E-mail marketing: como fazer e por que incluir em uma estratégia?

E-mail marketing: como fazer e por que incluir em uma estratégia?

Sim, mesmo uma ferramenta tão antiga, o e-mail continua como uma das principais apostas para as estratégias de marketing e o crescimento dos negócios. E o melhor: a implementação da tática é simples e se você não sabe como fazer, estamos aqui para lhe ensinar. Acompanhe este artigo.


O que é e-mail marketing?

O e-mail marketing é uma prática estratégica de comunicação que possui o objetivo de conectar marcas e seus públicos através de um canal de comunicação utilizado, atualmente, por mais de 53% da população mundial e o segundo canal mais popular para compartilhar conteúdos relacionados aos negócios com outras pessoas, de acordo com levantamentos.

Nós temos certeza, considerando também esses dados, de que você que está lendo este conteúdo, por exemplo, possui uma caixa de e-mail. Toda essa comunicação entre empresas e pessoas é estabelecida para cumprir diferentes objetivos de marketing, como divulgação de produtos, ofertas, envio de informações, entre outros motivos que explicaremos com mais detalhes ainda neste artigo. Geralmente, esses disparos são realizados através de ferramentas de automação.

De acordo com dados do Statista, em 2021, o número de usuários de e-mail em todo o mundo foi de 4,14 bilhões. Isso representa um crescimento de 110 milhões de novos usuários em comparação a 2020. Para 2025, a previsão é que esse número chegue a 4,59 bilhões. Ou seja, essa é uma tendência que irá perdurar por muitos anos.

Por que utilizar e-mail marketing nas estratégias?

Além dos números que trouxemos, existem outros benefícios que explicam o porquê do e-mail marketing ter tanta relevância para as empresas. Separamos as principais para você. Confira:

Alcance elevado

Quando você investe no e-mail marketing, certamente alcança um número enorme de pessoas. Isso porque os e-mails são a base de diversas outras ações que os usuários realizam em outros canais. Para acessar as redes sociais, por exemplo, é preciso possuir um endereço cadastrado. Ou seja, ele é uma parte essencial das atividades na internet.

Previsão de alcance

Ainda falando sobre alcance, quando uma empresa divulga conteúdo em uma rede social, por exemplo, nem todos os seguidores o receberão, pois existem os algoritmos que determinam o que é mais relevante ou não para cada usuário, ou seja, você não possui o controle de quantas pessoas irão visualizar a publicação.

Já no e-mail marketing, a situação é outra. Você tem a previsibilidade exata. Se selecionar 50 endereços de e-mail para disparar uma informação, todos irão recebê-la na caixa de entrada da mesma forma.

Formato flexível

O e-mail é um formato que você pode preencher com o conteúdo que desejar. É como se fosse uma tela em branco. As mensagens não possuem limite de caracteres, podendo ter links, imagens, GIFs e o layout que achar mais adequado para a marca.

É possível desenvolver um e-mail a partir de templates, incluindo também elementos gráficos, entre outros recursos.

Alto retorno financeiro

Um dos maiores destaques do e-mail marketing é o alto ROI, se comparado a outros canais de marketing. Dados mostram que representa mais de 4200% (US$42 para cada US$1 gasto).

Dois fatores ajudam a explicar esse grande resultado: o baixo investimento e as altas taxas de conversão. Para se começar uma estratégia de e-mail marketing, é preciso apenas definir uma ferramenta de envio, um domínio e um profissional para colocar a estratégia em prática.

Canal próprio

Esta é uma das principais vantagens para implementar o e-mail marketing nas suas estratégias. Ele é um canal próprio e a lista de contatos é um grande ativo da empresa, não havendo entidade externa definindo quando, como e porque é preciso enviar mensagens aos contatos. A empresa pode até utilizar uma ferramenta, mas a estratégia não é pautada a partir dela.

Nas redes sociais, você depende das plataformas. Isso porque são os algoritmos que decidem se uma publicação é relevante ou não para as pessoas. Sendo assim, o e-mail marketing proporciona mais segurança na assertividade dos processos.

Qual o papel do e-mail marketing na estratégia de marketing?

Além de saber os benefícios, existem diversos objetivos que o e-mail marketing pode ajudar a alcançar de maneira assertiva dentro de uma empresa. Veja:

Fortalecimento do relacionamento entre marca e empresa

O e-mail marketing é um canal de relacionamento pessoal entre marcas e empresas, pois se trata de uma comunicação direta, que pode ser personalizada.

Logo, a ferramenta pode ser uma ótima oportunidade de estreitar o relacionamento. Os usuários, ao dar permissão aos seus e-mails, estão esperando receber essas mensagens e contatos regularmente.

Promoção de conteúdos

Além do âmbito comercial, divulgando ofertas e produtos, se a sua marca possui um blog e/ou adere a estratégia de iscas digitais, deve saber que a promoção dessas publicações através do e-mail marketing pode ser um grande diferencial para o sucesso deles.

Você pode mandar atualizações regulares, criar newsletters dedicadas a isso e/ou fluxos de nutrição, com links para os conteúdos. Com isso, sua visibilidade na internet aumenta, impactando também os resultados da empresa como um todo.

Educação e nutrição dos clientes

A intenção é a transformação de assinantes do e-mail marketing em leads e, consequentemente, em clientes. Para que isso aconteça, é preciso nutrir os contatos sobre o negócio e a área de atuação dentro do mercado, enquanto estreita o relacionamento com eles.

À medida que os conteúdos são enviados, eles compreendem melhor o valor que a sua marca vende e amadurecem a decisão de compra.

Vender

Por último, e não menos importante, temos a própria venda. Uma empresa pode enviar e-mails apenas para estreitar relacionamentos e promover conteúdos, mas também é possível utilizar a ferramenta para vender diretamente. Os conteúdos podem trazer ofertas e descontos exclusivos que conduzem os usuários para a página de compra. São poucos passos e cliques até a finalização.


Se você possui interesse em aprender na prática sobre as principais estratégias digitais e técnicas desse universo, a Digital House possui o curso de Marketing Digital, que capacita seus alunos para os desafios das grandes empresas.

As aulas são online, 100% ao vivo e ministradas por professores que estão no mercado. Inscreva-se agora mesmo e garanta o seu futuro profissional!


E-mail marketing: como fazer uma estratégia assertiva?

Para que você compreenda e implemente o processo da melhor forma em seu negócio, separamos alguns questionamentos a serem seguidos. Confira:

Quais são os objetivos da sua campanha?

De início, estruture os objetivos da sua campanha de e-mail marketing. Você pode utilizar, como base, os exemplos do tópico anterior.

Quem é a persona a ser comunicada?

A persona é o perfil de cliente ideal a ser comunicada por e-mail. É um personagem fictício, que possui todas as reais dúvidas, necessidades, dores e interesses do público em cada etapa do funil de marketing.

Como você construirá a lista de contatos?

No planejamento do e-mail marketing, é preciso pensar em como você construirá e fará crescer a lista de contatos. Para isso, as principais opções são a inserção de formulário no site e/ou a elaboração de landing pages que oferecem conteúdos ou materiais ricos em troca do contato.

No entanto, é preciso ter a devida autorização das pessoas para enviar esses e-mails a elas. Nunca compre listas de contatos ou insira endereços, sem que eles tenham ciência. Se quiser entender mais, recomendamos que confira o nosso episódio do DH Cast sobre LGPD.

Quais critérios de segmentação da lista você vai usar?

Hoje, não é recomendável enviar um mesmo e-mail para toda a base de contatos (existem algumas exceções). Isso porque nem todos possuem os mesmos interesses ou estão na mesma etapa da jornada de compra. Sendo assim, estruture os critérios de segmentação, a fim de tornar os envios mais assertivos para os contatos, como características demográficas, interesses, histórico de interações, entre outros fatores.

Quais conteúdos você irá disparar?

Aqui é a essência da estratégia. Qual o conteúdo que você enviará aos destinatários. É ele que traz o engajamento e faz com que os objetivos sejam atingidos. Lembre-se de se basear na persona para utilizar o tom de voz e linguagens corretas nessa etapa.

Qual será a frequência de envio?

A frequência de envio é imprescindível para o sucesso da estratégia de e-mail marketing. Muitas pessoas podem se incomodar com a insistência, mas, ao mesmo tempo, não é bom ficar longe por muito tempo. Sendo assim, é preciso encontrar esse equilíbrio.

Quais métricas você vai analisar na estratégia?

No planejamento, é preciso ter definido quais serão as métricas a serem monitoradas e analisadas para saber se as pessoas gostaram do conteúdo e se os objetivos da campanha foram atingidos.


E aí, gostou do conteúdo? Que tal colocar em prática a sua estratégia de e-mail marketing? Agora você já possui as dicas para dar os primeiros passos com sucesso.


Agora, leia também o nosso guia de marketing digital para pequenas empresas, com as melhores estratégias de engajamento. Você vai ver muitas outras ideias para gerar mais leads em seu negócio. Aproveite!