Exemplos de pitch de sucesso e um passo a passo prático para criar o seu

Exemplos de pitch de sucesso e um passo a passo prático para criar o seu

Afinal, o que é um pitch? Este termo novo, que vem ganhando espaço, chama a atenção por ser muito usado por empreendedores e na venda de ideias, projetos e produtos.

Um pitch de vendas que se preze deve ser sinônimo de criatividade, persuasão e agilidade para passar a mensagem. Mas, de que forma vender assim, como se fosse em uma palestra relâmpago, em tempos em que tudo é remoto?

Como elaborar um pitch?

Tecnicamente, o pitch é uma apresentação sumária, de três a cinco minutos, que deve conter apenas informações essenciais e diferenciadas. Portanto, precisa ir direto ao ponto, explicando porque aquilo realmente vale a atenção.

Contar esta história, trazendo os impactos positivos que pode causar e passando credibilidade, com criatividade, pode parecer surreal. Mas, existem recursos que ajudam, como o storytelling, por exemplo.

No elevator pitch, você conta sobre sua solução, seguindo um sumário mental, mas sem deixá-la fria, dando ênfase às partes que tenham apelo mais emocional.

Mas, nada como explicar com exemplo, não é mesmo? Então vamos lá: veja um passo a passo para montar um pitch sobre suporte de celular portátil passando pelas principais etapas. Vamos tentar transformá-lo em algo essencial e encantador, com algumas técnicas de vendas que funcionam. Acompanhe:

Como fazer uma introdução de pitch

A indicação da oportunidade, determinando o mercado que atua e contextualizando a necessidade

Aqui, cabe abrir a conversa com a análise sobre  a alta demanda das lives, uma oportunidade de muitas empresas manter contato com seus clientes, alimentando a visibilidade de suas marcas, mesmo com o distanciamento social sem data para acabar. Essa comunicação é feita via web e com os aparatos que a pessoa tem disponíveis em casa.

Apresentando a solução

Apresente sua solução, evidenciando os benefícios sempre dentro do contexto

Neste ponto da história, você já pode apresentar seu produto, mas com ênfase em suas funcionalidades, de como ele é útil neste momento, mas sem se apropriar da oferta, só mencionando as  funcionalidades.

Por exemplo, dizer que um suporte de celular neste momento pode ser muito útil, mas, desde que seja feito de material durável, seja prático na montagem, portátil para ser usado em qualquer lugar da casa, discreto para não destoar da decoração, flexível a adaptação à qualquer aparelho celular, feito de material sustentável etc.

Destaque os diferenciais e vantagens competitivas.

Agora, percebendo o interesse do futuro cliente, pergunte sobre situações em que ele já notou esta necessidade e explore as vantagens que seu produto tem, aqui é muito importante uma análise de concorrência prévia. Compare custo x benefício.

No caso do suporte, diga que ele é entregue rapidamente para qualquer lugar do país, possui vantagens de frete, possui vários modelos e tamanhos entre outros atrativos.

Como explicar sua proposta em um pitch

Se houve interação até aqui entre seu interlocutor, é porque algum encantamento você provocou com essa oferta de valor. Note, você não vende um produto e sim a solução para a vida daquela pessoa. Portanto, tenha clareza na hora dos valores e estratégia neste ponto, para que sua trajetória não seja perdida.

Sabemos das incertezas e dificuldades que esta pandemia impactou na vida das pessoas. Portanto, mostre que sua empresa tem consciência disso, pensando em maneiras de pagamento facilitadoras e por aí vai.

Dicas para criar um pitch de sucesso

A partir do entendimento do sumário, é interessante pensar no desenvolvimento do pitch e as saias justas que ele pode trazer. Pensando nisso, separamos algumas táticas para implementar a construção do seu pitch de venda - e você também pode ter como exemplo o pitch deck da AirBnb, uma apresentação pitch PPT inspiradora!

Descomplique o discurso: prefira uma linguagem fácil de entender

Evite jargões e muita tecnicidade, a menos que saiba que seu cliente goste desse tipo de linguagem. Lembre-se, a mensagem precisa ser compreendida e remeter rapidamente a uma sensação satisfatória de resolução.

Contorne objeções com firmeza, educação e argumentos, sem arrogância

Sempre aguarde seu cliente terminar de falar e, então, contorne com resiliência as objeções. Responda elas com argumentos, ilustre com um case, estatísticas, dados ou depoimento real. Portanto, esteja preparada(o) para dúvidas e situações adversas.

Ao invés de descrever as características, que tal relacionar benefícios?

Note esta abordagem para o nosso produto lá de cima, o suporte de celular portátil: “fácil de montar, até uma criança consegue. Aliás, pode deixar seus filhos pequenos usarem também, sem receio, já que o material é resistente e atóxico. Além disso, a durabilidade dele é cerca de 3 vezes superior à média do mercado”

Veja como aqui foram citadas as características do produto e a abrangência das possibilidades de uso. No caso de sua solução ser muito técnica, interessante ter, ou mandar antes, um folder explicativo com especificações.

Seja objetivo na proposta de valor e venda!

Sua empresa pode ter um portfólio robusto, mas cada coisa no momento certo de acontecer, não é mesmo? Se você oferece tudo de uma vez, a pessoa vai ficar confusa ou se sentirá pressionada.

Então, priorize seus esforços iniciais em um só produto ou solução e se prepare para isso. Na hora do xeque-mate, também use da mesma clareza e objetividade, como neste exemplo:

“Agora que você compreendeu que o investimento no suporte vale a pena, pois representa uma solução facilitadora a sua nova rotina de trabalho, vou apresentar a proposta que tenho para materializar estes benefícios, na prática. Vamos lá?”.

+ Veja como foi o primeiro pitch deck da Uber

E por falar em adaptações e novas perspectivas, que tal aprimorar suas técnicas com quem entende de inovação?

No curso de Gestão de Produtos Digitais e Agile, os especialistas em Negócios da Digital House te ensinam tudo sobre argumentos de vendas e transformação digital. Quer saber mais sobre as aulas remotas? Vem bater um papo com a gente!