Por que o meu cliente não volta? 5 estratégias comprovadas para recuperar clientes

Por que o meu cliente não volta? 5 estratégias comprovadas para recuperar clientes

Siglas em inglês como CX (Customer Experience) e CS (Customer Success), vêm sendo cada vez mais buscadas nos últimos anos para entender o que fazer para recuperar clientes.

Se você deseja (e precisa) saber como trazer clientes antigos de volta e não sabe por onde começar, este artigo será muito útil. Vamos te ajudar a identificar meios e estratégias para conquistar clientes, alinhados com User Experience(UX), que trazem os melhores resultados a suas vendas.

O que fazer para recuperar clientes?

Uma pesquisa, publicada na Harvard Business Review, apontou que estratégias inteligentes são fundamentais para empresas que não sabem o que fazer para recuperar clientes perdidos e manter os atuais.

As táticas envolvem acompanhar as mudanças no comportamento do consumidor, que combinam seus hábitos de compras e o proveito de experiências.

O primeiro passo é concentrar as estratégias naqueles que apresentaram algum tipo de problema na jornada de compras ou relacionamento com a empresa.

E é nesse contexto que o CX (Customer Experience ou experiência do cliente em português) entra na jogada. Esse termo representa um conjunto de interações que ocorrem entre a empresa e o cliente.

Essas interações criadas serão responsáveis pela construção de memórias e sentimentos que são percebidos pelos clientes, por meio de estratégias voltadas a entregas mais humanas e satisfatórias.

O profissional voltado para este tipo de estratégia, é responsável pela área de Customer Experience Management (CEM). Já o CS, ou Customer Success, garante que as integrações sejam entregues com sucesso aos clientes.

Na prática, usa dados para prever dificuldades que eles possam ter ao usar o produto ou no relacionamento com a marca.

Essas figuras trabalham proativamente na retenção de clientes. Quando o assunto é recuperação, antes de qualquer estratégia, o melhor a fazer é compreender os motivos do abandono.

Se você não investe em recursos tecnológicos e práticas de UX que eduquem seus clientes sobre produtos e serviços, mesmo quando você sabe o que fazer para recuperar clientes, o caminho é árduo.

Como fazer uma boa carteira de clientes?

Empresas que investem em uma cultura de dados possuem bancos com informações mais sofisticados sobre seus clientes, o que permite identificar suas preferências para ofertas e, consequentemente, acertar mais no sentido de sua satisfação e desejos.

Tenha sempre em mente que quantidade não é qualidade, o sucesso da carteira depende do quanto você conhece seus clientes, até mesmo para trabalhar melhor o marketing de conteúdo.

O que é preciso para um cliente retornar a uma empresa?

O grande diferencial dessas dicas para recuperar clientes é que elas também ajudam a conquistar novos. Como? Inovando, sem deixar passar despercebido os detalhes “óbvios”.

O case da loja de óculos da Ray Ban, do bairro do SoHo, em Nova York, é um exemplo claro de como recuperar clientes perdidos.

O local conta com uma impressora 3D para criar armações, como uma espécie de galeria de arte e experiências criativas.

A loja disponibiliza também oftalmologista, assim, os clientes podem agendar uma consulta no site, onde já sairão com um diagnóstico e indicações dos melhores produtos para seu caso.

Gostou? Esta é a forma da marca trabalhar a atração e recuperação de clientes: inovação, equilibrada às necessidades básicas da compra (saúde ocular).

5 estratégias de ouro para recuperar clientes

Abaixo, separamos algumas dicas que podem inspirar ainda mais suas idéias quanto a estratégia de recuperação de clientes. Aprenda como agir de maneira assertiva para movimentar seu negócio, impulsionar seu e-commerce ou outro empreendimento.

Identifique quais clientes perdidos têm maior potencial de retorno

Concentre os esforços de recuperação pelo caminho mais fácil e seguro - nos clientes que nunca reclamaram ou que tiveram queixas satisfatoriamente resolvidas.

Essas pessoas podem voltar com:

➜ Uma promoção especial, com base em suas últimas buscas;
➜ Um “frete grátis”;
➜ Melhores condições de pagamento;
➜ Nova identidade e upgrade de “valor” a marca.

Como a Havaianas recuperou seus clientes

As Havaianas que, embora possuam hoje produtos sinônimos de beleza e elegância, nos anos 90 viviam outra realidade: poucas vendas e valor “depreciativo” associado ao uso de chinelos/sandálias.

A estratégia foi apostar em comerciais e anúncios, com a imagem de artistas que protagonizaram histórias criativas, contando sua satisfação com as sandálias, valorizando-as.

As Havaianas lançaram também novos modelos, sintonizados às tendências mundiais. Resultado: elevaram sua presença de mercado, notavelmente (quem não tem uma Havaianas em casa, não é mesmo?).

Aposte em ofertas mais efetivas para recuperar clientes

Para identificar as ofertas mais efetivas, faça testes dentro da sua própria base de ex-clientes, mandando promoções distintas, em momentos diferentes. Aprenda como aplicar um teste AB para colocar a mão na massa.

Essa ferramenta vai testar elementos das suas campanhas de marketing, indicando qual o melhor caminho seguir, de acordo com os gostos do seu público. Com essas diretrizes você ficará mais próximo de recuperar ex-clientes e entender o que eles realmente preferem agora.

Logo, uma excelente forma de identificar qual é o caminho mais rápido para recuperá-los.

Quer recuperar seus clientes? Faça mudanças.

UX research pode render bons insights para identificar o problema que deu origem ao abandono da marca, e a partir daí, entender como melhorar.

E aqui, a melhor forma é recompensar quem teve algum problema mal resolvido, seja com o envio de um produto novo ou mesmo um vale-compras.

Caso tenha sido algo relacionado à estrutura e processos, avalie rapidamente as formas de resolver isso.

É interessante enviar um e-mail personalizado ou outro tipo de comunicação, avisando que a falha foi ajustada, seguido de um convite para uma nova e aprimorada experiência naquela loja.

Utilize email marketing para recuperar clientes

Todo cliente deve ser tratado como alguém especial. Quando alguém deixa de comprar na sua empresa, é um alerta para que se invista em técnicas de conquista e reconquista.

E-mails são uma estratégia de marketing para:

➜ Criação de ofertas mais personalizadas;
➜ Continuidade de promoções por uma sequência de envios, contadas com base em storytelling de marketing;
➜ Lembrança de datas especiais como aniversários e festividades.

Mas, para que cumpram seu papel de verdade, precisam trazer assuntos que chamem a atenção do público de interesse, ou seja, o que vai fazer seu ex-cliente abrir o e-mail.

Nesta estratégia, vale começar por um título mais atrativo, com palavras-chave que deem aquela mãozinha na conversão, seguindo a estrutura da mensagem que você vai passar, sempre objetiva e que “fale” a linguagem daquele público, e um CTA(call to action) certeiro.

Mantenha contato

Um erro comum na hora de recuperar clientes é conseguir conquistá-los e esquecer de manter contato.

Por esse motivo, as comunicações de pós-venda são tão importantes. O cuidado de manter um fluxo de e-mails que mostre interesse em compreender como foi a experiência daquele cliente nesta vez(em toda a sua trajetória de compra), é crucial.

Quem não é visto, não é lembrado, como diz sabiamente o dito popular.

Melhore seu conteúdo

Um conteúdo de qualidade agrega valor à marca, atrai novos clientes e pode reconquistar quem te deixou.

Afinal, ao investir em conteúdo qualificado para as redes sociais ou blog, sua marca se torna referência do segmento e se firma como conceito no mercado em que atua.

Mesmo que um dia o consumidor tenha passado por um problema com sua empresa, ele pode voltar a considerar a compra se o conteúdo estiver ajudando de alguma forma.

Estratégia centrada no consumidor

Reter clientes é uma tarefa complexa. Recuperar então... Entretanto, com um plano estratégico alinhado, pode se tornar mais simples e fluido.

E agora que você já sabe como recuperar clientes, pode dar um passo a frente e descobrir o que é uma estratégia centrada no cliente.

Gostou do conteúdo? Então conheça nosso curso de marketing digital. As aulas são ao vivo, com especialistas de mercado e durante todo o curso você constrói um plano de marketing real.

Leia mais no blog DH:

+ SEO para E-commerce: como ranquear sua loja virtual

+ Brand Personas: o que são e como fazer?

+ Estratégia para gerar leads: do básico ao avançado