Como escolher um curso de análise de dados?

Como escolher um curso de análise de dados?

Se alguém procura obter sucesso profissional em sua carreira, sem dúvida, investir em um curso de análise de dados é uma ótima opção, pois, para as empresas, construir uma boa equipe de profissionais qualificados e com as habilidades técnicas necessárias está muito difícil.

De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), cerca de 420 mil novas vagas no mercado de tecnologia devem ser criadas até o ano de 2024, entretanto, previsões confirmam que 150 mil delas não serão preenchidas por falta de profissionais qualificados.

Com esse panorama, podemos entender que esse é o momento ideal para investir em um curso. Mas a questão é: como começar na área? Devo aprender sobre ciência de dados ou sua análise? Neste post, apresentaremos os principais pontos para construir sua carreira de sucesso

Curso de análise de dados: Data Analytics ou Data Science?

Obter uma certificação de um curso de análise de dados é uma ótima opção para o profissional que deseja impulsionar sua carreira. Ela mede e comprova os conhecimentos, requisitos e habilidades técnicas aos empregadores, proporcionando vantagem em um mercado de trabalho competitivo.

Quem decide ingressar na área encontrará duas opções de curso de análise de dados: Data Analytics ou Data Science, e isso pode acabar se tornando uma dúvida ao procurar saber em qual deles o aluno se encaixa melhor. Vamos te contar a diferença entre eles:

O Data Science (ciência de dados) é uma combinação de matemática, programação e estatísticas, na qual o profissional é responsável por organizar um volume de dados estruturados ou não estruturados, e que pode ser grande (big data), dependendo da empresa. Nessa atuação, o cientista busca por insights e encontra um padrão em comum em todos os dados coletados.

Por outro lado, o especialista de Data Analytics (analista de dados) atua com todos esses grandes volumes de dados já organizados, analisando-os, a fim de criar correlações e formular novos conceitos que orientam no planejamento da empresa e suas tomadas de decisão.

Ambas as áreas são forças vitais para tornar qualquer negócio bem-sucedido, pois atuam com o objetivo de extrair informações de valor que são diferenciais nos processos das organizações.


O que é preciso para estudar Big Data?

Um bom profissional de dados (tanto os analistas quanto os cientistas de dados) precisam saber lidar com o Big Data, ou seja, os imensos volumes de dados, não estruturados e estruturados, que estão presentes no dia a dia das organizações, independentemente de seu porte.

Esses grandes volumes de dados não são processados ​​com softwares ou tecnologias tradicionais. Os dados desse processo se iniciam brutos, ou seja, não são organizados e, na maioria das vezes, são impossíveis de serem armazenados na memória de um único computador.

Portanto, muitas pessoas se perguntam o que é preciso para estudar Big Data e se destacar no mercado de dados. Confira abaixo as principais características necessárias para estudar e ingressar na área:

Pensamento crítico

O profissional precisa ter uma visão de longo alcance, ou seja, desenvolver seu pensamento crítico, para detectar e interpretar as informações a partir de uma análise objetiva.

Essa é uma habilidade que determina o sucesso do aluno quando coloca seus conhecimentos em prática. Portanto, quem pretende ingressar em um curso deve cultivar essa característica.

Estudar constantemente

Um bom profissional que lida com Big Data deve ter habilidade com códigos, matemática, algoritmos e saber lidar com grande volume de informações. Por isso, é necessário ter força de vontade para estudar constantemente e desenvolver suas habilidades técnicas.

Familiaridade com tecnologia

Para estudar Big Data é preciso estar à vontade com a tecnologia. Na prática, o profissional deve entender as necessidades da empresa em que trabalha, sabendo analisar qual é a mais adequada para determinada demanda.

Ter vontade de buscar soluções

Essa característica é muito importante, não somente para solucionar os problemas da empresa, mas também conseguir antecipar tendências e prever possíveis situações.

Qualquer um pode fazer um curso de análise de dados?

A área de dados é relativamente nova no mercado. Normalmente, as pessoas que ingressam nesse campo possuem diversas origens profissionais, como Estatística, Engenharia, Administração ou Economia.

Em meio a sua trajetória de carreira, todos buscam uma especialização para adquirir os conhecimentos necessários e transitar de área. Sendo assim, qualquer um pode fazer um curso de análise de dados.

Por ser um campo recente, as oportunidades são inúmeras e a quantidade de profissionais qualificados ainda é escassa comparada às demandas disponíveis. Então, essa é a hora de começar a aprender sobre o assunto para quem quer se destacar no mercado!

Se você se interessou em seguir essa profissão, invista na sua capacitação em um bom curso, que proporcione toda a base de conhecimento para o futuro! A Digital House é perfeita para isso! Confira a grade completa dos cursos de Data Science e de Data Analytics e escolha a que mais se encaixa com você.

Nossas aulas remotas são dinâmicas, 100% ao vivo e contam com os melhores especialistas do mercado. Impulsione sua carreira ainda este ano e conquiste o sucesso! Não deixe também de conferir nossos materiais gratuitos e ricos de conhecimento ao seu dispor em nossa biblioteca de conteúdo e no Blog DH.

Leia mais no blog DH:

+ Qual a diferença entre data lake e data warehouse?

+ Banco de dados públicos: conheça 6 repositórios de dados disponíveis

+ O dia a dia de um analista de dados: responsabilidades, ferramentas e dúvidas

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)