Pictogramas no UX design: como sabemos o significado de um ícone?

Pictogramas são conceitos traduzidos de forma gráfica simplificada, porém repletos de significados.

Pictogramas no UX design: como sabemos o significado de um ícone?

Combinar ícones para representar dados simples pode melhorar a memória do leitor referente a essas informações e até mesmo seu nível de envolvimento com elas. Por isso, os pictogramas podem ser um complemento para infográficos.

Se você não sabe o que é um pictograma, ou quer entender melhor seu conceito e quando deve usá-lo, acompanhe esse artigo. Contaremos tudo o que precisa saber sobre eles. Boa leitura!

O que são pictogramas?

Também conhecidos como “pictográficos”, “gráficos de ícones”, “gráficos de imagens” e “gráficos de unidades pictóricas”, os pictogramas são gráficos que usam ícones e imagens para representar informações. São formas simplificadas de visualização. Além de fazer com que seus dados tenham uma boa aparência, eles podem torná-los mais memoráveis.

Usando uma série de ícones repetidos para permitir a visualização de dados simples, os pictogramas organizam os ícones em uma única linha ou grade, com cada ícone representando certo número de unidades, tornando-os mais atraentes.

Quando devem ser utilizados?

Os pictogramas auxiliam na visualização de dados em infográficos, relatórios, apresentações e até currículos. Além disso, você pode usá-los sempre que quiser tornar informações simples visualmente mais interessantes.

Com eles, é possível mostrar a relevância de uma estatística ou permitir a visualização de uma fração ou porcentagem, criando impacto visual em dados simples. Confira onde o pictograma pode ser utilizado:

  • Mostrar pontuações ou alterações;
  • Indicar o progresso de uma meta em um relatório;
  • Tornar um gráfico de barras simples mais interessante;
  • Resumir visualmente a contagem de resultados de pesquisas;
  • Atualizar currículos.

Como surgiram?

Os pictogramas são sinais que permitem desenvolver a representação de algo, seja por meio de uma figura ou símbolo. E sua existência é tão antiga quanto a humanidade. Exemplo são as figuras que aparecem nas pinturas rupestres, quando, na pré-história, os humanos registravam os acontecimentos por meio de desenhos nas paredes das cavernas.

Os pictogramas foram - e ainda são - essenciais no desenvolvimento da escrita. Desde os desenhos que, por semelhança, representavam alguma realidade, até a criação de símbolos mais complexos que transmitiam pensamentos (ideogramas).

Atualmente, os pictogramas são usados para transmitir uma mensagem de compreensão imediata. Com símbolos claros e precisos, permitem que as pessoas os compreendam apenas olhando, dispensando detalhes ou ornamentações.

Qual é a função dos pictogramas?

Os pictogramas são usados com intuito de orientar, instruir ou transmitir alguma informação importante. Seu uso é comum nos mais variados contextos do cotidiano, principalmente para a sinalização pública, como placas, guias, manuais, mapas, infográficos, entre outras possibilidades.

Sua principal função é simplificar a comunicação, ajudando a eliminar as barreiras dos idiomas, uma vez que são compreensíveis em nível universal, e representar praticamente qualquer objeto ou situação por meio de sinais. Por isso, costumam ser usados como sinais, dando informação de utilidade ou fazendo advertências.

Como se faz pictogramas?

Como já mencionado, o objetivo do pictograma é fazer com que as pessoas compreendam a mensagem que os símbolos queiram passar sem o uso de textos. Por isso, para sua criação é importante a utilização de formas preenchidas e um tamanho que possibilite a fácil visualização.

Para utilizá-los da maneira correta, separamos algumas práticas recomendadas para trabalhar com pictogramas em infográficos. São elas:

  • Use ícones simples e significativos: para deixar seus pictogramas claros, use ícones de uma única cor que se encaixam em um quadrado e certifique-se de que sejam relevantes para o tema de seus dados.
  • Evite cores contrastantes para proporções e porcentagens: usar cores contrastantes ao representar proporções em pictogramas pode causar mais distração, em vez de ajudar. Por isso, tente usar dois tons da mesma cor para que os leitores possam comparar e contrastar mais facilmente os dados.
  • Divida em 5 ou 10 linhas para máxima legibilidade: os ícones devem ser redondos e divididos em linhas de 5 ou 10 para tornar seus pictogramas mais fáceis de serem entendidos à primeira vista. Além disso, garanta que cada pictograma seja acompanhado por um rótulo chamativo que indique a conclusão do gráfico.

Os pictogramas são ideais porque podem fornecer uma visão geral da quantidade e do volume de uma forma visualmente impactante.

Na internet, por exemplo, você entende qual é o botão de configurações rapidamente, sem que seja preciso exibir uma única palavra. Isso significa que essa imagem é suficiente para representar algo. E isso o tornou muito comum em websites e aplicativos.

Quando você entra em um site de compras, como você sabe onde clicar para comprar o que deseja ou até mesmo realizar uma assinatura? Aí entra o pictograma! E o Design desse botão é extremamente importante para guiar o usuário, fazendo com que ele tenha uma leitura rápida e clara do que se trata o botão, além de facilitar a localização ao percorrer os olhos pela tela. Por isso o UX Design é tão importante!
E se você quer ter conhecimento para dominar a comunicação assertiva e clara, a Digital House disponibiliza o curso de Experiência do Usuário (UX) com especialistas do mercado. Faça um curso remoto de UX, com aulas 100% ao vivo e ministradas por grandes especialistas do mercado. Torne-se um profissional de destaque.

Fique por dentro das novidades. Assine nossa newsletter.