Como fazer uma análise de resultados: uma breve introdução

Como fazer uma análise de resultados: uma breve introdução

“Como fazer uma análise de resultados?”, esta é a pergunta que muitos aspirantes a analistas de dados se fazem ao se deparar com a primeira análise, sabem porquê? É que até o último gráfico da apresentação há um longo caminho no processo de como fazer uma análise de resultados, e somente a prática torna mais rápido e apurado.

Como iniciar uma análise de resultados?

A primeira coisa a se pensar é que estamos fazendo investigações o tempo inteiro, seja sobre os resultados de uma partida de futebol, um convite a um encontro ou até uma simples pesquisa de preço de um produto. A análise de resultados de qualquer assunto está presente em nosso dia a dia, mesmo sem uma planilha aberta. Sem mais delongas, existem algumas estratégias para sair da estaca zero e conseguir reunir tudo numa apresentação.

Análise de resultados: quais são as suas hipóteses?

No livro “Estatística sem matemática, a relação entre as questões e a análise”, os autores distribuem 17 perguntas antes de começar uma análise. Vou trazê-las aqui como se eu tivesse tido a ideia de apresentar “o impacto do coronavírus nas internações nos leitos de hospitais”, por exemplo. Não trarei todas, mas algumas já ajudam a ideia de análise de resultados no dia a dia:

- Você já definiu o objeto do seu estudo (variável independente, que contribui mais com o cenário como o aumento de infectados)?

- Onde estão os dados? Em que locais eles estarão armazenados?  São de fácil acesso?

- Você trabalhará com uma amostra de ou com a população total?

Depois de responder as perguntas, existem mais outras a seguir, porém relacionadas aos dados coletados, precisamos de perguntas respondíveis. Como, por exemplo:

-  Existe um padrão nas colunas? Por exemplo, mais vendas ou menos vendas, de acordo com os números?

- Em comparação com o período anterior, que podem ser meses, anos, dias, existe uma variação para mais ou menos?

- Há linhas vazias na base que podem influenciar em resultados?

- Os números estão em formatos corretos?

- Vou precisar fazer algum ajuste manual ou extrair novamente?

Abaixo temos uma base de dados coletada diretamente do site do governo do estado de São Paulo – a produtividade policial em 2019. Trata-se de ocorrências relacionadas a porte de entorpecentes, flagrantes, dentre outros crimes.


O que podemos ler sem nenhum gráfico?

  • Ao selecionar a primeira linha, temos a soma dos dados, a média, o valor mínimo e o máximo.
  • As maiores ocorrências estão relacionadas a flagrantes e inquéritos policiais instaurados (com 4 casas decimais e mais de 7 mil só em janeiro).
  • Infratores apreendidos por mandado e ocorrências de apreensão de entorpecentes possuem, em geral, apenas duas casas decimais em sua maioria. Vemos desta forma que há menos ocorrências feitas pela polícia.

Bônus: dica final para iniciantes na análise de dados

Por fim, o contexto é muito importante. A última frase que escrevi acima pode ser tendenciosa, caso eu dissesse que mais registros seriam indícios de mais crimes. Só que nem sempre isto acontece.

Sabemos que no Brasil há desconfiança em alguns setores da sociedade na polícia e a distribuição de delegacias nem sempre é justa considerando as periferias e região metropolitana.

Se você trabalhar com vendas certamente existem épocas em que há mais ou menos venda. Se trabalhar com análise de dados para a saúde, veria um impacto de internações por problemas respiratórios nos últimos meses. Entender a sociedade é fundamental para uma boa análise de resultados e trazer este conhecimento faz uma grande diferença no dia a dia.

Aprenda análise de dados na Digital House

Nesse texto, nossa professora mostra o quão presente a análise de resultados está presente no nosso dia a dia, e como esta análise é importante na análise de dados.

Apesar de fazermos esta análise muitas vezes intuitivamente, como analisando um jogo de futebol, por exemplo, se aprofundar no estudo de análise de dados é essencial para compreender o que os dados podem significar.

Na Digital House você aprende mais sobre o assunto e se aprofunda nas possibilidades que a análise de resultados traz. Conheça nosso curso de Data Analytics, e aprenda com os melhores profissionais do mercado como se tornar um profissional de dados.

Leia mais no blog DH:

+ Dados abertos: como usar dados públicos para gerar estratégias de negócios

+ Power BI para leigos: aprenda os primeiros passos

+ Resumo LGPD: tudo o que uma empresa precisa saber sobre a nova lei

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)