Como usar o Google Drive: recursos e benefícios da ferramenta de armazenamento em nuvem

Como usar o Google Drive: recursos e benefícios da ferramenta de armazenamento em nuvem

Nos dias atuais, armazenamento de dados em nuvem representa, além da continuidade dos negócios das empresas, um meio prático de tornar possível a produtividade e o bom andamento nas tarefas remotas de muitos profissionais.

Nesse cenário, a nuvem, ou cloud computing como é conhecido, traz nossos pés ao chão, pois remete a um novo normal possível.

Ironicamente, a analogia acima faz sentido, já que saber usar a nuvem pública do Google Drive, por exemplo, pode otimizar e clarear rotinas, ajudando muito nos desafios que o mercado de trabalho nos impõe.

Vem com a gente neste artigo e entenda como esta solução na nuvem(cloud computing) pode ser a melhor saída para o agora e também o mundo pós pandemia, muito mais ágil e seguro no compartilhamento de dados.

Como usar o Google Drive?

A maior necessidade tem sido encontrar soluções que permitam que os negócios continuem funcionando, com a segurança e a rapidez devida, mesmo com o time trabalhando em home office.

Embora muito usado antes desta situação se instalar como realidade, o Google Drive age certeiro como uma resposta prática e acessível para profissionais aproveitarem da melhor forma o armazenamento em nuvem.

Esta ferramenta de armazenamento da nuvem permite que se desenvolva conteúdos, com atualização(backup) em tempo real, tudo por separação de pastas e a possibilidade de compartilhamento para edição ou somente visualização para terceiros.

Para que fique mais claro, vamos explicar um pouco do seu uso.

Há duas formas principais de acessar seus arquivos no Drive: por sincronização na sua máquina (Windows e Mac) ou pelo cliente web. Para qualquer uma delas, é preciso que você tenha uma conta no Google.

Para acessar através do seu browser, basta ir em google.com/drive.

Os navegadores suportados são:

➜ Chrome;

➜ Firefox;

➜ Safari;

➜ Microsoft Edge / Internet Explorer.

No pacote da ferramenta do gmail, você tem acesso a:

➜ Gmail: um dos melhores clientes de e-mail, até hoje;

➜ Drive: armazenamento em nuvem;

➜ Docs (Documentos): Editor de texto, como Word e Writer;

➜ Spreadsheets (Planilhas): Editor de planilhas, à lá Excel;

Presentations (Apresentações): Para fazer slideshows, como o powerpoint;

➜ Hangouts: Chat, com suporte à voz, vídeo e screensharing;

➜ Calendar (Agenda): Para organizar compromissos e tarefas;

➜ Contacts (Contatos): Lista de contatos e e-mails inteligente.

Tipos de armazenamento na nuvem

Antes se explicar seu uso, vamos entender quais os tipos e as diferenças entre nuvens.

Nuvem pública: é uma opção mais acessível ou gratuita, com infraestrutura oferecida por uma empresa de cloud computing. É compartilhada entre diversos clientes e toda a interação se dá por meio de protocolos da internet.

Nuvem privada: permite que uma empresa incorpore sua infraestrutura de nuvem dedicada somente as suas necessidades e, muitas vezes, inclui data centers internos. A opção por este tipo de nuvem está relacionada à necessidade de maior controle do material que circula nos servidores.

Nuvem híbrida: é a mistura das duas outras, como o nome sugere. Com ela, se amplia as possibilidades de uso.

Funcionalidades do Google Drive

Agora sim, vamos entender a aplicação, na prática.

No uso pessoal, o Google Drive armazena, partilha e dá acesso a seus arquivos e documentos (ficheiros) a partir de qualquer dispositivo, móvel ou não. Essa plataforma permite os primeiros 15 GB de armazenamento gratuitos.

Lembrando que armazenar na nuvem, significa guardar fotos, histórias, designs, desenhos, gravações, vídeos e muito mais.

Já para empresas, há a opção do Drive Enterprise, em que se paga pelo armazenamento utilizado pelos funcionários. Nela, totalmente integrada com o Microsoft Office, estão inclusos o Google Docs, Sheets e Slides.

➜ Google Docs: um pacote de aplicativos do Google baseado em AJAX. Suas ferramentas funcionam online e off-line;

➜ Google Sheets: programa de planilha incluído como parte de um pacote de escritório de software gratuito;

➜ Slides:  programa de apresentação;

➜ Segurança de dados -  backup em nuvem.

O Google Drive é uma ferramenta eficaz para backup de arquivos, ou seja, ele armazena as informações de forma segura, fazendo cópias delas.

Esta é uma importante forma de proteger os usuários de riscos, como a perda de documentos apenas salvos em PCs. Os backups são realizados de forma automática, para que a pessoa não se preocupe com isso e ganhe mais tempo no fluxo de trabalho.

Aprenda as habilidades digitais

Parte das habilidades digitais decola em cloud. O que isso significa? Que áreas de Marketing Digital, Dados e Programação, entre outras, só têm suas propriedades utilizadas em sua totalidade quando o sistema que as suportam está em nuvem.

Quer saber mais sobre este universo? Acompanhe nossos artigos diários e acesse o site da Digital House e seja bem-vindo(a) à Era da Transformação Digital, acessível e na prática.