia clara do que é a sua proposta de valor.

Feito isso, você deverá redigir a proposta de valor e disponibilizá-la no site da empresa, de modo que o consumidor consiga encontrá-la facilmente. Para isso, os elementos essenciais são:

Título: composto por no máximo duas frases curtas, impactantes e criativas, que devem sintetizar a vantagem do seu produto ou serviço em relação à concorrência.

Subtítulo: composto por duas a três linhas que expandem a mensagem do título e abordam o que a empresa faz, para quem é o seu produto ou serviço e quais são as principais vantagens proporcionadas para os clientes.

Bullet points: detalhe os benefícios do seu produto em tópicos curtos dispostos em lista, que são facilmente lidos e criam destaque visual em relação ao restante do texto.

Imagens: não se esqueça de incluir imagens no site ou mesmo nas redes sociais quando estiver falando da sua proposta de valor.

Elas são fundamentais para captar a atenção do público, ilustram as ideias que você apresentou em texto e tornam a experiência do usuário mais interessante de modo geral.

Exemplos de proposta de valor de outras empresas

Para ajudar você a entender ainda mais sobre a proposta de valor, separamos alguns exemplos de empresas que acertaram precisamente ao elaborar suas propostas de valor, oferecendo benefícios exclusivos que somente determinadas marcas podem fazer de maneira específica.

Apple

A proposta de valor da Apple é status e inovação, indo além de seus slogans famosos como “think different” e “experience is the product“. Isso quer dizer que seus produtos permitem que o usuário tenha acesso a um mundo totalmente novo, possibilitando que ele participe de uma cultura inovadora e estimulante.

Nubank

A proposta de valor do Nubank é uma vida financeira descomplicada: acabar com a complexidade e devolver o controle da vida financeira para cada um”.

Starbucks

A proposta de valor da Starbucks é tornar o ato de tomar café uma experiência maravilhosa. Dessa forma, promete transformar um componente tradicional da rotina das pessoas em uma experiência maravilhosa. Isso combinando três fatores principais: um café delicioso, um atendimento exclusivo e um ambiente confortável.

Coca-Cola

O objetivo da Coca-Cola é fazer com que seus clientes tenham experiências maravilhosas simplesmente ao consumirem seu produto. A proposta de valor da empresa está focada na experiência do cliente ao abrir uma de suas inúmeras alternativas de bebidas, tornando qualquer ocasião e ambiente maravilhosos pelo simples fato de estarem consumindo um produto Coca-Cola.

Nike

A proposta de valor da Nike se divide em quatro características principais: acessibilidade, inovação, personalização e marca/status. Sua acessibilidade é garantida através de sua ampla variedade de calçados e roupas, fornecendo opções de escolha. O Nike Explore Team Sport Research Lab, um centro de pesquisa focado no design de produtos de ponta, representa a inovação, além do Nike Advanced Product Creation Center, que foca na incorporação de tecnologia. Já a personalização é garantida pelo serviço NikeID – que permite aos clientes personalizar vários aspectos de seus calçados, incluindo estilo esportivo, tração e cores.

Sebrae

O Sebrae tem como proposta de valor promover o desenvolvimento sustentável e a competitividade de micro e pequenas empresas.

Intel

A proposta de valor da Intel é a acessibilidade, desempenho superior e status. Quando se trata de produtos de tecnologia, as fabricantes de laptops e desktops precisam garantir um desempenho impecável a seus equipamentos e, para isso, são exigidos processadores de qualidade. É aí que entra a Intel, que oferece acessibilidade com seus produtos que operam em diversos sistemas operacionais, desempenho superior estando entre as marcas com os processadores mais rápidos do mercado e o status de marca pioneira, tendo criado o primeiro microprocessador.

FedEx

A proposta de valor da FedEx é a velocidade e confiabilidade nas entregas.

Uber

A Uber tem como diferencial levar as pessoas de um canto a outro com conforto, segurança, facilidade e economia.

Airbnb

O Airbnb oferece acomodações mais baratas e gera renda para quem aluga sua casa ou apartamento para turistas. Sua proposta de valor tem como prioridade o senso de comunidade e a economia colaborativa.

Aplique o conhecimento adquirido e crie a proposta de valor da sua empresa

Depois de ler este artigo, temos certeza de que você está pronto para iniciar a definição da proposta de valor do seu negócio. Aplique todas as dicas, mas lembre-se de que o mais importante é que seu produto ou serviço seja capaz de atender às necessidades e desejos do cliente. Quanto mais alinhada for essa relação, mais chances de você conquistar o consumidor.

Mas, caso ainda esteja com dúvidas, não tem problema, pois a Digital House possui cursos desenvolvidos especialmente para você aprender e se preparar para os desafios da área, dominando as principais estratégias do mercado, como o de Marketing Digital, com aulas online, 100% ao vivo e ministradas por professores que estão no mercado.

Se você está buscando construir uma estratégia para a sua empresa ou iniciar uma carreira na área, inscreva-se agora mesmo e garanta o seu sucesso profissional e da sua empresa!

Além de toda a base de conhecimento, os alunos podem participar do programa de apoio à recolocação (gratuito), além de feiras de recrutamento exclusivas (Recruiting Day). Dê o pontapé inicial para sua jornada de sucesso! Inscreva-se em nossos cursos e seja um especialista.
Esperamos que esse artigo tenha ajudado você! Aproveite para conferir outro conteúdo do Blog DH e descubra como começar um negócio: 5 passos infalíveis para crescer.