O que é copy no Marketing Digital? Veja 7 dicas de ouro sobre como desenvolver a técnica da melhor forma!

O que é copy no Marketing Digital? Veja 7 dicas de ouro sobre como desenvolver a técnica da melhor forma!

É importante saber que o conteúdo pode ser o diferencial para uma estratégia de marketing de uma empresa, podendo gerar mais leads e aumentando a rede de clientes e potenciais vendas.

Entenda melhor o que é copy no Marketing Digital e como ele pode ser a peça que estava faltando para sua marca alcançar o sucesso. Continue acompanhando.

O que é copy no Marketing Digital?

A palavra copy é uma abreviação da palavra copywriting (língua inglesa) e, no universo do Marketing Digital, representa a ação de produzir textos, com o propósito de convencer o leitor a tomar uma determinada decisão.

A técnica pode ser aplicada em conteúdo de blogs, sites, redes sociais, entre outros canais, a fim de promover um produto, uma ideia, uma marca ou até mesmo uma pessoa.

No mercado, é bastante comum termos contato com textos que nos induzem a clicar em um botão, a fim de finalizar uma compra, participar de uma promoção, assinar uma newsletter, curtir uma página, fazer o download de um material, se inscrever para um evento, entre outros motivos.

O objetivo por trás de tudo isso é dar continuidade ao processo do funil de marketing e conduzir a experiência do usuário, através de conteúdos desenvolvidos de forma estratégica, para o destino final, que é a conversão.

Sabemos que o marketing de conteúdo é uma estratégia que busca engajar e atrair o público através de conteúdos relevantes e de qualidade. Neste contexto, entender o que é copy no Marketing Digital e aplicá-lo é o diferencial para que tudo seja assertivo.

Se você tem interesse em aprender na prática sobre as principais estratégias digitais e técnicas para gerar novos leads às empresas, como a produção de copywritings, a Digital House possui o curso de Marketing Digital, que capacita seus alunos a estarem prontos para os desafios das grandes empresas, fazendo a diferença dentro delas.

As aulas são online, 100% ao vivo e ministradas por professores que estão no mercado. Além disso, a DH conta com o departamento de carreiras, onde os alunos podem acessar diversos conteúdos exclusivos sobre suas jornadas, além das ações de conexão com grandes empresas do mercado, como feiras de recrutamento e outros eventos pontuais. Inscreva-se agora mesmo e garanta o seu futuro profissional!

7 dicas de ouro para um bom copy no Marketing Digital

A base para realizar um bom copywriting é escrever com o propósito de inspirar e influenciar o(a) leitor(a) a relacionar-se com a marca, ou seja, a emissora do texto. A pessoa precisa se sentir motivada para realizar qualquer interação, após a sua leitura.

Sendo assim, separamos 7 dicas de ouro para ajudar você a desenvolver os melhores conteúdos. Vamos lá?

Saiba quem é o seu público-alvo

Esse é o ponto mais importante antes de desenvolver um copywriting. É preciso saber para quem está escrevendo. Caso contrário, não terá a quantidade de acessos ou ações quanto gostaria.

Sendo assim, primeiro, defina a sua persona. Ela é a personagem fictícia que representa seu cliente ideal, a partir de dados reais coletados. Para isso, informações como idade, ocupação, interesses, hobbies, entre outros, são essenciais para entender o perfil e o comportamento dessas pessoas.

Com isso, você conseguirá desenvolver conteúdos e textos orientados aos seus potenciais clientes, se aproximando da realidade deles e aumentando a possibilidade de gerar novos leads. Neste contexto, é necessário também estabelecer a linguagem e tom de voz corretos a serem adotados nos conteúdos.

Utilize dados relevantes

Uma das principais técnicas para quem desenvolve copy é o uso de informações como exemplos para tornar a compreensão do leitor sobre determinado assunto mais simples. Use dados obtidos em pesquisas para trazer mais credibilidade, sempre se atentando à fonte e de quando é a informação.

Além disso, fazer citações de profissionais que são referências no mercado e a apresentação de cases também podem ser boas alternativas para que os leitores vejam como é a aplicação da ideia abordada no conteúdo na prática.

Storytelling

Esta é uma técnica direcionada para conteúdos que possuem um alto poder de convencimento. De forma simples, ela se resume em contar histórias para provocar a reflexão no(a) leitor(a), aproximando e fortalecendo o relacionamento entre marca e cliente.

Dê ênfase ao tópico principal do conteúdo

Sabemos que um texto possui uma introdução, o desenvolvimento das ideias e a conclusão. Sendo assim, reforçar o tópico principal durante todo o seu conteúdo é muito importante.

Vamos supor que você precisa falar sobre os benefícios de uma boa estratégia de Marketing Digital nas empresas. Nesse caso, a ideia é que você apresente a área na introdução, desenvolva durante o texto quais são os principais benefícios e reforce toda essa importância na conclusão.

Venda os benefícios e a experiência de usuário

Além de falar sobre as características do produto ou serviço que está oferecendo aos clientes, é preciso vender os benefícios, diferenciais e o quão bom será a experiência, caso o leitor decida adquirir.

Para isso, é preciso convencer e, quando o fazemos, é por razões emocionais e não somente racionais. Listar as características é apelar somente para um lado.

Antecipe-se a qualquer dúvida

Ao desenvolver um copywriting, é preciso quebrar qualquer tipo de objeção, ou seja, qualquer dúvida que um(a) leitor(a) possa ter a respeito de sua empresa, produto ou serviço.

Esses questionamentos são identificados durante a fase de pesquisa e criação de persona, mas também podem ser atualizados e otimizados de acordo com o comportamento do seu público, que muda conforme o mercado e a concorrência.

Crie títulos assertivos

O título é o primeiro contato que uma pessoa tem com determinado conteúdo. Sendo assim, ele é um dos elementos mais relevantes na construção de um copy.

Além disso, nas estratégias de SEO, o título também é bastante relevante para os motores de busca. É importante que ele seja direto, aborde o assunto e a solução apresentados no conteúdo, tenha a palavra-chave principal e não seja muito comprido, para garantir que ele apareça completo nas páginas dos sites de pesquisa.

E aí, gostou do conteúdo? Que tal aprender mais conosco? Recomendamos que você também leia nosso artigo sobre inbound e outbound marketing, onde contamos quais são suas diferenças e suas tendências no mercado.

Não deixe também de conferir outros materiais gratuitos e ricos de conhecimento sobre Marketing Digital e as principais áreas da tecnologia em nossa biblioteca de conteúdo e no Blog DH.

Leia mais no blog DH:

+ Google Analytics Dashboard: crie e personalize com o nosso passo a passo

+ O que é brand equity e como as empresas geram valor de marca em seus produtos e serviços

+ Marketing digital para iniciantes: 10 dicas de como começar na carreira

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)