Como mensurar os resultados da sua estratégia de marketing digital

Como mensurar os resultados da sua estratégia de marketing digital

Saudades do que a gente não viveu. Esta é uma frase que bem define as consequências da pandemia, já sentidas no mercado financeiro. A porcentagem estimada de encolhimento do PIB brasileiro neste ano é de 4,70%. E o que isso tem a ver com as decisões da sua estratégia de marketing digital? Muita coisa, viu.

Acompanhe esse artigo e saiba como a previsibilidade e análise durante os processos e campanhas podem ser excelentes termômetros para a estratégia de marketing digital que você e seu time aplicam.

Como saber se a sua estratégia de marketing digital está funcionando

Nosso professor de marketing digital, Fernando Oka, explica que o momento atual pede uma análise diferente e por setorização. “Algumas categorias não sofreram retração e cresceram na pandemia, como bens não duráveis/venda de alimentos, produtos de higiene, lentes de contato, entre outros.

Porém, realmente a competitividade aumentou com custos inflacionados, principalmente nas mídias que usam leilão, como o Google. Acho que tanto para os casos de retração, como de crescimento, a medição eficiente ficou cada vez mais necessária. Não há muito espaço para planejar em médio prazo. É importante ter os KPIs muito claros e, em qualquer mudança, conseguir corrigir o rumo”.

Oka deixa claro que a segmentação é uma estratégia muito importante para se alcançar o máximo em performance. “Usar dos públicos semelhantes, remarketing e intenções de compra, ou mesmo tudo junto, tende a gerar maior chance de conversão. Além disso, é preciso ficar sempre atento ao comportamento do usuário. Dica: horários de maior conversão não necessariamente são os de maior engajamento e vice-versa”, completa.

Neste ponto, as ferramentas para mensurar o sucesso da estratégia de marketing se mostram muito necessárias. Além de comprovar resultados, essa avaliação servirá como termômetro para um panorama futuro.

Portanto, a recomendação é analisar todos os momentos deste plano. Pensando no antes, a dica é fazer o levantamento das metas e leads e observar se eles realmente foram alinhados com o objetivo do cliente, dentro do funil de vendas de marketing digital. Esse pipeline é um bom sustento para a estratégia e planejamento da jornada de compra.

Faça o seguinte exercício com a sua equipe. Reúna todos em um brainstorm e levante as seguintes questões:

➜ Vocês estão utilizando os melhores canais para esta estratégia?

➜ Esta é a melhor abordagem, pensando sempre na persona e no objetivo?

➜ A quantificação e qualificação dos números gerados correspondem com as metas?

O PDCA (plan, do, check e act), ou, em português, planejar, fazer, verificar e agir, pode ser uma ferramenta bacana para ser usada no controle de processos. Com ela, você pode averiguar se tudo está sendo executado de acordo com o planejamento inicial ou se é necessário mudar o curso das coisas.

Aqui, vale lembrar que as metodologias ágeis ajudam neste durante, pois auxiliam no gerenciamento prático e dinâmico dos processos.

Optando pelo uso de metodologias ágeis, seu time obtém informações valiosas que trarão luz para entender quais processos não estão gerando resultados, corrigir as falhas, e até replanejar e voltar a executar de outra maneira, se for preciso.

Por exemplo, se você identificou que o entrave está nas conversões, vale criar um teste AB para analisar. Com o resultado é possível aprimorar a experiência do usuário, mesmo com campanha, em andamento.

Dicas para driblar a concorrência

Quanto aos meios mais indicados para driblar a concorrência do digital, o professor Oka acredita que, antes de tudo, é preciso conhecimento da força de cada canal e utilizá-la de maneira mais correta. Não há uma fórmula pronta para todos e o cenário exige sim muito teste. Ou seja, quem testou antes tende a se dar melhor agora.

“Eu trabalho bastante com e-commerce, então, grande parte dos esforços vai para o BOFU (fundo do funil). Mas, muitas vezes preciso gerar a demanda (TOFU - topo do funil). Nessas horas, opto pelo tráfego mais barato, mesmo que nem sempre me traga qualidade (Facebook é uma boa mídia para isso) e, através do remarketing, atinjo os clientes no Google (GDN), LinkedIn e Instagram. Até mesmo o YouTube tem se mostrado uma boa mídia para MOFU (meio de funil) e BOFU, onde antes era muito usado para TOFU”, finaliza.

O exemplo do nosso professor evidencia que nem sempre a mídia precisa ser always on . A convergência de canais pode ser mais efetiva, nesse momento do novo normal. Portanto, segmentação de públicos, atenção às etapas do funil com criativos direcionamentos para o momento certo e indicadores claros, definem bem se sua estratégia atual está ou não no caminho para o sucesso dos leads tão esperados.

Como mensurar os resultados

Mesmo com a campanha perto da finalização, a prática de avaliar o que foi planejado e alcançado precisa ser frequente. Mas quando ela acaba, de fato, há duas formas de avaliar o sucesso da estratégia de marketing em números. São elas:

Custo de Aquisição do Cliente (CAC): a soma do valor que foi investido para obter novos clientes dividida pela quantidade de clientes novos.

Retorno sobre Investimento (ROI): com ele, serão identificados quais projetos de marketing dão mais retorno e como foi o andamento da campanha.

No Inbound Marketing, se mexe em time que está ganhando, com o argumento de que este é um processo em constante mudança pois, a sua audiência muda, o mundo também e você acompanha a onda.

O aprendizado em habilidades digitais ajuda os profissionais de marketing a compreender estas mudanças e as novas necessidades que elas trazem na bagagem. Munidos destas ferramentas, sua equipe poderá trilhar com mais segurança e previsibilidade na condução de suas estratégias.

Na Digital House, temos cursos específicos às áreas de Marketing Digital em seus mais diferentes estágios e conhecimentos, para que você esteja pronto para esta realidade e identifique sempre os melhores caminhos a seguir.