Como começar uma carreira em Dados: seja um analista de dados ou Data Scientist

Como começar uma carreira em Dados: seja um analista de dados ou Data Scientist

Interessados em começar na carreira de dados passam por um dilema vantajoso - pouca oferta de pessoas qualificadas e altos salários. Embora ingressar nesse ramo exija estudo constante, dedicação e prática, trata-se de um investimento certeiro.

Apesar do universo dos números, somado à pressão que Hollywood coloca no advento da Inteligência Artificial (IA) em seus filmes futuristas, não é impossível começar uma carreira em dados do zero.

Por isso, reunimos 5 dicas básicas para mostrar que com determinação é possível começar a carreira em dados e ter muito sucesso neste ramo promissor.

Como começar uma carreira na área de dados

Faça uma lista dos pontos a seu favor e lembre-se constantemente deles

Foque nas habilidades que você possui, aprimore-se e lembre-se de que você já está no caminho para ter uma carreira em dados.

Habilidades são como ferramentas que precisam de constante atualização e manutenção. Por isso, aprenda coisas novas e adquira novos conhecimentos, mas não deixe enferrujar aquilo que você já possui.

Aprenda a amar números

Se você tem problemas com matemática e estatística, é hora de resolvê-los, não é mesmo? Pensamento lógico e facilidade com números são essenciais para trabalhar com dados.

O conhecimento em estatística auxiliará na interpretação dos dados e a álgebra linear, por exemplo, é fundamental para conseguir traduzir o volume de dados (e funções) em gráficos e representações tangíveis.

Prepare-se para aprender não uma, mas várias novas linguagens

Você não precisa ser programador para começar uma carreira em dados, mas esteja preparado para aprender linguagens de programação. A mais usada entre analistas e cientistas de dados é Python, mas pode ser que você esteja em algum projeto que exija uma nova linguagem.

Prática e teoria andam de mãos dadas

Sua futura profissão na carreira de dados está em constante atualização e isso requer muito tempo em fóruns, lendo artigos, participando de summits e fazendo cursos de atualização ao longo do caminho. Mas de nada vale a teoria, sem colocar seu aprendizado em prática.

Networking com pessoas da área

Use o networking não só para encontrar bons cargos e conexões, mas também para estar a par do que acontece em outras empresas ou com outros cientistas e analistas de dados.

Conforme falamos anteriormente, esta é uma área que tem frequentes atualizações e, por isso, estar em contato com seus pares também te coloca em contato com os acontecimentos do mercado.

Analista de dados: salário

Dados sozinhos não fazem verão, nem trazem resultados para as empresas. Já eles devidamente tratados por profissionais, tornam-se norte mais seguro para as decisões dos negócios na Era Digital, independentemente do tamanho destas empresas.

Por essa razão, começar uma carreira na área de dados rende frutos. Um profissional que sabe analisar dados ganha no Brasil, em média, R$ 3.325,00/mês. Se o mesmo for pleno, pode faturar em torno de R$ 9.000,00/mês.

Cientista de dados: salário

Vislumbra seguir carreira em Ciência de Dados? Então, vamos começar a falar desta profissão por números interessantes: a base da remuneração.

Considerada a profissão do futuro, o Cientista de Dados ganha, inicialmente, R$ 4,960,00. Segundo a consultoria Revelo, a demanda por esses profissionais aumentou 236% no último ano.

Como começar uma carreira em dados sendo um Data Scientist

Se deseja ser um mestre dos dados de fato, a boa notícia(além da citada no parágrafo anterior) é que o Data Scientist é crucial em, praticamente, todos os segmentos. Então, dá tempo de você aprender a profissão e aproveitar tantos benefícios, desde que comece a se mexer já.

Você precisará compreender o comportamento de usuários por meio de modelos estatísticos, desempenho da concorrência, tendências de mercados, encontrar possíveis anomalias em operações financeiras e trazer insights das melhores rotas às empresas.

Para trilhar este caminho, é importante você ter:

➜ Gosto por aprender, questionar e reaprender novamente, pois todo cientista de dados tem seu lado latente de autodidatismo;

➜ Conhecimentos básicos em banco de dados e estrutura de linguagem de programação;

➜ Entender sobre infraestrutura;

➜ Domínio mínimo de estatística.

Agora que você conhece um pouco mais da área de Dados e quais profissões existem neste mercado que só cresce, resta decidir qual jornada quer seguir!

Para se tornar um analista de dados que compreende, do começo ao fim, como se faz um relatório completo usando ferramentas como Power BI e Tableau, veja nosso curso de Data Analytics.

Aos interessados na Ciência de Dados, o curso de Data Science é focado em capacitar profissionais que querem se tornar Data Sciencists. Entenda sobre Machine Learning usando NumPy, Pandas, técnicas de visualização e storytelling com dados.