Front-end: o que é, para que serve e como aprender?

Front-end: o que é, para que serve e como aprender?

É comum ver pessoas falando sobre programação front-end e back-end em um mesmo artigo quando procuramos pelo assunto na internet. De fato, são dois lados de uma mesma moeda, mas cada caminho tem suas particularidades e um mundo de informações e aprendizados próprios, que foram ficando mais complexos com o passar do tempo.

Por isso, decidimos falar neste artigo só sobre front-end, mas se  quiser aprender um pouco mais sobre back-end, leia nosso artigo Back-end: o que é, para que serve e como aprender? Agora vamos começar pelas definições.

Para entender o que é front-end, é preciso saber o que é arquitetura cliente-servidor. Esse modelo pressupõe dois agentes: o chamado client-side envolve linguagens que são processadas pelo navegador do usuário, o server-side faz referência ao que é processado no servidor e faz uso de diferentes linguagens.

Apesar de diferentes, os dois lados precisam trabalhar juntos para garantir a usabilidade do site e uma boa experiência de navegação.

Nesse contexto, a programação front-end está associada ao client-side. O front-end é onde encontramos a "cara" de um site ou aplicativo, com design, interface de navegação e ferramentas de interação com o usuário, como áreas de buscas e formulários.


Para que serve?

O desenvolvedor front-end é responsável pela experiência do usuário dentro de uma aplicação web, é ele quem vai desenhar e desenvolver as páginas com as quais, posteriormente, o usuário irá interagir.

O front-end também inclui elementos que determinam a identidade visual de um site ou aplicativo, por isso, além do conhecimento de linguagens de programação específicas, um desenvolvedor dessa área só tem a ganhar se tiver noções de design, arquitetura da informação e UX.

Como aprender?

Para ser um desenvolvedor front-end você precisa se familiarizar com lógica de programação aprender algumas linguagens, como HTML, CSS, Javascript e Flash. Essas são as principais linguagens utilizadas para criar interfaces de uma aplicação.

HTML

Se você quer aprender a programar, precisa entender e conhecer HTML. Esta é uma excelente linguagem de programação para quem está começando. O HTML é a base de toda a aplicação, sendo usada para criar a estrutura fundamental do conteúdo de um site e seus principais elementos, como rodapé, cabeçalho, menus, barra lateral etc.

CSS

Logo em seguida, todo desenvolvedor front-end precisa saber programar usando CSS, em inglês, Cascading Style Sheets, em tradução livre, páginas em estilo cascata. Esta linguagem é usada para organizar sessões, criar efeitos de transição e definir o design de uma página, como fontes, cores e estilo. Podemos dizer que o CSS é um complemento ao HTML. Se seu site ou aplicativo fosse uma casa, o HTML seria responsável por subir as paredes e o CSS por pintá-las e decorá-las. O CSS também acrescenta novas possibilidades ao código.

JavaScript

Esta linguagem de programação é responsável por comandos e comportamentos que melhoram a usabilidade de um site, deixando-o mais dinâmico e afetando positivamente a experiência do usuário. É importante destacar que JavaScript não é a mesma coisa que só Java.

Framework e Bibliotecas: a versatilidade de linguagens como JavaScript e CSS tornaram possível o desenvolvimento de bibliotecas e frameworks.

As bibliotecas, como o jQuery, ajudam a reduzir a quantidade de linhas de um código sem alterar sua função. Já os frameworks, como o popular Bootstrap, deixam mais ágil o desenvolvimento de sites, aplicativos e páginas para os desenvolvedores front-end, e ajudam a criar layouts responsivos.

Agora que você já sabe o que é desenvolvimento front-end, qual sua aplicação e o que você precisa saber para se tornar um programador na área, é só arregaçar as mangas e buscar seu conhecimento!

Assim como inúmeras áreas da tecnologia, esteja preparado para nunca deixar de aprender e renovar seus conhecimentos. Todas as linguagens de programação acima passam por atualizações, revisões e melhorias, e é sempre indicado complementar suas habilidades técnicas com informações de áreas relacionadas, como design e UX.


A Digital House oferece cursos na área de desenvolvimento web e para aplicativos. Entre em contato, venha fazer uma visita e descubra o que podemos fazer para te ajudar a começar sua carreira digital.

Leia mais no blog DH:

+ Aprenda como criar um aplicativo para celular em 6 etapas

+ Área da tecnologia: É preciso uma faculdade para ser programador?

+Curso Node.js: o que se aprende e quais são as vantagens

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)