Mercado digital: o que é, como funciona e quais são os tipos?

O mercado digital é uma nova realidade e cumpre o mesmo papel de um mercado tradicional, porém, a diferença é que o processo é feito online.

Mercado digital: o que é, como funciona e quais são os tipos?

Com os avanços tecnológicos que presenciamos em todo o mundo, impulsionados pela transformação digital, a democratização da internet e a popularização dos dispositivos móveis, novas tendências do mercado digital estão sendo criadas a cada dia, impactando a economia, política, comunicação e a forma como consumimos e compramos.

E uma dessas mudanças vem se destacando, movimentando o universo online e oportunizando novos negócios: o mercado digital. Acompanhe esse artigo e conheça essa nova realidade que envolve cada vez mais as empresas e está tomando conta da internet. Boa leitura!

O que é mercado digital?

A internet trouxe diversas mudanças em nossas vidas, desde a forma como nos relacionamos até como compramos, vendemos e consumimos. Com a popularização dos smartphones, esse processo foi intensificado, democratizando o acesso e criando novas formas de fazer negócio. Assim, o mercado digital surge como um novo campo, pronto para ser explorado, trazendo muitas oportunidades de negócios e transformando-o em um ambiente altamente rentável.

Resumidamente, o mercado digital cumpre o mesmo papel do tradicional, porém todo o processo é feito online. O modo de compra e venda é basicamente o mesmo, mas, em vez de lojas físicas, a comercialização de produtos e serviços é feita pela internet, em lojas virtuais, como sites de e-commerce ou redes sociais.

Um grande exemplo de empresa que utiliza da prática do mercado digital para realizar negociações de produtos e serviços em geral é o Mercado Livre. E, com o crescimento diário dos usuários na internet do mundo todo, a tendência é de que essa prática cresça cada vez mais.

Como funciona o mercado digital?

O mercado digital funciona como um comércio online e o ponto de partida de todas as interações e transações são os dispositivos. Ele possibilita a criação de diversas oportunidades de crescimento e inovação para todas as categorias de empresas no mundo. Independentemente do porte, as chances são praticamente as mesmas.

Com o acesso à internet e o crescimento da tecnologia é possível trabalhar de qualquer lugar, bastando ter um celular ou computador.

Tipos de mercado digital

A internet é uma seara de oportunidades e, para aproveitá-las, é preciso encontrar seu público-alvo. Para isso é necessário conhecer seu produto ou serviço, compreender como a sua mercadoria se compara à concorrência, quais problemas ela soluciona e, então, escolher o melhor caminho. Com essas informações, a decisão entre os tipos de mercado será mais assertiva.

Atualmente, se uma empresa não está na internet, ela perde grandes oportunidades de alcançar um número maior de pessoas. Mas não adianta apenas estar, é preciso investir nessa presença, pensando em todas as possibilidades oferecidas pelo mercado digital. Entre esses locais, destacamos:

Sites: um dos canais de comunicação que passa mais credibilidade, possibilitando o aumento das vendas.

Lojas virtuais: também chamada de e-commerce, permite realizar as negociações de forma mais simples.

Redes sociais: são uma vitrine de divulgação e fonte de informações do seu produto ou serviço e pode ser o local certo para divulgar o seu negócio.

Além destes fatores, é preciso escolher entre os diversos caminhos possíveis no mercado digital, como:

Domínio próprio: comprar um domínio permite que você tenha controle sobre o seu ambiente de vendas, podendo configurar a página ou aplicativo como preferir.

Serviços de venda: uma alternativa para quem não quer ou não pode manter um domínio próprio. São plataformas especializadas em venda de produtos, como o Mercado Livre, por exemplo.

Marketplace: os serviços de marketplace também são uma opção no mercado digital, uma ponte segura para vendedores menores anunciarem seus produtos, recebendo uma comissão por cada venda.

Redes sociais: Facebook e Instagram, por exemplo, também são opções para empresas ofertarem seus produtos.

Quais são as principais tendências do mercado digital?

Para ter sucesso e sobreviver no mercado digital, é preciso estar atento às tendências e à inovação. Para isso, é necessário conectar audiências e criar experiências personalizadas e avanços em Inteligência Artificial (IA). Assim é possível entregar conteúdos cada vez mais precisos.

O mercado digital é extremamente dinâmico, com inovações aparecendo a todo o momento e novidades surgindo com velocidade cada vez maior. Por isso, quem trabalha com serviços e compras online precisa estar sempre informado(a). E, para ajudar você nesta jornada, confira as 10 principais tendências do mercado digital.

Conteúdos visuais

O conteúdo visual, seja imagem ou vídeo, apresenta maiores taxas de engajamento com o público e despontam como uma comunicação capaz de chamar atenção tanto dos algoritmos quanto dos usuários.

Economia compartilhada

Também conhecida como economia do compartilhamento, propõe um novo modelo de negócios voltado para a partilha dos bens e serviços para mais de um usuário. Pode ser o uso coletivo de roupas, livros, aplicativos de carona, entre outras formas de compartilhamento.

Geomarketing

Esse tipo de ação é utilizado em negócios locais ou para anunciar ofertas restritas a uma região e consiste em fazer ações com foco específico para uma cidade, região, estado ou país e segmentar a entrega do conteúdo de acordo com a limitação.

Inteligência artificial

Essa tecnologia é empregada em chatbots, campanhas de marketing, serviços de atendimento ao cliente, automação de e-mail, entre outras soluções.

Internet das coisas

Seu conceito propõe a integração no mundo digital em tarefas do cotidiano, conectando aparelhos que costumam operar de maneira analógica e promovendo uma nova vivência do consumo ao derrubar fronteiras entre online e offline.

Lives

As transmissões ao vivo são uma ótima forma de engajar o público, proporcionando um espaço de interação que aproxima a marca dos clientes, além de apresentar tutoriais, realizar sorteios, lançamentos de novos produtos ou esclarecer dúvidas.

Marketing viral

São as peças que acabam alcançando um número de pessoas muito maior do que o esperado, alavancando a exposição do que está sendo vendido com um pequeno investimento.

Mobile marketing

Com a popularização dos smartphones o número de pessoas com acesso à internet aumentou, tornando-se a principal fonte de tráfego de muitas páginas e o principal meio de acesso à internet. Ainda que esse não seja o principal canal para conversão de vendas, existe muito espaço para crescimento.

Realidade virtual e realidade aumentada

A realidade virtual utiliza elementos da realidade, como a utilização de óculos especiais para inserir a pessoa em um novo contexto, como jogos e simulações. Já a realidade aumentada se propõe a transportar o usuário para um novo mundo, como o uso de QR code, por exemplo, que estende a experiência offline.

Web Analytics

São ferramentas que apresentam dados sobre as médias de origem do tráfego e comportamento do usuário no ambiente digital.  Elas podem contribuir com insights sobre o público-alvo.

Como você pode perceber, o mercado digital faz parte do dia a dia das pessoas e é uma ótima forma de começar um negócio, impulsionar um já existente ou desenvolver uma nova carreira e ter sucesso profissional. Ainda mais com o crescente número de usuários na internet e a popularização dos smartphones.

Mas, para ter sucesso é preciso conhecer seu público, se manter atualizado sobre as tendências da área e estudar. E para ajudar você a ter o conhecimento necessário para se inserir e se manter no mercado digital, a Digital House disponibiliza cursos online com especialistas do mercado e aulas 100% ao vivo.
Invista no curso de Consultor de Vendas Mercado Livre, onde você desenvolverá as principais habilidades para se tornar um consultor certificado e poder assessorar os vendedores do Mercado Livre. Mas corra, pois as vagas são limitadas.

Fiquepor dentro das novidades do mercado tech. Assine nossa newsletter.