O mercado de trabalho para desenvolvimento de games

O mercado de games vem se mostrando um dos mais lucrativos, tanto que o salário de programadores da área de desenvolvimento de jogos pode passar de R$ 10 mil mensais.

Homem desenvolvendo código de programação para games

Os jogos eletrônicos fazem grande sucesso entre os gamers e contribuem para a movimentação dessa indústria, que cresce cada vez mais. Afinal, foi-se o tempo em que os videogames eram vistos apenas como diversão, tornando-se grandes propulsores da economia.

Bart dos simpsons jogando Playstation

A indústria de games é uma das mais valiosas do mundo. Tanto que o Brasil, segundo o relatório divulgado pela NewZoo, é líder no mercado de games na América Latina e 13º no ranking mundial. Ainda de acordo com a pesquisa, esse mercado movimenta quase US$ 2 bilhões de dólares por ano, tornando o segmento de jogos digitais interessante não apenas para quem joga, mas, principalmente, para quem quer trabalhar na área.

Se você é programador ou programadora e está em busca de oportunidades neste setor, esse artigo foi feito para você. Acompanhe a leitura e descubra como está o mercado de trabalho, em quais setores os profissionais da área podem atuar e o salário. Boa leitura!

Crescimento do mercado de jogos 💰

O isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19 fez com que as pessoas procurassem formas alternativas de entretenimento e os jogos para computador, celular e videogames foram a principal escolha da maioria da população.

E quem afirma isso são os resultados da pesquisa da NewZoo: a alta demanda por entretenimento virtual em 2020 representou um crescimento de 23,1%, a maior alta já registrada pela consultoria. Além disso, os lançamentos do PlayStation 5 e do Xbox Series X | S também contribuíram para esse movimento expressivo.

Apesar desse montante ter diminuído (-1,1% em relação a 2020), essa pequena queda não afeta em nada o desempenho de alta dos próximos anos, que deverá movimentar mais de US$ 200 bilhões de dólares em 2023.

O mercado de jogos cresceu muito

Tipos de profissionais e salários 🤓

A área de atuação dos que optam pelo desenvolvimento de jogos está crescendo exponencialmente. Entre os tipos de profissionais, destacamos:

1- Game designer

Esse profissional trabalha na criação e no desenvolvimento de games, podendo variar desde a elaboração do gameplay, como modelagem, ambientação, até a criação de personagens. O salário médio deste profissional é de R$ 5 mil, segundo o GlassDoor

2- Desenvolvedor independente

Para quem quer empreender, é possível trabalhar como desenvolvedor(a) independente, sozinho(a) ou com uma pequena equipe. Para quem não consegue ou não quer um emprego em uma grande empresa, este caminho é uma boa forma de se lançar no mercado, podendo atender a grandes empresas como freelancer.

Como a carreira independente, muitas vezes, envolve recursos limitados, o(a) profissional terá meses mais lucrativos que outros.

3- Roteirista

Além de desenvolvedores(a), para se criar um jogo, é preciso contar com profissionais que construam a história: o(a) roteirista. Esse profissional trabalha na concepção de toda a narrativa nos jogos eletrônicos, desde o enredo, diálogos, cinemáticas, produção de curtas-metragens e trailers de divulgação.

A presença do(a) roteirista é vital, pois são responsáveis pela “lore”, que é a história criada para dar sentido ao mundo em que o título se passa.

Assim como o game designer, a remuneração do(a) roteirista pode variar de acordo com o tamanho do projeto e pode ir de R$ 3 mil, para iniciantes, até R$ 12 mil para os mais experientes, segundo o ViaCarreira.

4- Game Tester

Quem nunca sonhou em ganhar a vida jogando videogame? Pois é exatamente isso que o(a) game tester faz. Esse profissional literalmente trabalha jogando videogame. Afinal, essa função precisa testar toda a produção, do começo ao fim, diversas vezes para encontrar bugs e reportar falhas aos desenvolvedores.

Essas vagas, geralmente, são ofertadas como freelancer, podendo remunerar por cada erro encontrado ou por hora.

Jogo fortinete

5- Marketing de games (ou advergames)

Este termo vem de “Advertise” (propaganda) + “Game” (jogo). É um jogo desenvolvido especialmente para divulgar marca, evento, produto, ideia, serviço etc. Para quem busca oportunidades além do mercado de entretenimento, essa é uma indústria lucrativa e crescente no Brasil. Mas, para ganhar mais destaque no mercado, o profissional que atua no desenvolvimento de jogos desse tipo precisa ter noções de marketing e publicidade.

O salário de um profissional de marketing em uma empresa de jogos de médio a grande porte pode chegar até a R$ 18 mil, atuando como uma espécie de supervisor(a) de produtos.

6- Desenvolvimento de jogos informativos

Outro mercado fora do “grande ciclo”, mas que vem se destacando, é o de games educativos. Esses projetos envolvem títulos criados para transmitir mensagens educativas ou servir como auxílio em salas de aula.

Os(as) desenvolvedores(as) especializados(as) em jogos educativos podem conseguir contratos com empresas que trabalham com ludificação e realizar projetos por meio de editais públicos.

Como criar um jogo e quais são as principais linguagens de programação? 🎮

Como você pode perceber, a tendência é de que o mercado de jogos eletrônicos aumente ainda mais. Isso significa que há muito espaço para os novos talentos e devs.

No entanto, o processo é longo e exige uma série de habilidades diferentes. Afinal, para desenvolver um jogo eletrônico, é preciso saber programação, arte, animação, música, design de som, teste, entre outros pontos. O processo pode ser bastante demorado, ainda mais se você não contar com uma equipe.

O importante é ser realista em relação ao que é capaz de fazer com os recursos que possui e dar o primeiro passo. Além disso, é imprescindível aprender algumas linguagens de programação para conseguir desenvolver boa parte de um game.

Existem diversos tipos de linguagem de programação para a criação de jogos, sendo que todas possuem cursos ou tutoriais. Algumas das principais linguagens para o desenvolvimento de games são:

Python, C++, Java, SQL, HTML, HTML%, CSS/CSS3, JavaScript

Além de saber sobre as linguagens de programação, e contratar um(a) designer profissional não seja uma possibilidade, você vai precisar se familiarizar com programas de recursos gráficos. Para isso, será preciso estudar o Adobe Photoshop, GIMP, Adobe Illustrator, Blender 3D e 3DS Max, que são alguns dos indicados para quem está começando e quer criar elementos visuais do jogo. Além disso, caso você não leve muito jeito, use um estilo mais simples e minimalista.

E, com o crescimento do segmento, os cursos voltados para a área de jogos estão cada vez mais populares. E a Digital House pode ajudar você a ter sucesso nesse mercado de games. Com o curso de Desenvolvimento Web Full Stack, que capacita o(a) aluno(a) a criar sites e sistemas web, utilizando diferentes linguagens de programação, como HTML, CSS, JavaScript, entre outros.

As aulas são online, 100% ao vivo e ministradas por professores especialistas que estão no mercado. Além disso, a DH conta com o departamento de Carreiras, em que os(as) alunos(as) podem acessar diversos conteúdos exclusivos sobre suas jornadas. Inscreva-se agora mesmo e garanta o seu futuro profissional!

Inscreva-se no curso de web full stack