Aprenda como fazer o branding de uma marca de sucesso em 3 etapas

Aprenda como fazer o branding de uma marca de sucesso em 3 etapas

Muitos se perguntam como fazer o branding de uma marca, mas é importante saber que o branding não começa falando com o público que você quer alcançar, mas fazendo uma análise completa de quem é a sua marca, como ela é, o que ela tem a oferecer de diferencial e, aí sim, como falar com o público.

Para esse início, nós temos um guia prático sobre o que é necessário para criar uma marca, que servirá de norte nesta jornada e você pode baixar gratuitamente.

Como fazer o branding de uma marca?

Neste ponto, existem três grandes tópicos que precisam ser definidos e estudados para entender o que significa branding e como criá-lo. Cada um desses tópicos vai dar as bases para se fazer um bom branding de uma marca:

➜ Canvas de Proposta de Valor

➜ Jornada do Consumidor

➜ Mapa de Território

Canvas de proposta de valor

É nesta etapa em que a empresa associa o que ela tem a oferecer com o que os clientes desejam, sentem falta ou mesmo sentem necessidade.

Momento em que as soluções que a empresa oferece são associadas às dores dos clientes. Em outras palavras, vai te dar o que diferencia sua marca das outras no mercado e o motivo das pessoas comprarem seus produtos.

como-fazer-o-branding-de-uma-marca-usando-o-canvas-de-proposta-de-valor

Fonte da imagem: Analista Modelos de Negócios

Jornada do Consumidor

É a etapa em que a empresa identifica, como em uma jornada, os momentos em que os clientes têm contato com a empresa, como eles se sentem nesses, o que estão esperando e em quais canais a empresa pode se comunicar com eles.

jornada-de-compra-que-mostra-como-fazer-o-branding-de-uma-marca

Fonte da imagem: Lands Agência Web

Território de Marca

Agora sua marca precisa entender os seus produtos, detalhar os benefícios que podem oferecer, sejam eles emocionais ou funcionais (como “hidratação da pele” ou “sensação de bem-estar”) e a partir disso definir seus territórios, assuntos dos quais a marca pode ser considerada uma unanimidade do assunto (mesmo que a marca ainda seja pequena).

demonstracao-de-territorios-de-marca-que-mostra-como-fazer-o-branding-de-uma-marca

Fonte da imagem: Titonet

Imagine uma marca de produtos de higiene pessoal feitos à mão apenas com produtos veganos. Essa marca pode ser pequena ainda, mas pode, sim, falar sobre veganismo ou até mesmo sobre natureza.

O que é o posicionamento de uma marca?

Imagine quão frustrante seria comunicar em um vídeo lindo no Youtube que sua marca ama os animais e detesta maltratá-los, mas seu principal componente é o couro bovino.

Ou então destacar no início da jornada do consumidor o quão durável é seu produto enquanto compradores anteriores estão avaliando a empresa negativamente justamente quão rápido seu produto durou.

Quando damos dicas de como fazer o branding de uma marca, as bases precisam ser sólidas, alinhadas com o que a marca tem a oferecer e que ao mesmo tempo é percebido pelos clientes.

E é aí que começa esse trabalho de comunicação: alinhando o discurso para cada etapa de comunicação e de acordo com os valores da empresa e explorando os territórios atrelados.

E como comunicar sua identidade de marca?

Pensando na mídia em si, quais canais utilizar e os esforços para um branding de sucesso, o branding está muito embasado no topo do funil, aquele momento em que os clientes ainda não conhecem a marca ou que a marca quer reforçar um atributo.

Existem duas grandes estratégias de mídia fundamental no processo de como fazer o branding de uma marca: via awareness e via influenciadores/celebridades.

Awareness

O grande objetivo do awareness é falar com o maior número de pessoas dentro do público desejado repetidamente para garantir que a marca seja associada a essa característica.

Se alguém falar “de mulher para mulher” é muito provável que alguém do sexo feminino na faixa dos 30 anos de idade complemente com um “Marisa”.

Isso é resultado de anos explorando essa característica da marca, de ser voltada para o público feminino, utilizando um slogan forte.

Influenciadores/Celebridades

O marketing de influência é a estratégia de utilizar a credibilidade de outras pessoas, o poder de influência delas, e transferir para um produto ou marca.

Provavelmente se perguntarmos qual marca de jóias vem à cabeça muito provavelmente vamos ouvir um “Vivara” dentre as opções.

Se perguntarmos a que pessoa essa marca é associada, muito provavelmente um “Gisele Bündchen” irá aparecer.

Entre “Vivara” e uma marca “menos conhecida” há um elemento de credibilidade que a Gisele passa para a marca que faz com que ela tenha uma associação de qualidade de marca mais forte.

Importante que se diga que nessa estratégia, não importa quão grande é a base do influenciador, mas sim o quanto ele consegue transmitir as qualidades que a marca almeja.

Essas estratégias não andam separadas, é preciso “martelar” a marca para que as pessoas se lembrem delas, mas também é preciso que elas associem as qualidades necessárias, muitas vezes feitas pela utilização de influenciadores e celebridades.

***Atenção! Existe uma dúvida comum que normalmente surge que é a diferença entre o que é marca e o que é branding, mas que é fácil sanar. “Branding” vem do inglês e significa algo como “fazer marca”.

Enquanto marca seria “Coca-Cola”, por exemplo, branding é todo o processo de comunicação e posicionamento que a marca explora, como filmes de Natal, datas especiais, projetos sociais que a marca explora, entre outros.

Quer mais sobre branding? Agora leia como criar uma brand persona de sucesso!


E mais no blog DH:

+ Como ter um site mais amigável?

+ Customer Centric: como moldar sua estratégia com foco no cliente

+ Como gerar leads: estratégias de marketing para ter uma base qualificada

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)