6 exemplos de marketing digital que são tendência para 2021

6 exemplos de marketing digital que são tendência para 2021

O ano de 2020 foi um ano marcado pela mudança e que trouxe exemplos de marketing digital diferentes para os negócios. Em pouco tempo tivemos que reinventar oportunidades: algumas de forma pontual, outras que revolucionaram a nossa forma de pensar e, principalmente, se posicionar no mercado – especialmente o digital. Quando se fala de Tendências Digitais 2021, fica fácil de identificar as múltiplas possibilidades que precisam ser consideradas para um 2021 mais assertivo.

Melhores exemplos de marketing digital para inovar!

Se você está passando por aquele momento de planejamento de marketing ou já começou a tirar algumas ideias do papel, é preciso ter em mente que, ainda que uma etapa de extrema importância, planejar é considerar sazonalidades. Mas não apenas isso.

Uma parte importante do planejamento passa por estar alinhado com exemplos de marketing digital que são tendência, tanto no que tange possibilidades, quanto no que diz respeito a comportamento do usuário.

A força de conexão do ao vivo

Qual lição fica da “surra” de lives pela qual passamos durante a pandemia? De que o ser humano sempre dará um jeito de se conectar. Apesar de muitos acreditarem na saturação das lives, a tendência é que a partir de agora se encontre um equilíbrio onde conteúdo ao vivo de qualidade podem (e devem) ser explorados em 2021.

Toda a marca ou negócio que consegue gerar experiência em tempo real ao seu cliente ou potencial cliente tem um trunfo nas mãos: o engajamento.

E como explorar essa tendência no marketing digital sem se tornar cansativo?

A resposta é simples: aposte em formatos diferenciados como webinars, entrevistas e ações que possibilitem espaços de interação e participação.

Não é sobre consumir conteúdo, é sobre criá-lo

Para quem trabalha com marketing digital, o termo prosumer não é novidade. Ele foi proposto ainda nos anos 80 por Alvin Toffler em seu livro “A terceira onda”. De forma literal ele descreve o “Prosumidor”, que consiste em um consumidor que também é produtor do conteúdo, uma prática que vem se tornando cada vez mais comum.

O que posso tirar de relevante disso para o meu planejamento?

Primeiramente, nos cabe entender que publicações dos seus clientes podem e devem ser consideradas na sua produção de conteúdo. E mais: esse elo de aproximação traz como forte tendência no marketing digital o momento dos nanoinfluenciadores, que por sua proximidade com o seu público apresentam vínculos verdadeiros e mais duradouros.

Diversifique nos formatos

Além das lives, quando o assunto é redes sociais, os formatos com foco no efervescente e efêmero foram destaque em 2020. Tik Tok e Instagram brigando pela atenção do usuário e expandindo possibilidades de criação de conteúdo que ultrapassa dancinhas. Apostar em stories nas diversas redes e considerar formatos em vídeo e drops são práticas que tendem a se consolidar ainda mais em 2021. Por isso, não desconsidere nenhuma rede antes de entender o potencial de engajamento dela.

Redes “de venda” sociais

Talvez uma das mudanças mais notáveis dos últimos meses para quem trabalha com redes sociais foi o comportamento focado em vendas. Com a pandemia, passamos a dar mais importância para comprar online, o que foi facilitado a partir da chegada dos catálogos de vendas no Facebook, no Instagram e no Pinterest. Com isso, essa forma de venda caminha para se tornar um dos maiores exemplos de marketing digital para 2021.

No entanto, é fundamental entender que parte de uma estratégia de venda de sucesso nas redes, passa, juntamente com o conteúdo, por um plano de mídia paga no marketing digital, sólido e estruturado.

Performance como estratégia

Em um ambiente com cada vez mais conteúdo, entender o que os dados estão dizendo se torna cada vez mais essencial. É por isso que a análise de dados pode ser seguramente considerada uma forte tendência no marketing digital não apenas em 2021, mas daqui por diante.

Uma boa análise das métricas mostra o poder de engajamento com o público, mas, principalmente se gerou as conversões esperadas, se alcançou o número de pessoas desejado, entre outros objetivos. Tais informações são determinantes na otimização das suas estratégias para os melhores resultados.

Foco no SEO

A busca por conteúdos cada vez mais verdadeiros e próximos da realidade do cliente fortalece ainda mais o SEO, um dos exemplos de marketing digital que não pode ficar de fora. Além de trazer leads de qualidade, posicionar-se bem de forma orgânica é uma forma eficiente de se destacar em meio à quantidade crescente de mídia paga.

Independente dos exemplos de marketing digital, uma certeza

O marketing digital conquistou um espaço sólido e de extrema importância, sendo fundamental tanto para quem já está no mercado, quanto para quem busca alguma forma de transição. O mercado é gigante e as oportunidades existem, por isso um curso de marketing digital impulsiona a carreira de tantos profissionais.

Leia mais no blog DH:

+ Brand Personas: o que são e como fazer?

+ Marketing de afiliados: como promover marcas e ganhar dinheiro

+ Estratégia para gerar leads: do básico ao avançado

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)