Conheça a área de UX Research, sua dinâmica e importância das pesquisas com usuários

Conheça a área de UX Research, sua dinâmica e importância das pesquisas com usuários

Muitas pessoas não entendem ao certo o que faz um profissional especializado em pesquisa e como atuar com UX Research. Mesmo assim, esta área, dentro de UX, está evoluindo a cada vez mais.

Aliás, se você ainda fica meio perdido nas diferenças entre as áreas de atuação da profissão, entenda melhor neste infográfico sobre as áreas do UX, com explicação de características e definições práticas.

Segundo o Infomoney, esse mercado está em plena ascensão, com salários de até R$ 12 mil no Brasil. Isso se justifica pelas transformações nos padrões de consumo, fazendo com que a experiência de compra tenha muito mais relevância para o consumidor.

Muitas vezes, um ambiente acolhedor pode ser mais importante que o preço na tomada de decisão do usuário. Acompanhe o artigo e conheça mais sobre a pesquisa na área de UX, esse campo profissional de imersão no que realmente satisfaz os consumidores.

Como atuar com UX Research - a pesquisa imersiva

As principais características que um profissional de UX Research são curiosidade e capacidade de imersão em diferentes contextos e clientes, por meio dos olhos da pessoa pesquisada.

Dentro das atribuições de um UX Researcher, o conhecimento em diversas metodologias de pesquisa é muito importante, pois este profissional precisará planejar seu método, definindo objetivos e o escopo do projeto.

Entre suas ferramentas do dia a dia, poderá trabalhar na condução de pesquisas, com aplicação de questionários qualitativos e quantitativos, assim como a prática da observação em campo e a análise dos dados coletados.

Na prática de como atuar com UX Research, o profissional pode estruturar sua pesquisa pelas seguintes fases:

➜ Descobrimento: falar com pessoas mais experientes do ramo, envolver os stakeholders nesta conversa, procurar fontes de dados;

➜ Exploração: análises competitivas, revisão do design, reconstrução da persona, análise de tarefas, mapeamento da jornada do usuário, pensamento pluralista, feedback do protótipo e teste, classificação dos pontos a serem analisados;

➜ Teste: testes qualitativos de usabilidade, pesquisa teste (para treinamento), verificação de alcance de usuários, monitoramento das redes sociais, análise de posts nos canais da empresa, teste de benchmark, testes de instruções e de ajuda;

➜ Escuta: estudo dos resultados das pesquisas, olhar analítico nesta revisão,verificar bugs de usabilidade, análise dos processos de busca, revisão da FAQ do site, conferência, abrir espaço para o debate sobre estes resultados e futuros direcionamentos de melhoria.

A partir deste panorama, destacamos quatro informações interessantes que você precisa saber para identificar um profissional da área. São elas:

1 - O conceito: UX Research é a área que estuda e pesquisa padrões de comportamento dos usuários e suas mudanças de consumo;

2 - Características principais:  pesquisar as possibilidades de mudança nas estratégias e direcionamento dos próximos passos do processo, com muita curiosidade e observação, captada de várias maneiras;

3 - Ferramentas para seu desenvolvimento: desk research, pesquisa quantitativa e qualitativa e etnografia;

4 - Em que ele contribui? Munindo as demais equipes com dados e informações que possam trazer mais previsibilidade ao projeto.

UX Research é para você?

Até aqui, você já entendeu que a pessoa de UX Research precisa entender o negócio do cliente a fundo para que este processo de imersão resulte lá na frente, em uma excelente entrega.

O Design Thinking é um grande aliado quando este profissional já conhece previamente o cliente e seu negócio já que traz muitas ferramentas que externalizam informações importantes por meio da co-criação e da experimentação, o que se torna uma espécie de facilitador entre UX Researcher e stakeholders.

Se você se interessou em ir mais a fundo nesta especialização, saiba que um curso de UX Design que explora a área Research pode revelar o lado de User Experience que você não conhecia e que se identifica.

Na Digital House, com os melhores professores do mercado e por meio do método ideal de ensino, você vai desenvolver esta skill,  aprendendo a desenhar e validar linguagem digital, padrões de design e interação, análise heurística, prototipação, testes de usabilidade, métricas e KPI’s, além de fundamentos de Desk Research, pesquisas, etnografia e muito mais.

Confira as novas turmas para aprender como atuar com UX Research ainda este ano.

+ Conheça as aulas 100% ao vivo de dinâmicas da Digital House