Qual é a melhor linguagem de programação para iniciantes?

Para aprender uma linguagem de programação é preciso ter vontade, dedicação e estudar com constância. Além disso, algumas soft skills podem ajudar você.

Qual é a melhor linguagem de programação para iniciantes?

Não sabemos se o que assusta mais as pessoas é a tela preta de um computador, que aparece assim do nada, ou quando ela cheia de códigos. Tão temida como incompreendida, a linguagem de programação é a língua nativa que as máquinas usam para se comunicarem, utilizando algoritmos, dados, palavras-chaves, regras semânticas/sintáticas e símbolos.

Tudo isso junto possibilita que o programador tenha o controle sobre o comportamento físico e lógico de uma máquina, desde quais dados devem ser operados por um sistema, como eles serão armazenados ou transferidos até ações que deverão ser executadas pelo software.

Qual é a melhor linguagem de programação para iniciantes?

E se você está pensando em aprender a programar, mas não faz a menor ideia de como começar (afinal, hoje em dia, existem várias linguagens de programação, o que torna mais difícil ainda a escolha de qual caminho trilhar), trouxemos algumas dicas, ao longo deste artigo, para que consiga decidir qual é a melhor linguagem de programação, caso esteja iniciando nessa área. Acompanhe e boa leitura!

O que é linguagem de programação?

Antes de saber qual é a melhor, vamos lembrar o que é linguagem de programação ou aprender sobre o tema, para quem ainda é novo(a) no mundo da tecnologia.

Assim como a forma de comunicar entre as pessoas, as linguagens de programação são muito parecidas. Da mesma forma que ocorre com a comunicação entre duas pessoas, onde usamos um conjunto de vocabulários e expressões para expressar os pensamentos, sentimentos e ações da melhor maneira possível. No mundo da programação, isso ocorre da mesma forma.

A linguagem de programação é o meio que os humanos usam para instruir e comunicar os computadores a fazer diferentes tarefas e ações. Elas também possuem seus próprios vocabulários e regras gramaticais para desenvolver essas instruções.

Para começar a programar e aprender a se comunicar com um computador, você precisa da mesma lógica: falar a língua dele. Basicamente, a linguagem de programação é o idioma que você vai utilizar para comunicar ao computador e escrever os códigos. E, da mesma maneira que existem diferentes idiomas do mundo, também há várias linguagens de programação, umas mais simples de aprender, outras mais complexas.

Linguagem de programação os primeiros passos para aprender

Mercado de trabalho de programação

O mercado continua necessitando de  profissionais qualificados em linguagem de programação. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), anualmente, o Brasil está formando 46 mil novos profissionais de Tecnologia da Informação (TI), enquanto a demanda necessária é de 70 mil. Existe um grande déficit e a procura por novos profissionais não para de crescer.

Já segundo dados do IBGE, o segmento de TI, que abrange as carreiras de programação, vem numa crescente constante desde 2012. Sendo que o setor cresceu 95,6% até os dias atuais, e a tendência é de que continue avançando ainda mais, o que reverbera a pesquisa da Brasscom.

Por mais que o cenário tech não coincida com a realidade e a alta taxa de desemprego do país, as habilidades digitais, que incluem a programação, ainda são as áreas que passaram a ter indícios de recuperação desde o início da pandemia e voltaram a operar de forma plena. É uma grande oportunidade!

Quais as linguagens de programação para iniciantes?

Segundo o IEEE Computer Society, todo programador precisa ter conhecimento sobre:

Linguagens de programação que todo programador precisar saber

No top 20 da RedMok, aparecem outros nomes para fazer parte dessa lista, como o CSS, PHP, entre outros. Na Digital House, no curso de Desenvolvimento Web Full Stack, você aprende essas e outras linguagens para dar aquela encorpada no seu portfólio, tais como o HTML, Laravel, React, SQL, Github, entre outros.

Quando falamos sobre as melhores linguagens de programação para começar a trabalhar, as principais são:

HTML e CSS

O Hyper Text Markup Language (HTML) e Cascade Style Sheet (CSS) são importantes para todos os desenvolvedores (as), pois estão presentes em qualquer página e são úteis na criação de aplicativos web.

O HTML define onde deve ser inserido cada elemento de uma página web, seu conteúdo em um texto. Já o CSS é a linguagem que dá cor, estilo e mais vida, portanto, o design aos elementos da sua aplicação ou site. Para aprendê-lo, é preciso saber sobre HTML, pois os códigos escritos em CSS devem ficar dentro da estrutura criada em HTML.

Java

Lembre-se sempre: Java é diferente de Javascript. Orientada a objetos e reconhecida por sua simplicidade e legibilidade, essa linguagem é usada para desenvolver desde aplicações desktop a web, sendo uma das mais utilizadas em todo o mundo. Com retrocompatibilidade, ela garante o funcionamento a longo prazo das aplicações que utilizam essa linguagem.

Javascript

O Javascript pode ser usado tanto no desenvolvimento front-end como no back-end. A Netflix e a Uber são exemplos de empresas que usam Javascript e abusam dessa tecnologia para criar servidores web dinâmicos e seguros, com páginas e aplicações web interativas, com muito movimento, efeitos e animações.

Python

A Python é uma linguagem de programação muito utilizada por cientistas de dados porque permite o trabalho com data science e machine learning, ajudando no gerenciamento de dados. Ela também está presente no back-end de alguns dos principais serviços, como YouTube e Instagram. Além disso, a Python é usada para o desenvolvimento de jogos.

Aproveite e confira mais materiais sobre o tema, como nosso e-book Guia Full Stack Developer.

Curso desenvolvimento web full stack