Linguagem C++: saiba tudo sobre essa tecnologia

Você conhece ou já ouviu falar na linguagem C++? Saiba o que é, como funciona, suas vantagens, para o que serve e, ainda, quais as diferenças com C e C#.

Linguagem C++: saiba tudo sobre essa tecnologia

Na tecnologia, existem inúmeras linguagens de programação disponíveis para uso. Algumas delas, no entanto, possuem uma vida útil maior por possibilitar performance e recursos bastante interessantes.

A C++ é uma linguagem de programação de nível médio, baseada na linguagem C. Seu desenvolvimento teve início ainda na década de 80, por Bjarne Stroustrup, com o objetivo inicial de melhorar uma versão do núcleo Unix. Ao longo dos anos, para desenvolver a linguagem, foram acrescentados elementos de outras linguagens de vários níveis e outras classes, na tentativa de criar uma linguagem com elementos novos, sem trazer problemas para a programação.

A primeira versão oficial apareceu em 1983, quando o nome foi mudado para C++, já o primeiro compilador comercial surgiu em 1985 e coincidiu com o lançamento da primeira edição do livro “The C++ Programming Language”, que esclareceu vários pontos a respeito do tema.

Em 1989 foi lançada uma segunda versão da linguagem, com acréscimo das características: herança múltipla, classes filhas, abstratas, métodos estáticos, métodos constantes e membros protegidos, incrementando também um suporte de orientação a objeto. Um ano depois foi lançado o livro “The Annotated C++ Reference Manual”, que se tornou uma base.

O C++ tem uma enorme variedade de combinações, pois, além de seus códigos, pode contar com vários outros da linguagem C. Esta multiplicidade possibilita a programação em alto e baixo níveis, apresentando grande flexibilidade.

Neste artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre a linguagem C++ e o porquê de seu uso ser uma vantagem ainda hoje. Acompanhe 🤓

O que é e por que aprender a programar com linguagem C++?

C++ é uma linguagem de programação orientada a objetos (POO), em código aberto (open source), usada tanto para comunicação em máquinas quanto para desenvolvimento de softwares acadêmicos e corporativos, jogos, edição de imagens, fotos e vídeos, entre outras opções.

Todas essas características fazem com que seja considerada uma linguagem de alto e baixo nível, devido às bibliotecas e funções que possui. Com isso, todos os sistemas desenvolvidos a partir da C++ possuem um ótimo desempenho, são estáveis e bastante seguros.

O processo de aprendizado da linguagem é mais simples do que a média. Isso a torna atrativa para muitas pessoas, desde a sua criação na década de 1980. E, por ser uma linguagem excelente, versátil e poderosa, a torna uma das mais usadas no mundo há tantos anos.

Devido a sua polivalência, existe uma infinidade de programas feitos usando ela, o que faz com que a demanda por programadores e programadoras C++ seja tão alta.

Entre algumas das características da linguagem C++, podemos destacar:

características da linguagem C++

Algumas IDE´s para desenvolver em C++:

IDE´s para desenvolver em C++

Aplicativos conhecidos que já foram desenvolvidos em C++:

Aplicativos desenvolvidos em C++

Conheça algumas das empresas que utilizam essa linguagem:

Empresas que utilizam linguagem C++

Linguagem C++ e a programação orientada a objetos (POO)

O conceito de programação orientada a objetos tem como base a estruturação e a inserção de diferentes tipos de dados, além de suas relações. Esse processo resulta nos chamados objetos.

A POO é um modelo de programação onde diversas classes possuem características que definem um objeto na vida real, sendo que cada classe pode determinar o comportamento do objeto definido por métodos e seus estados possíveis estabelecidos por atributos. Alguns exemplos de linguagens de programação orientadas a objetos são: C++, Java, C#, Object Pascal, entre outras.

Este modelo foi criado com o intuito de aproximar o mundo real do virtual. Para dar suporte à definição de “objeto”, foi criada uma estrutura chamada “classe”, que reúne objetos com características em comum, descrevendo todos os serviços disponíveis por seus objetos e quais informações podem ser armazenadas.

Considerando esse contexto, a linguagem C++ utiliza bibliotecas de funções que ajudam no desenvolvimento e execução de ações e tarefas específicas relacionadas a eles nos softwares. Para entender melhor sobre o assunto, clique aqui e confira outro artigo que escrevemos a respeito deste tema.

Além da programação orientada a objetos, há a programação estruturada, onde seu princípio básico é que um programa pode ser dividido em três partes que se interligam:

  • Sequência: onde são implementados os passos de processamento necessários para descrever determinada funcionalidade.
  • Seleção: nesta parte o fluxo a ser percorrido dependerá de uma escolha. E ela é feita através do condicional “se” (onde se uma determinada condição for satisfatória o fluxo a ser corrido é um e, caso contrário, o fluxo passa a ser outro) ou de acordo com o número de condições se estende para outras avaliações.
  • Iteração: na iteração, é permitida a execução de instruções de forma repetida, onde, ao fim de cada execução, a condição é reavaliada e quando se mostra verdadeira a execução de parte do programa prossegue.

Qual a diferença entre as linguagens C, C# e C++? 🤔

Por terem a grafia parecida, muita gente pode se questionar sobre quais são as diferenças entre essas três linguagens. Sendo assim, estruturamos tudo da seguinte forma:

Linguagem c++

Linguagem C

Das três, ela é a mais antiga. Foi criada em 1972 e é a base para outras linguagens de programação, como as suas companheiras de letra. É uma linguagem compilada, estrutural, de nível médio, alto desempenho e curva de aprendizado muito alta. É utilizada em aplicações e dispositivos que possuem pouca capacidade de memória e processamento que interagem fortemente com o entendimento da máquina.

Linguagem C++

É uma evolução da C, sendo apresentada, na época, como uma versão mais moderna da anterior. Com uma programação orientada a objetos, é considerada tanto uma linguagem de alto como de baixo nível, a fim de facilitar a vida dos desenvolvedores. Ela não usa o garbage collector para gerenciar memória, mas utiliza comandos e estrutura base da linguagem C e sua curva de aprendizado é baixa.

Linguagem C#

O C# possui muitas similaridades com a Java. É uma tecnologia da Microsoft, sendo também uma linguagem orientada a objetos, de alto desempenho, com diferentes bibliotecas e desenvolvida com base no subset das linguagens C e C++ e sua curva de aprendizado é baixa. É a concorrente direta da C++.

Importante ressaltar que não é preciso aprender a linguagem C para começar a utilizar as linguagens C++ e C#, mas ela possui recursos, funções e estruturas, utilizados tanto em uma quanto na outra que facilitarão o seu aprendizado.

O que significa o símbolo “++”?

Esta pode ser uma curiosidade presente para muitas pessoas. O símbolo “++” representa um acréscimo à linguagem C, utilizada como base para o desenvolvimento da linguagem C++, a qual sua criação e desenvolvimento se baseiam.

O símbolo foi adotado na linguagem para mostrar que determinados recursos da linguagem C estariam presentes nela, mas que outros novos foram adicionados, tornando a C++ uma linguagem inovadora e uma das mais utilizadas ao longo do tempo.

Preciso dominar C para aprender C++ e C#?

É importante destacar que falamos de duas linguagens de programação independentes, ou seja, você pode estudar e desenvolver aplicações somente com uma delas. Com isso, podemos concluir que não é necessário estudar C antes de C++, mesmo uma sendo extensão da outra. Mas a linguagem C possui recursos, funções e estruturas, utilizados tanto em C++ quanto C#, conforme abordamos no tópico acima, que facilitarão o seu aprendizado. São elas:

Linguagem C++: compartilha comandos, biblioteca e estrutura da linguagem C.

Linguagem C#: desenvolvida com base no subset da linguagem C.

Se o seu objetivo é aprender a desenvolver jogos, interfaces gráficas, e sistemas que trabalham mais perto da máquina, a linguagem C++ é mais indicada do que a linguagem C. Mas se o intuito é desenvolver softwares empresariais, APIs, dispositivos móveis, plataformas de website, escolha a linguagem C#.

Outro ponto importante é que não existe uma linguagem melhor entre as duas opções. Dependendo do tipo de problema, existe uma solução mais adequada que cumpra com a necessidade pretendida. O C++ possui mais recursos do que o C, mas, por outro lado, sua implementação é mais complexa, pois consome mais memória. Vamos falar melhor sobre as vantagens e desvantagens no próximo tópico.

Quais as principais vantagens e desvantagens da linguagem C++?

Linguagem c++

Vantagens

  • Processamento rápido e eficiente.
  • Milhares de bibliotecas disponíveis.
  • Utilizada para sistemas de alto desempenho.
  • Excelente escolha para sistemas de robótica, aeronáutica, mercado financeiro e videogames.
  • Linguagem de código aberto.
  • Curva de aprendizado baixa.

Desvantagens

  • Alto custo de implementação.
  • Gerenciamento manual da memória, o que traz chances de erros.
  • Código complexo para desenvolvimento de grandes projetos.
  • Garbage Collector manual, impactando no desempenho.

Por que aprender C++?

Mesmo com cerca de 40 anos da sua criação, a linguagem é aplicada em diferentes softwares atuais, com diversos materiais de estudo disponíveis para aprendizado das pessoas interessadas. Com isso, podemos dizer que vale a pena e, por se tratar de uma linguagem orientada a objetos e open source, é uma grande oportunidade para quem pretende se aprofundar sobre esse paradigma de programação.

A linguagem é utilizada tanto para quem deseja iniciar na área da Programação, tanto para dominar o conceito de orientação a objetos quanto para desenvolvedores(as) que querem aumentar os seus conhecimentos, adquirindo novas habilidades técnicas e ganhando mais notoriedade no mercado de trabalho.

Ser um desenvolvedor(a) é uma opção de carreira interessante, promissora e vantajosa no mercado atual, não é mesmo? O avanço da tecnologia e a transformação digital estão aí para provar ainda mais essa tendência de jornada profissional.

É importante saber que realizar uma faculdade de tecnologia pode não ser uma das melhores opções atualmente, mas, concluir um curso de especialização permite a certificação do aluno, provando sua base de conhecimentos aos entrevistadores no mercado de trabalho.

Na Digital House, você pode aprender programação do zero e construir uma base sólida de habilidades técnicas, como o domínio da linguagem C++. Conheça o Certified Tech Developer, um curso de Programação desenvolvido em parceria com o Mercado Livre e a Globant, onde o aluno adquire uma formação completa, com todos os conhecimentos necessários, seja na teoria, na prática e em todos os campos.

Não deixe de considerar também a opção do programa Desenvolvimento Web Full Stack. Um curso desenvolvido pela DH, voltado para a criação de websites ou sistemas web, tanto em front-end ou back-end, a partir de diferentes tipos de linguagens de programação. O aluno(a) pode concluí-lo e ingressar no mercado de trabalho em apenas 5 meses!

Independentemente do curso escolhido, todas as aulas são online, 100% ao vivo e ministradas por professores especialistas que atuam em grandes empresas do mercado. Além disso, temos o Departamento de Carreiras, em que os alunos podem acessar e conferir diferentes conteúdos exclusivos sobre suas jornadas.

Esperamos que esse artigo tenha ajudado você e proporcionado conhecimentos. Aproveite para conferir outro artigo do nosso blog e descubra quantas linguagens de programação existem no mercado de tecnologia!

As 8 linguagens de programação mais faladas no mundo da programação