Como criar um dashboard no Power BI?

Os dashboards disponíveis no Power BI são ferramentas cruciais para quem precisa reunir, analisar e apresentar dados, contribuindo com os objetivos da empresa.

Como criar um dashboard no Power BI?

Dashboards são ótimos meios visuais de auxílio para otimização e aumento da velocidade em processos de tomada de decisão. Com a coleta e a análise de dados, organizada da melhor maneira, é possível entender tudo o que está acontecendo.

Afinal, para que uma estratégia de Business Intelligence (BI) seja efetiva, ela precisa reunir uma série de dados e, por meio de uma análise, transformá-los em indicadores. A grande questão é que, por mais precisos e confiáveis que sejam os dados, sem um modo de visualizá-los, eles são inúteis. Logo, o dashboard vem para resolver esses problemas.

No entanto, o dashboard em BI precisa ser capaz de reunir e organizar bancos de dados de um modo simples e eficiente, permitindo que a pessoa responsável por explorá-los consiga entender rapidamente as informações apresentadas.

Se você nunca desenvolveu um dashboard e não sabe utilizar o Power BI, não se preocupe! Neste artigo, vamos lhe ensinar um passo a passo para aprender a criá-lo de um modo simples. Boa leitura e aprendizado!

O que é dashboard?

O dashboard é uma ferramenta que possibilita realizar toda a gestão de dados de um projeto. Com isso, é possível ter um maior auxílio na exibição de métricas que indicam como um processo, campanha ou a saúde de um negócio está se desenvolvendo.

Com a utilização de um dashboard composto de números, tabelas, textos e gráficos, é possível ter o detalhamento de todas essas informações complexas de maneira simplificada e organizada, auxiliando as empresas na tomada de decisões e no acompanhamento de metas de forma rápida e fácil. Além disso, ele pode ser utilizado por qualquer área, para as mais diversas finalidades, pois é customizável.

O que é Power BI?

Muito se ouve sobre as maravilhas que o Power BI traz, como traduzir em dados objetivos os comportamentos humanos e mudanças no planeta. Esse serviço de análise de negócios, desenvolvido pela Microsoft fornece visualizações interativas, por meio de recursos de business intelligence e Inteligência Artificial (IA), em uma interface simples.

Isso significa descomplicar as demandas de dados e sua análise para usuários que, com este recurso, podem criar seus próprios relatórios e dashboards de maneira muito mais intuitiva e simples.

Qual a importância do dashboard no Power BI?

O Power BI é uma coleção de serviços de software, aplicativos e conectores que trabalham juntos para transformar suas fontes de dados não relacionadas em informações coerentes, visualmente envolventes e interativas. Os dados podem estar em uma planilha do Excel, em uma coleção de data warehouses híbridos locais ou em cloud. Com o Power BI, é possível:

Qual a importância do dashboard no Power BI?

O dashboard do Power BI é uma página única que conta uma história por meio de visualizações. Por ser limitado a uma única página e, quando bem projetado, contém apenas os elementos mais importantes. Além de tornar o processo de reunir tais dados muito mais rápido e diminuir a possibilidade de erros e inconsistências, a ferramenta possibilita a construção de painéis de controle intuitivos, elegantes e simples.

Logo, os dashboards disponíveis no Power BI são ferramentas cruciais para quem precisa reunir e, principalmente, analisar e apresentar dados. Desse modo é possível contribuir com os objetivos da empresa.

Como elaborar um dashboard no Power BI?

Para elaborar um dashboard em Power BI, primeiro, é preciso selecionar todas as informações que irá trabalhar. Depois importar e transformar os dados. Pode ser de uma tabela ou planilha do Excel. Para isso, dentro do Power BI, clique em página inicial. Em seguida, selecione importar dados e escolha qual é a fonte.

Dica sobre dashboard

Outra possibilidade do Power BI é usar e explorar as Medidas DAX, que são os resultados de cálculos feitos no painel. Os valores podem ser relacionados à porcentagem de vendas, custos ou investimentos do mês, contas a pagar, entre outros casos. Para adicioná-la, basta clicar em “Modelagem” no menu e, após isso, em “Nova Medida”.

Com os dados importados, o próximo passo é criar, de fato, o seu dashboard no Power BI. Vamos lá:

1 – Abrindo o Power BI

Ao abrir o Power BI, uma tela de login é exibida, mas não é necessário fazê-lo e esta página pode ser fechada.

Power BI

2 – Inserindo as bases de dados ao modelo

Para criar o dashboard, é necessário inserir no Power BI os dados que deseja analisar. Eles podem estar em formatos diversos, desde uma planilha de Excel até bancos de dados do SQL Server. Para inseri-los, você deverá selecionar o botão obter dados, escolher o tipo de arquivo e selecioná-lo. Feito isso, uma página será exibida com as abas da planilha à esquerda. Selecione as abas que deseja carregar para o modelo, clicando na caixa de seleção que aparece ao lado do nome da aba.

Na parte inferior da página são exibidas as opções carregar e transformar dados. A opção de transformar dados permite a edição da planilha antes do carregamento para o modelo, permitindo que sejam excluídas linhas e colunas, alterados os tipos de dados, entre uma infinidade de outras modificações. Já a opção carregar permite o carregamento da planilha direto ao modelo, sem alterações prévias.

3 – Entendendo o funcionamento do Power BI

Após o carregamento da planilha, as informações dentro das tabelas aparecem como colunas. As colunas da tabela que foi inserida são os campos.

No canto esquerdo da imagem, aparecerá o botão relatório, espaço onde os gráficos e demais itens do dashboard serão inseridos. Abaixo dele, estará o ícone dados, que é onde a planilha será mostrada, podendo ser editada. A planilha aparece se clicarmos em um dos campos da tabela a ser mostrado.

Abaixo do ícone de dados está o modelo, no qual é criado o relacionamento entre as tabelas, sendo, portanto, utilizado somente caso haja mais de uma tabela como base de dados e as mesmas tenham alguma relação entre si.

4 – Inserindo um título

Para inserir um título, é preciso selecionar, na página inicial, o ícone caixa de texto. Feito isso, será inserida a caixa de texto que permite editar seu formato, arrastando o mouse em sua borda, além de alterar o tipo de letra, cor e tamanho. Com o menu visualizações, é possível realizar outras edições na caixa de texto, como alterar a cor da tela de fundo, por exemplo.

5 – Inserindo cartões

Com o título pronto, é hora de começar a inserir os visuais e as informações ao relatório. Para isso, no menu visualizações existem diversos tipos de gráficos e formas de exibição de dados que podem ser acrescentados.

6 – Inserindo gráficos

É possível inserir gráficos no dashboard do Power BI que facilitem a leitura dos dados. Basta selecionar o modelo que deseja e inserir as informações. Com o gráfico pronto, basta formatar o título, alterando os tamanhos das fontes. Para isso, selecione o pincel, a formatação de rótulo da categoria e aumente o tamanho da fonte.

7 – Inserindo um filtro

Para conseguir olhar os dados de acordo com um critério, é possível acrescentar um filtro ao visual. Ele irá mostrar apenas os dados que estiverem dentro do que for selecionado.

Agora que você sabe o que é e como criar um dashboard no Power BI, também deve ter em mente que possuir uma certificação é chave e um grande diferencial para conseguir ingressar na carreira de dados de maneira assertiva, pois ele prova que o profissional possui uma base sólida de conhecimentos.

Que tal se inscrever no curso de Data Analytics da Digital House? Aprenda as habilidades necessárias na coleta e análise de dados, incluindo a construção e entendimento de dashboards, por meio do uso de diferentes ferramentas, como o Excel, Google Analytics e outros!

As aulas são online, 100% ao vivo e ministradas por professores especialistas que estão no mercado. Além disso, a DH conta com o departamento de Carreiras, onde os alunos podem acessar diversos conteúdos exclusivos sobre suas jornadas. Inscreva-se agora mesmo e garanta o seu futuro profissional!