Design responsivo: o que é e qual é sua importância no desenvolvimento de sites?

Design responsivo: o que é e qual é sua importância no desenvolvimento de sites?

Cada vez mais os smartphones e tablets se desenvolvem e, hoje em dia,  por outro lado, existem pessoas que usam os computadores e notebooks apenas para trabalhar. Em alguns casos, até para isso eles foram deixados de lado.  Desse modo, é importante entender a função de um design responsivo.

Conforme a transformação digital vai ocorrendo, mais pessoas acessam a internet por dispositivos móveis e isso é um fenômeno contínuo, que não vai regredir. Por isso, é importante entender o que é ter uma tela responsiva e a sua importância no processo de desenvolvimento de um site. Continue acompanhando este artigo.

O que é uma tela responsiva?

O design responsivo é uma técnica que permite que a interface de um site ou aplicativo seja adaptada em qualquer tipo e tamanho de tela, tornando-a responsiva, ou seja, sem distorções ou inacessibilidade no conteúdo em todos os dispositivos.

Todo o layout do site oferece a experiência de usuário possível, independentemente do dispositivo onde está sendo exibido, seja em grandes telas, tablets ou celulares.

É uma área que necessita de profissionais com habilidades técnicas, pois além do design, a codificação com o HTML e CSS também faz parte desse processo. É adaptar-se ao layout, assim como entender as necessidades do usuário, proporcionando a experiência mais agradável e satisfatória possível.

Por que ter um design responsivo é tão importante?

Entendendo o que é uma tela responsiva, devemos saber que a técnica tem se tornado cada vez mais essencial no cenário atual, onde cada vez mais pessoas utilizam os dispositivos móveis como smartphones e tablets, ao invés de computadores.

Ao construir a interface de um site, normalmente se inicia pelo computador, para assim pensar em seus desdobramentos nas demais plataformas. Porém, esse processo está mudando e pensar nos dispositivos móveis inicialmente tem sido uma alternativa para facilitar o trabalho.

Um segundo ponto é a experiência do usuário. Se a interface de um site é construída pensando em seu design responsivo, o cliente não terá dificuldades para navegar e interagir em um celular, sem precisar, por exemplo, usar os seus dedos para ampliar ou encolher o site para enxergar um conteúdo.

Além disso, esses sites são feitos com elementos leves e fáceis de carregar, possibilitando o uso e a navegação com dados móveis (3G, 4G), que nem sempre oferecem a melhor qualidade de conexão.

Ter um design responsivo também ajuda um site a ter melhor posicionamento em mecanismos de busca. O próprio Google já anunciou que as páginas com boa experiência mobile sempre estarão bem ranqueadas, comparadas às que não priorizam diferentes plataformas.

Por fim, considerar o design responsivo é também ter um gerenciamento mais facilitado do site, principalmente para os analistas de SEO, pois eles não terão duas páginas diferentes (celular e computador) para analisar os resultados e KPIs de desempenho.

Principais boas práticas do design responsivo

Ao usar o design responsivo, é importante considerar alguns pontos importantes para oferecer uma boa experiência ao usuário. Confira as principais boas práticas na construção de um site:

Comece pela tela pequena

Ao criar um site, priorize a criação do layout do mobile ao invés de começar pelo desktop. É importante que o conteúdo e a experiência sejam ótimos em ambas as versões, mas começar por telas menores é um caminho mais fácil, ao invés de projetar da maior para a menor.

Utilize elementos leves e flexíveis

Inicialmente, é importante escolher um layout que seja leve e adequado para as suas necessidades. Ao escolher as imagens do site, é necessário pensar na flexibilidade. Utilizar fotos pesadas e estáticas pode provocar uma experiência ruim, dependendo do dispositivo utilizado.

Nesse contexto, recomendamos o uso de imagens leves e sem definição fixa de largura e altura. Com isso, elas se adaptam a qualquer tipo de tela.

Priorize a velocidade do site

Quando se usa o design responsivo, é imprescindível pensar na diminuição do carregamento e resposta a interações. Um usuário desiste da navegação, quando tem que esperar muito. Para que isso não aconteça, é recomendável usar ferramentas para reduzir o carregamento das páginas internas do site.

Faça testes de usabilidade

Realizar testes de usabilidade é essencial para saber se o design responsivo utilizado está sendo eficaz na experiência final do usuário. De acordo com o feedback dos testes, pode-se aplicar melhorias ou alterações nas criações, com o intuito de otimizar os resultados.

O que estudar?

Fazer um design responsivo é muito mais do que uma simples tendência de design, mas sim um conjunto de técnicas e ferramentas que coloca a perspectiva do usuário como o ponto principal na condução de todo o processo, exigindo conhecimento, observação e ações constantes.

Na Digital House, temos o curso de Experiência do Usuário (UX). A opção perfeita no desenvolvimento de habilidades digitais para fazer um design responsivo que traga conversões, bons resultados e um retorno positivo nas interações dos clientes, aumentando não só as vendas, mas também a fidelização dos consumidores.

As aulas são feitas por grandes profissionais do mercado, dinâmicas e 100% ao vivo. Além disso, os alunos podem fazer o curso de Gestão de Carreira gratuitamente e participar de feiras de recrutamento exclusivas (Recruiting Day).

Baixe o programa do curso e se inscreva agora mesmo, garantindo o seu sucesso profissional em uma área tão aquecida no mercado de trabalho.

Leia mais no blog DH:

+ UX e usabilidade: entenda sua relação e quais são as 6 metas para se aplicar em um desenvolvimento

+ 5 Livros de UX que complicarão sua vida para sempre

+ Entenda quais são os tipos de UX Research

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)