Outbound marketing: entenda tudo o que você precisa saber sobre a estratégia

Outbound marketing: entenda tudo o que você precisa saber sobre a estratégia

A prospecção de novos clientes é uma etapa crucial no funil de vendas de uma empresa. Afinal, é ele que influencia os resultados e mantém a organização funcionando no mercado. Sendo assim, é necessário ter um planejamento, métodos e boas práticas para adquirir um público cada vez maior, e entender o que é outbound marketing pode ser essencial para garantir retornos para sua organização.

Quem trabalha nessa área está sempre pesquisando maneiras e estratégias para realizar esse processo de forma mais eficiente, assim como há muitas empresas que ainda fazem um papel passivo nesse processo, investindo pouco nessa etapa e esperando que as oportunidades cheguem por conta própria.

Não podemos negar que o inbound marketing é uma estratégia que cresceu muito recentemente e está se consolidando como a maneira mais moderna e eficiente de prospectar. No entanto, as grandes empresas ainda continuam investindo em processos de outbound, pelo fato dele trazer algo muito importante: resultado.

Tudo isso acontece se a estratégia for aplicada de maneira planejada e consciente. Portanto, acompanhe este artigo, entenda o que é outbound marketing e garanta retornos cada vez maiores em sua organização.

O que é outbound marketing?

Outbound marketing é uma estratégia que abrange um conjunto de técnicas de marketing digital em que o cliente não procura você de forma voluntária (neste caso, seria o inbound marketing), mas, muito pelo contrário, a marca se lança e propõe algo para os seus usuários.

É um marketing conhecido por ser ativo, onde há a identificação dos potenciais clientes, através de pesquisas e análises, para assim realizar uma abordagem, que pode ser de diferentes maneiras, seja no offline ou pelo online.

É a forma mais tradicional de prospectar, visto que agora vivemos em uma transformação digital constante, onde a internet cresceu muito e, antes dessa ascensão, essa era a maneira mais comum das empresas se lançarem para as pessoas.

Qual o objetivo do outbound marketing?

Muitas pessoas ainda acreditam que as estratégias de outbound marketing são ineficientes. Devemos considerar que há 10 anos, por exemplo, o método costumava ser chamado apenas de “marketing” e as ações de publicidade se reduziam em falas como: “olá! Prazer! Eu me chamo Fulano(a) e vendo esse produto”.

A maioria das pessoas não gostava de receber ligações com essa abordagem e isso desgastou o entendimento do tema e os benefícios que ele poderia oferecer de fato, principalmente o aumento e alcance de um ROI (Retorno Sobre Investimento) satisfatório.

Entretanto, o outboud marketing não é um método 100% offline. Uma campanha nas redes sociais, por exemplo, também pode fazer parte da estratégia. Todos os dias, ao navegar em sites e redes sociais, anúncios comerciais, ele sempre aparece em algum espaço da navegação, apresentando produtos e serviços.

A estratégia, hoje em dia, apesar de ser ativa, procura ouvir mais as pessoas e pode criar campanhas de acordo com as necessidades da empresa. E, neste contexto de mercado, o termo "outbound 2.0" tem aparecido com mais frequência, considerando todas essas mudanças na forma de aplicar a estratégia.

Explorando a dor do público-alvo, justifica-se o diferencial do produto para os clientes, em prol do objetivo macro do método, que é levar a mensagem do negócio para o maior número de pessoas, alcançando um ROI cada vez mais satisfatório.


Quais são as vantagens do outbound marketing para sua empresa?

Acabamos de explicar qual é o objetivo do outbound marketing, mostrando que a estratégia continua sendo uma excelente maneira de prospecção de novos clientes. Confira abaixo as principais vantagens do método:

ROI mais rápido

Quando pensamos em vantagens em relação a outras estratégias, este é um ponto inegável. O inbound marketing, por exemplo, precisa de tempo para trazer resultados, visto que a construção do SEO, por exemplo, traz retornos em médio ou longo prazo.

O outbound possui a vantagem de atingir o seu público a partir do momento em que a empresa começa sua prospecção. Sendo assim, o retorno sobre o investimento se dá de forma mais rápida.

Mensuração rápida e fácil

Sabemos que a análise de dados é essencial para as melhores tomadas de decisão em um negócio. Questões como comportamento do cliente e sazonalidade de compra estão presentes neste processo, para que os indicadores de conversão sempre tenham uma boa performance para direcionar a estratégia de outbound aplicada.

Como visto na primeira vantagem, o ROI é mais rápido, ou seja, os resultados aparecem em uma velocidade maior, oferecendo informações tanto quantitativas quanto qualitativas para serem analisadas e trazer melhorias ou novas decisões em um prazo muito menor, o que é muito melhor para uma marca.

Validação rápida de mapeamentos

Independentemente da estratégia aplicada, é necessário ter a validação de público-alvo, discurso (tom de voz, linguagem), posicionamento, conteúdo e comunicação, para saber se está sendo assertivo e atingindo a real dor do cliente.

No outbound marketing, ao entrar em contato com mil leads em um período de um mês, por exemplo, já possui uma grande amostra de validação de todos esses planejamentos e mapeamentos, o que demandaria um prazo muito maior em outras estratégias.

Produtividade

Como citado no exemplo da vantagem anterior, um grande destaque do outbound marketing é a alta produtividade da equipe envolvida no marketing do negócio.

Aliada à alta velocidade de retorno e validações, o time passa a ter mais tempo para desenvolver novas campanhas e ações, cada vez mais assertivas, que elevam os seus resultados.

Diversidade de canais e mídias

O inbound marketing é muito focado nas mídias online, principalmente nas redes sociais. Já o outbound oferece uma gama maior de possibilidades para trabalhar e que também permitem ampla disseminação.

Veja alguns exemplos: propagandas em rádios ou televisão, banners, flyers, telemarketing, links patrocinados, banners, entre muitas outras opções.

Primeiros passos: como fazer outbound marketing?

Entendendo o que é outbound marketing, seus objetivos e importância, é necessário saber como aplicar o método nas empresas. O contato com os clientes não é a primeira etapa da estratégia, como muitos podem pensar. Confira as fases do processo:

Inteligência comercial

Anteriormente, neste artigo, explicamos que para se colocar em prática as estratégias do outbound marketing, é preciso entender qual é a persona e a necessidade dela para trazer diferenciais na experiência do usuário.

Para isso, a inteligência comercial realiza buscas constantes por potenciais que comprem o serviço ou produto, estruturando e construindo as listas de leads dentro das ferramentas de controle do funil de vendas com suas informações para a realização do primeiro contato.

Prospecção

Já com a lista de leads do time de inteligência comercial, o prospector deve partir para a ação e realizar o primeiro contato com seus clientes, passando uma boa impressão da empresa e convencendo-os a ouvir sobre a solução que tem a oferecer.

Neste momento, um erro muito comum é explicar toda a ideia em um momento em que o cliente não pode dar a devida atenção. É necessário ter o entendimento da situação para não perder o potencial de compra.

SDR

Nesta etapa, o cliente já se tornou um lead e está conectado e interessado no seu produto. Os SDRs ou representantes de vendas entram em ação e apresentam o serviço ou produto de forma detalhada, buscando qualificar o lead.

O foco também é descobrir quais são os objetivos, necessidades e dificuldades que ele enfrenta.

Executivo de vendas

Aqui os leads já identificaram os seus problemas e sabem que a sua empresa pode oferecer a solução para eles. Estão abertos para ouvir propostas de negócio, para assim fechar um contrato.

O executivo de vendas é quem entra em ação nesse momento, recebendo todas as informações colhidas nas etapas anteriores e, com base nelas, explica como pode tirar proveito de sua solução. É hora de fechar o negócio!

Pós-venda

Um novo cliente foi fechado, mas esse não é o fim! Saber como manter seus novos usuários é tão importante quanto adquiri-los. O relacionamento só começou. É necessário garantir o sucesso e satisfação, oferecendo o melhor serviço/produto para eles, conforme o prometido.

Como aplicar outbound marketing junto ao inbound?

Nesse artigo, ficou claro que utilizar as estratégias do outbound marketing pode trazer muitos benefícios para as empresas. No entanto, com a ascensão da Era Digital e a internet, o inbound marketing vem crescendo no marketing das empresas. Contudo, esse fator não exclui a possibilidade de se trabalhar com o outbound também.

Apesar de suas diferenças, os dois métodos podem se complementar e formar uma estratégia poderosa para a empresa. Neste contexto, não é necessário escolher somente um, mas sim extrair o melhor de cada um deles.

A questão principal a se levar em consideração é o ROI e como você conseguirá atingir as expectativas. Esse indicador mostra em quais canais e de que maneira a comunicação pode valer mais a pena para investir tempo e dinheiro.

Por exemplo, ao utilizar as etapas do inbound marketing como estratégia, é válido mesclar com o outbound na fase de atração de pessoas, onde em momentos estratégicos podem ser inseridos links patrocinados ou outros tipos de anúncios nas redes sociais, aliado a um bom marketing de conteúdo.

O mais importante é ter os pontos que guiarão essa mescla de modelos bem estruturados, como a persona, sua jornada de compra, o ticket médio da empresa, a estrutura dos times de marketing e vendas, entre outros.

Além disso, existem outros exemplos práticos de como misturar as duas estratégias usando diferentes meios, como as marcas que possuem loja online e física, podendo mesclar o off e o digital, utilizando os computadores da loja para direcionar as páginas de captura, específicas de cadastro de clientes.

Fazendo isso, a gestão saberá quem são os clientes que vieram do off, podendo trabalhar com conteúdo direcionado para que eles também acessem a loja online.

Os eventos também são um exemplo da mistura de estratégias. Nessas ocasiões, sempre ocorre o cadastro de participantes, além da própria troca de contatos ao realizar networking. Ao invés de anotá-los em um papel, pode-se usar uma página de captura em um dispositivo digital.

Dessa forma, você terá o controle de leads gerados no evento e poderá direcionar conteúdo para eles, a exemplo de um fluxo de automação pós-evento.

Que tal ser um profissional da área?

Implantando os primeiros passos de como fazer outbound marketing em sua empresa, você pode conseguir resultados incríveis e mudar o rumo dela para melhor. Não é incrível?

A área de marketing digital dispõe de diversas carreiras, jornadas e funções, para diferentes tipos de habilidades técnicas, desde as pessoas que preferem o campo mais criativo, assim como o analítico.

Entretanto, pessoas qualificadas para a criação e gerenciamento de projetos, e que saibam utilizar as ferramentas de maneira eficaz, ainda estão em falta no mercado. Sendo assim, o curso de Marketing Digital ou Marketing Digital Avançado da Digital House são ótimas oportunidades para você!

Além de toda a base técnica ministrada por especialistas do mercado, todos os alunos podem participar do programa de apoio à recolocação (gratuito), além de feiras de recrutamento exclusivas (Recruiting Day). Se inscreva agora mesmo em algum dos cursos e alavanque a sua carreira!

Leia mais no blog DH:

+ Escola de marketing digital: Conheça os cursos de marketing da Digital House

+ Métricas de marketing: como defini-las em um plano de estratégia?

+ Marketing digital para iniciantes: 10 dicas de como começar na carreira