Como começar na gestão de produtos digitais?

Como começar na gestão de produtos digitais?

Produtos digitais, assim como os dados, são valiosíssimos na era em que vivemos. Bem antes do isolamento social causado pelo Covid-19, eles já eram vetores de muitos bons negócios. E o que é considerado um produto digital? Corresponde a todo material comercializado na internet, considerando conteúdos que agregam valor ao usuário, como e-books, sites e apps.

Como diferenciar seu produto digital

Neste mesmo mês, lançavam, em 2 de abril de 1968, o filme “2001: Uma Odisséia no Espaço” lá nos EUA. Ele rendeu outros produtos como o livro (sucesso em vendas), a trilha sonora caprichada, muitos fãs e inspiração para uma infinidade de outros longas. E por que raios estamos falando disso?

Produtos integrados, bem gerenciados, e que criam valor entre si, são a grande sacada, digital ou não. Um produto precisa ser focado na experiência do usuário, e quando interligado a outros, pode se tornar um mar de oportunidades e conquistar um oceano de clientes.

Parafraseando esse épico do cinema mundial, neste artigo, convidamos você para a odisseia no espaço dos como ter um produto digital bem gerenciado. Vem com a gente.

A importância do MVP para um produto digital

Desde a chegada da internet, o mercado mudou e cada vez mais surgem novos negócios e empreendedores no mundo digital, movimentando grandes quantias. Terreno promissor que transformou a gestão de produtos digitais em uma das profissões mais promissoras do mercado, hoje, o Product Manager é função de destaque.

Nessa área, a pessoa responsável pela gestão de desenvolvimento de produtos digitais tem a missão de realizar sua liderança focada no cliente, ao mesmo tempo em que está conectada com a operação do negócio. O Product Manager é responsável pelas áreas de negócios, tecnologia e design, além de ter habilidades de mobilização de equipe e negociações.

Entre as ferramentas de gerenciamento, podemos citar entre elas o Minimum Viable Product. E se você está se perguntando o que é um MVP, ele nada mais é que uma metodologia de prototipação muito usada nos novos modelos de negócios, como nas startups, e que ajuda a testar protótipos de produtos.

Na prática e não só no meio virtual, no MVP testa-se um produto viável mínimo, na versão mais simples, que já será lançada com uma quantidade mínima de esforço e desenvolvimento para ver se vale mais investimento, depois. Otimização de tempo meu amigo!

E, como o digital se alimenta de dados, a gestão de produtos digitais está intimamente ligada ao acompanhamento de métricas, com foco na obtenção de bons resultados e atenção para a correção de erros de estratégia.

Empresas apostam em modelo centrado no produto

Segundo a consultoria Gartner, em 2020, as organizações que adotarem o modelo centrado no produto irão superar a concorrência que não tiver se adaptado, tanto em satisfação do cliente quanto em resultados de negócios. O Gartner ainda prevê que esse número chegará a 80% até 2022.

Carreira de um Product Manager

O salário de médio para gerentes de produtos digitais é em torno de R$ 6,779, com a demanda por esses profissionais aumentando em até 150%, segundo dados de 2019, da consultoria Revelo.

No curso de gestão de Produtos Digitais da Digital House, você aprende a estabelecer o roadmap de desenvolvimento de produtos, gerenciar times utilizando métodos ágeis, modelar negócios usando Business Model Canvas e muito mais.

Descubra na prática como comunicar o valor do seu produto e estruture um modelo financeiro, com pitches ninjas para potenciais investidores. Durante o curso você ainda participa na faixa de uma feira exclusiva de recrutamento, o Recruiting Day da Digital House.

Gostou? Então, vem na nossa e decole sua carreira, optando por uma das profissões mais procuradas da atualidade.