Data Scientist: desvendando o dia a dia e importância desse profissional

Data Scientist: desvendando o dia a dia e importância desse profissional

Piloto espacial comercial, consultor de energias alternativas ou revivalista de espécies raras podem até estar em alta, a partir de 2030. Mas o curso de formação para cientista de dados ainda é a melhor pedida, pensando em profissões do futuro.

Primeiro, pois o cientista de dados é importante e requisitado por muitas empresas, desde já. Segundo, pois todas as três carreiras, citadas no início deste artigo, dependerão deste profissional, de uma maneira ou de outra.

Se estas três ocupações serão sucesso quando nós estivermos menos jovens, não podemos assegurar. Mas que o cientista de dados continuará fazendo currículos brilharem aos olhos de diversos mercados, isso nós garantimos. Acompanhe o artigo para saber mais.

Afinal, o que faz um cientista de dados ser tão requisitado

Popstar das profissões, o queridinho dos decisores de negócios e por aí vai. Fato é que a atuação deste cargo ajuda ativamente na decisão de negócios mais assertivos e só esta característica já torna a habilidade valiosíssima.

Em épocas de imprevisibilidade econômica, monitorar e cruzar dados, ter insights e reinventar modelos de negócios, com base em informação sólida, é uma questão de continuidade e sobrevida para muitas empresas, e tudo isso faz parte do métier destes profissionais.

Áreas que o Data Scientist pode atuar

Áreas como Agronegócios,Telemedicina, Alimentação e Governamental são mercados que recentemente direcionaram sua atenção à este investimento, acelerando a procura por contratação. Finanças, Marketing e Varejo são exemplos de segmentos que descobriram este mapa da mina, antes do cientista de dados virar notícia.

De acordo com o Trampos, plataforma de recrutamento, o número alto de novas vagas nesta área pode ser explicado pelo fato de boa parte das empresas gerar dados, atualmente, sejam elas de qualquer setor, e o mundo se orientar por eles.

Logo, o cientista de dados é crucial em, praticamente, todos os segmentos. É ele que analisa o comportamento de usuários, modelos estatísticos, desempenho da concorrência, tendências de mercados, encontrando possíveis anomalias em operações financeiras e trazendo insights das melhores rotas.

Em plena Era da Transformação Digital, se uma companhia ainda não tem este profissional, certamente vai precisar, mais cedo ou...mais cedo. Que tal fazer parte deste hall da fama das profissões do futuro?

Na Digital House, você pode se tornar um cientista de dados e começar a atuar nestes mercados, logo após o curso. Com um time de professores feras, somados a uma metodologia reconhecida como uma das melhores do mundo, você aprenderá tudo o que precisa para ajudar as empresas a se preparar para o futuro da melhor forma, começando pelo agora.

+ Conheça mais sobre o programa para Data Science.