O que é realidade virtual e quais são os seus benefícios?

Quando falamos em transformação digital, não podemos deixar de fora a Realidade Virtual (VR, de Virtual Reality, em inglês), que já vem sendo utilizada em inúmeros setores do mercado.

O que é realidade virtual e quais são os seus benefícios?

Como o nome já indica, a VR é um ambiente virtual no qual os usuários podem se inserir, por meio de um sistema computacional, como se realmente estivessem naquele lugar. E essa sensação acontece devido à utilização de efeitos visuais e sonoros, que permitem a imersão nesse ambiente simulado virtualmente, possibilitando que o usuário interaja, caso queira, com o que vê ao seu redor, dependendo das possibilidades do sistema utilizado.

Como a transformação digital já é realidade nos diversos setores produtivos, as empresas que querem obter sucesso, não podem mais ignorá-la. E, para isso, é importante que os gestores estejam atentos para as tecnologias que permitam sua adesão no dia a dia.

Provavelmente, você já viu a realidade virtual sendo aplicada no setor de jogos online, mas ela não se restringe apenas ao lazer. Por isso, continue lendo nosso artigo para entender melhor o conceito e descubra os benefícios dela nos inúmeros setores do mercado. Boa leitura!

A história da realidade virtual

A definição de realidade virtual teve algumas variações ao longo dos anos. Os primeiros usos desse conceito datam de 1938, quando o autor francês Antonin Artaud usou o termo em seu livro “Le Théâtre et son double”, (O Teatro e seu Duplo), sugerindo um teatro onde “a ilusão de personagens criava uma realidade virtual”.

Além dessa referência, podemos citar os monóculos com imagens de pontos turísticos, simulando o efeito 3D, que já buscavam “transportar” as pessoas para outros lugares.  

Já nos anos 1970, Myron Krueger, artista digital responsável por desenvolver algumas das primeiras instalações interativas, utilizou o termo “realidade artificial” em seus estudos de combinação entre computadores e outros sistemas de vídeo.

No entanto, o termo realidade virtual hoje utilizado, é creditado a Jaron Lanier, fundador da VPL Research Inc., uma das primeiras empresas que desenvolveram e venderam produtos como óculos de realidade virtual. Quando, no início da década de 1980, o utilizou para diferenciar as simulações tradicionais realizadas por computadores de simulações envolvendo múltiplos usuários, em um ambiente compartilhado, como vem ocorrendo nos últimos anos em jogos que usam a realidade virtual.

O que é a realidade virtual? 🤔

A realidade virtual é um ambiente no qual é possível criar uma vivência física por meio de aparatos tecnológicos, simulando o ambiente real por meio de um sistema computacional. Ela é uma realidade totalmente virtual, criada artificialmente, mesmo que seja semelhante ao ambiente verdadeiro.

Assim, o usuário tem uma percepção bastante realista, podendo, muitas vezes, incluir sensações táteis. Essa área tem crescido consideravelmente nos últimos anos, ainda mais com a criação de óculos especiais e headsets, que permitem uma imersão mais precisa do público, seja para lazer ou uso profissional.

Mas é importante diferenciar a realidade virtual, a realidade aumentada e os vídeos 360 graus:

Diferenças entre o vídeo 360º, realidade virtual e realidade aumentada

Esse efeito semelhante ao da realidade é criado, em primeiro lugar, devido aos modelos de óculos que têm espumas ao redor de olhos e nariz, além de ajustes para que o usuário enxergue apenas o conteúdo transmitido pelo aparelho, sem interferência externa. Os dispositivos podem ter um ou dois displays LCD por olho, oferecendo o efeito 3D estereoscópico.

Além disso, os óculos têm um recurso chamado head tracking, que possibilita ao software interno do sistema entender a posição do usuário em um mapa interno, de modo a determinar qual é a área à sua volta. Assim, ao mexer a cabeça e olhar ao redor, o sistema entende o movimento e as imagens são deslocadas na mesma direção, promovendo uma sensação de imersão completa.

Os fones de ouvido modelo headset usam tecnologia de eliminação de ruídos, de forma que a pessoa escute apenas aquilo que o sistema permite a ela ouvir ou, então, não ter interferência externa em sua experiência.

Com o objetivo de projetar, no meio digital, elementos do mundo físico em tempo real, resumidamente, ela consiste em uma simulação do mundo real em uma plataforma informatizada.

Benefícios da realidade virtual 🤩

A realidade virtual começou a se popularizar devido à indústria de jogos virtuais, trazendo uma nova percepção sobre as possibilidades de lazer. Contudo, devido a sua versatilidade, ela pode ser utilizada tanto para a indústria de games para lazer quanto para outros fins. Como exemplo, ser utilizada para treinamentos do exército ou simular procedimentos cirúrgicos, entre outras atividades de ambiente fictício.

Considerando o mercado de trabalho, essa tecnologia possibilita enxergar as operações a partir de um novo ponto de vista. Entre as suas principais vantagens, podemos destacar:

Óculos de realidade virtual

Vantagem competitiva

A realidade virtual permite às empresas ganhar vantagem competitiva no mercado, a exemplo de escritórios de arquitetura ou engenharia, que podem utilizar essa tecnologia nas renderizações 3D, permitindo que o cliente “esteja” no projeto e examine cada detalhe.

Permite acompanhar a evolução do setor

Esse ponto também tem ligação com a vantagem competitiva, pois quando uma organização passa a utilizar a VR em suas operações, ela sai à frente da concorrência, pois demonstra que está mais atualizada sobre as tendências tecnológicas da indústria.

Investimento inicial baixo

Para implementar a realidade virtual em sua empresa, não é necessário fazer grandes investimentos, pois uma das formas de implementação dessa tecnologia é por meio de dispositivos eletrônicos de VR, como os óculos de realidade virtual, que possuem um custo de aquisição relativamente baixo, comparados aos frutos que renderão ao negócio.

Reduz o retrabalho

Como a RV permite a “materialização” dos projetos, o cliente consegue visualizar os detalhes da projeção 3D, possibilitando uma noção mais clara do que deseja. Dessa forma, a empresa não precisa gastar tempo refazendo projetos e pedindo feedbacks.

Simula cenários reais

Como dissemos no início deste artigo, uma das características da VR é a simulação do mundo físico em um ambiente virtual. Nelas podem conter elementos simples ou construções complexas. Com isso, os profissionais conseguem utilizar cenários reais para entender como o público reage a ele.

Além dessas vantagens, a utilização da realidade virtual no meio corporativo permite uma experiência diferenciada aos clientes, bem como aumenta o engajamento com o produto ou serviço. Ela pode ser, ainda, utilizada de forma a melhorar estratégias de marketing, que podem atuar de forma imersiva e interativa, possibilitar a gamificação no ambiente interno das empresas e garantir a possibilidade de reuniões a distância com maior interatividade, tornando-as mais interessantes para os participantes.

Tipos de realidade virtual

Os sistemas de realidade virtual mudam de acordo com o tipo de interação e imersão que oferecem ao usuário. Eles podem ainda variar conforme a potência e o desempenho da tecnologia que constrói a simulação. Entre os tipos mais comuns de VR, destacamos os seguintes:

Tipos de realidade virtual: simulação, projeção, aumentada e de mesa

Ao longo deste texto, você pode perceber que a realidade virtual vai muito além de jogos, estando presente em inúmeros segmentos do mercado, como hospitais, escritórios de arquitetura e engenharia e até mesmo sendo usada pelas Forças Armadas.

Essa tecnologia proporciona vantagem competitiva e otimiza o trabalho em diversos aspectos e segmentos. Por isso, se você deseja alavancar sua carreira profissional, este é um excelente caminho a ser trilhado.

E a Digital House pode ajudar você a ter sucesso nesse mercado. Com o curso de Desenvolvimento Web Full Stack, que capacita o(a) aluno(a) a criar sites e sistemas web, utilizando diferentes linguagens de programação, como HTML, CSS, JavaScript, entre outros.

As aulas são online, 100% ao vivo e ministradas por professores especialistas que estão no mercado. Além disso, a DH conta com o departamento de Carreiras, em que os(as) alunos(as) podem acessar diversos conteúdos exclusivos sobre suas jornadas. Inscreva-se agora mesmo e garanta o seu futuro profissional no vantajoso mundo da realidade virtual!