Node.js para iniciantes: como usar os primeiros comandos e instalação

Node.js para iniciantes: como usar os primeiros comandos e instalação

Se prepare para entrar no incrível mundo de Node.js para iniciantes, o sonhos dos desenvolvedores na hora de criar sistemas, sites e aplicativos mobile/desktop, pois é possível usar uma única linguagem. Durante um bom tempo, somente a linguagem Java desempenhou esse papel, abarcando quase todos os cenários.

O Node.js é baseado em eventos, com um ecossistema aberto e amplamente apoiado pela comunidade, que permite tanto o uso em servidor quanto para execução no terminal (REPL – loop ler-interpretar-imprimir).

Quer entender mais? Nosso professor Leonardo Carvalho comenta uma visão geral sobre Node e como você pode dar os primeiros passos.

Node.js para iniciantes: o que faz?

Com o Node.js, é possível criar aplicações JavaScript para rodar como uma aplicação stand-alone em uma máquina. Assim, ele não depende de um browser para a execução, como é de costume.

O Node.js é utilizado por grandes empresas, inclusive pelos players de tecnologia, como Netflix e LinkedIn. Além disso, tem alta capacidade de escala, com arquitetura, flexibilidade e baixo custo, o que o torna uma escolha interessante para implementação de microsserviços e componentes da arquitetura Serverless.

Ele é tão independente que os principais fornecedores de produtos e serviços Cloud já têm suporte para desenvolvimento de soluções escaláveis, com sua utilização.

Instalação e primeira execução do Node.js

O download é extremamente fácil e a versão LTS é a mais recomendada (que começa com número par), por apresentar maior estabilidade e ter mais suporte em geral.

Após sua instalação, é importante verificar se há algum terminal aberto e, se houver, fechá-lo. Em seguida, é preciso abrir uma janela e testar o comando node.

Se tudo deu certo, o interpretador do node ficará aguardando um comando. Aqui, podemos colocar códigos em JavaScript, para poder exibir em tela: console.log(“Ola mundo”);.

É isso: o mesmo comando para exibir informações no console de desenvolvimento do navegador pode ser usado no terminal, usando o Node. Incrível, não é mesmo?

Por se tratar de um laço que lê e executa comando por comando, mostrando a resposta em seguida, você pode tentar executar vários comandos aqui. Na sequência abaixo, mostramos como criar e exibir variáveis no Node, assim como fazemos no navegador:

const nome = “Léo Carvalho”;

const idade = 25;

const altura = 1.71;

console.log(`Professor ${nome}, idade ${idade} e altura ${altura}`);

Banner convidando os leitores a visitarem a biblioteca de conteúdo da DH

Execução de programas completos no Node.js

Mas não é nosso objetivo ficar executando vários comandos neste guia de Node.js para iniciantes. Queremos criar arquivos que tenham essas instruções. E o Node nos permite isso!

Vamos criar um arquivo chamado meu-arquivo.js, salvá-lo na pasta raiz do seu usuário e depois pedir pro Node executar. Para isso, basta digitar no terminal: node meu-arquivo.js.

E agora, algo diferente aconteceu: todo aquele código foi executado e não mostrou os alertas de “undefined” (ignore-os, por enquanto) e revelou como resultado o primeiro comando dado neste artigo (“olá mundo”) e depois o texto com minhas informações.

Isso abre um mundo de possibilidades, já que agora podemos criar um único arquivo, que será responsável por fazer o que quisermos!

O que vem a seguir no Node.js para iniciantes?

Normalmente, o Node é usado para criar sistemas, sites e APIs, em maioria esmagadora, por meio do protocolo HTTP, instalação de pacotes, conexão ao banco de dados, utilização de APIs de terceiros, segurança e colocar o sistema em produção.

Na DH, o curso de Desenvolvimento Web Full Stack fornece a você meios de entender melhor a programação e ir de um Node.js para iniciantes rumo ao profissionalismo.

Aprenda como criar sites e sistemas incríveis com essa ferramenta que é uma das principais do mercado de programação.

Banner com descrição do professor Léo Carvalho desenvolvedor Node.js e PHP e professor assistente das turmas de frontend e fullstack na Digital House. Apaixonado por ensinar, acredita que conhecimento parado é igual água parada: só adoece a pessoa.


Leia mais no blog DH:

+ Minha primeira linguagem de programação: como escolher?

+ Primeiros passos no Git: o que eu preciso saber?

+ Pague só quando possuir renda: conheça o modelo ISA da DH

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)