Como coletar dados e transformar números em estratégias: um guia para iniciantes

Como coletar dados e transformar números em estratégias: um guia para iniciantes

Conexões e informações orientam pessoas e empresas. Por isso aprender como coletar dados, de forma estratégica, impulsiona negócios de todos os tamanhos e principalmente gigantes do mercado.

E para tirar a primeira dúvida da frente, que costuma ser "que é coleta de dados?", explicamos de forma simples a técnica que nada mais é que a captação de informações, por meio de ferramentas de análise, formulários e outros softwares que retenham essas informações, otimizando a interação entre empresas e público.

Ou seja, é uma prática fundamental para explicar comportamentos humanos, econômicos e tendências. A análise de dados traz com ela a vantagem da previsibilidade para os negócios.

Conheça melhor sobre quais os métodos de coleta de dados e como realizar o processo com eficiência, para ajudar campanhas de marketing a vender mais, direcionar decisões de negócios mais precisas e outros benefícios que ajudam a entender a nova configuração do mundo.

Como coletar dados?

A coleta de dados está em todo lugar, desde as tecnologias avançadas de rastreamento de satélites, realidade aumentada, carros autônomos até nas câmeras do seu celular. O que muda? A maneira de obtenção deles e sua finalidade.

Mas, antes de saber quais são os tipos de coletas de dados mais utilizados, considere dados como qualquer informação, como nomes, números de documentos, endereços, contratos, contas bancárias etc., que podem tramitar nas mais diferentes vias de navegação, seja por interação nas redes sociais, cadastros em lojas, pesquisas de consumidor, entre outros.

Existem também os dados privados, em que o titular tem o direito de autorizar ou não seu uso (e o tempo de uso), conforme a nova lei em vigor, LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados. Já os dados público, não se enquadram nesta especificação e podem ser consultados e utilizados sem represálias.

Fique por dentro das principais diferenças entre dados públicos e dados privados.

Quais os métodos de coleta de dados?

Está enganada a pessoa que pensa que coletar dados é só para gente grande. Existem diversas maneiras de criar o seu banco de dados:

Data Analytics

Quando o foco é examinar dados brutos para poder extrair conclusões e informações de valores sobre determinado dado. Geralmente, envolve aplicar um algoritmo ou um processo de automação para gerar esses insights.

A análise de dados sempre obtém suas conclusões a partir de conhecimentos do pesquisador. Já no caso das empresas, é utilizada para validar tomada de decisões.

Big Data

A principal característica que difere Big Data de Data Analytics é o grande volume de dados. Como é impossível processar todos eles usando a memória de um único computador, os dados brutos, sendo eles estruturados ou não-estruturados, contam com recursos avançados de tecnologia para isso.

Existem três "V" que definem Big Data: volume, velocidade e variedade. Ou seja: a quantidade de dados gigantesca vem em alta velocidade e grande variedade de informações. Todas precisam ser selecionadas devidamente para que a análise aconteça.

O que é necessário para o levantamento de dados?

Quando se fala em levantamento de dados, é importante considerar as abordagens para tratar estas informações.

Existem as avaliações mais tradicionais, chamadas de descritivas, com análises diagnósticas. O objetivo deste modelo é apresentar o que motivou determinado evento a partir da relação entre duas ou mais variáveis, com indicadores construídos.

Há também os tipos de análise de dados prescritivos e preditivos, mais aprofundados.

Quais são as principais ferramentas para coletar dados?

A coleta de dados, quando envolve volume alto, necessita do suporte de ferramentas especializadas, com base em recursos em Inteligência Artificial(IA) e Machine Learning.

Porém, das mais simples e tradicionais às mais avançadas, super tech ou não, as ferramentas para coleta de dados são fundamentais para que a estratégia seja efetiva. A seguir, você confere três delas:

Formulários

Os formulários são mecanismos que podem ser utilizados para a pesquisa de satisfação do cliente. De forma simples, eles tornam possível contabilizar as informações coletadas em percentual, sempre dando ao participante opções de resposta.

Eles podem avaliar uma experiência em site (especialmente e-commerce), a satisfação com um produto pós-compra ou com as ofertas da empresa e entender as expectativas do público em relação a produtos e serviços.

Google Analytics

O Google Analytics é uma ótima ferramenta de monitoramento de dados, que cria dashboards para entregar ao usuário métricas importantes sobre suas estratégias.

Ele é gratuito e pode ser configurado de acordo com a necessidade da equipe de Marketing Digital.

A coleta dos dados, neste caso, é simples, pois a plataforma disponibiliza todas as métricas já calculadas, com um trabalho analítico, e traz as percepções estratégicas.

UpMiner

O UpMiner é um software voltado à mineração de dados que capta informações estratégicas em fontes de dados variadas na web. A ferramenta conta com mais de 1.900 fontes, as bases das buscas a partir da estratégia do usuário.

Voltado para Big Data, consegue processar um número alto de dados, permitindo criar gráficos e relatórios para análise posterior.

Como você pôde perceber, a coleta de dados é parte primordial da Transformação Digital. Mas, não basta apenas minerar informações. É preciso saber como interpretá-las. Aliás, esse é o verdadeiro valor, a mágica da história - quando dados viram conhecimento.

Quer se transformar em um Cientista de Dados? Nós temos um curso de Data Science pra você, com professores que estão atuando no mercado!

Seu objetivo na verdade é aprender a analisar dados e gerar relatórios com um storytelling com dados envolvente? Então veja nosso curso de Data Analytics, nele você aprende todas as etapas e como coletar dados.

Vem, vamos construir juntos a carreira que você está buscando! :)

Leia mais no blog DH:

+ Dados abertos: como usar dados públicos para gerar estratégias de negócios

+ DH Alunos: de administrador de empresas à Ciência de Dados

+ Resumo LGPD: tudo o que uma empresa precisa saber sobre a nova lei