Como implementar os parâmetros UTM no monitoramento de tráfego de um link?

Como implementar os parâmetros UTM no monitoramento de tráfego de um link?

Eles são uma opção de rastreamento avançado e trazem informações mais específicas sobre o desempenho de um determinado link. Quer entender melhor como isso funciona e qual a importância das UTMs para as organizações? Nós vamos explicar tudo para você! Acompanhe.

O que são os parâmetros UTM do Google Analytics?

Sabemos que os indicadores mostram como está o desempenho e a performance de sites, campanhas, entre outras coisas, para confirmar se estão dando o resultado esperado.

Para isso, existem diversas ferramentas que trazem esses dados de análise, como o Google Analytics, que oferece diversos tipos de informação, como o tráfego de um site - que é o assunto de hoje - e de maneira gratuita. No entanto, para que uma empresa obtenha resultados mais precisos sobre esses acessos, os parâmetros UTM devem entrar em ação!

UTM é uma abreviação em inglês de Urchin Traffic Monitor que, em português, quer dizer “Monitor de Tráfego de Urchim”. Esse último termo é o nome da empresa que foi comprada pelo Google, a fim de desenvolver a ferramenta Analytics.

Com os parâmetros UTM, você pode analisar de onde vem o tráfego do seu site de maneira mais detalhada, além de entender quais ações representam mais cliques e interações dos usuários.

Seja para uma divulgação em redes sociais, landing pages, banners, blog ou o próprio site, os parâmetros UTM são pequenos pedaços de texto que podem ser inseridos nos links, a fim de rastrear cada vez que alguém clica em algum deles.

Por que usar os parâmetros UTM?

Separamos as três principais vantagens de usar os parâmetros UTM em uma determinada campanha de marketing:

Rastrear as fontes de tráfego e leads

Ao utilizar os parâmetros UTM, o Google Analytics mostrará os dados específicos de tráfego para uma determinada fonte ou canal. Você saberá quantas pessoas chegaram ao seu site através de um post específico do Facebook ou Twitter, por exemplo. Em ferramentas específicas, como o RD Station, por exemplo, a partir das UTMs é possível reconhecer o canal/mídia de origem dos leads que converteram nas landing pages, por exemplo.

Sabendo qual é a mídia de origem que está levando gente para o link ou convertendo nas suas landing pages, a empresa pode pensar em estratégias mais direcionadas e diferenciadas.

Acompanhar campanhas

Desenvolveu uma campanha e quer saber o quanto de tráfego e resultado ela está gerando? Adicione o nome dela na UTM de todos os links envolvidos.

Otimização dos anúncios

Você pode otimizar a performance de anúncios online com testes A/B, a partir dos parâmetros UTM. Por exemplo, em conteúdos distintos de uma mesma campanha, você pode usar dois tipos de imagens com UTM em cada uma delas, a fim de entender qual funciona melhor para o seu público.

Como criar uma URL com parâmetros UTM?

Para desenvolver uma URL com parâmetros UTM de maneira mais fácil e rápida, use o URL Builder, uma ferramenta gratuita do Google. Abaixo, vamos explicar no que consiste as variáveis que você pode utilizar nos links. Veja abaixo um exemplo que usamos aqui na Digital House e como funciona cada parte:

https://www.suaempresa.com/br/?utm_source=googleads&utm_medium=cpc&utm_campaign=campanha-marketing-digital&utm_term=marketing&utm_content=anuncio-x

Neste caso, o objetivo é monitorar quantas pessoas acessaram uma página, a partir de um anúncio específico (anuncio x) no Google Ads, utilizando a precificação de custo por clique (cpc). Estamos usando essa URL para identificar o tráfego de uma campanha, aqui chamada de campanha de marketing digital. Veja abaixo como funcionou suas variáveis:


URL: é o link original da página do site que se quer rastrear

https://www.suaempresa.com/br/


Campaign Source: é a plataforma/canal que origina o tráfego, podendo ser uma rede social, uma ferramenta de e-mail marketing, entre outros exemplos.

https://www.seudominio.com/?utm_source=googleads


Campaign Medium: serve para identificar o meio usado para promover um determinado link. As mais comuns como o próprio URL Builder indica são “cpc”, “banner”, “email”.

https://www.seudominio.com/?utm_source=linkedin&utm_medium=cpc


Campaign Name: representa o nome da campanha e o objetivo do conteúdo.

https://www.seudominio.com/?utm_source=googleads&utm_medium=cpc&utm_campaign=campanha-marketing-digital


Campaign Term: representa as palavras-chave que são usadas nas campanhas para rastreamento.

https://www.seudominio.com/?utm_source=linkedin&utm_medium=post1&utm_campaign=campanha-marketing-digital&utm_term=marketing


Campaign Content: nos casos de teste A/B, essa variável é usada para realizar o acompanhamento ou distinguir links que levam o usuário ao mesmo link.

https://www.seudominio.com?utm_source=googleads&utm_medium=cpc&utm_campaign=campanha-marketing-digital&utm_term=marketing&utm_content=anunciox


Seja um especialista na área de Marketing Digital! :-)

Não há dúvida de que é importante contar com ferramentas que permitam medir os resultados das ações de marketing e divulgação das empresas. Se você tem interesse em ingressar na área, o melhor jeito de aprender é fazendo!

No curso de Marketing Digital da Digital House, você tem aulas ao vivo com professores que estão no mercado, aprende a implementar ferramentas e estratégias nas empresas, como os parâmetros UTM e o URL Builder, além de ter todo o suporte para alcançar o sucesso na sua jornada profissional. Que tal baixar o programa do curso e ver a infinidade de temas que você pode começar a estudar?

Fique por dentro das novidades do mercado tech. Assine nossa newsletter