Carreira de programação: por que essa pode ser uma ótima escolha profissional

Carreira de programação: por que essa pode ser uma ótima escolha profissional

Cada vez mais o número de profissões aumenta, o mercado de trabalho torna-se mais competitivo e exigente e os jovens se encontram em uma grande dúvida. Já pararam pra pensar que, em qualquer lugar que olhamos, sempre há algo que envolva uma carreira de programação?

Todo mundo tem acesso à tecnologia, mas poucas pessoas são conscientes sobre o seu funcionamento. Se você não tem ideia de que carreira seguir e quais são as necessidades do futuro, que tal passar a considerar a tecnologia e a programação como uma opção? Continue lendo e entenda o porquê.

Por que escolher uma carreira de programação?

Já dizia Steve Jobs, fundador da Apple: “Todo mundo deveria aprender a programar um computador, porque isso ensina você a pensar". Isso resume bastante a importância da carreira, mas vamos te ajudar a compreender ainda mais sobre isso:

Mercado de trabalho de programação

Um dos grandes motivos para escolher a carreira de programação é a facilidade de se conseguir um emprego e empreender na área. Hoje em dia, são muitas oportunidades no mercado de trabalho de programação e não há profissionais suficientes para cobrir todas elas.

Estabilidade financeira

Qualquer que seja a especialização, um profissional da área de programação não terá dificuldades de conseguir uma boa renda.

Baixo investimento

A profissão requer baixo investimento financeiro. Lógico, é necessária atualização e estudos constantes, mas, para isso, o esforço em si é mais importante do que o próprio fator financeiro.

Versatilidade da área de programação

Você pode trabalhar no Brasil ou fora, home office ou na empresa, recebendo um salário muito bom e com a garantia de estabilidade na posição exercida.

Sobre a posição, o mercado de trabalho de programação é muito amplo. Existem muitos tipos de vagas, de empresas, de tecnologias para você se interessar e aprender, modelos de contratação (CLT ou PJ), meios de estudo. São muitas opções para quem optar por seguir essa trajetória.

Ajudar outras pessoas

A área está diretamente ligada à melhoria na vida das pessoas. Com muita criatividade, um programador desenvolve ferramentas e programas que atuam diretamente no dia a dia das pessoas. Não é uma ótima área para apostar?

Como ingressar na carreira de programação?

A primeira coisa é escolher a carreira que você vai seguir dentro da área de programação. Quer ser um desenvolvedor? Quer trabalhar com segurança? Decida o rumo que quer seguir, conforme for conhecendo melhor sobre cada ramo. É interessante fazer uma pesquisa prévia e escolher o que você mais se identifica.

Por exemplo, se você decidir ser um desenvolvedor de software, deve escolher as tecnologias que quer focar. Não adianta escolher 10 tecnologias diferentes e aprender um pouco de cada, sem se aprofundar em alguma delas.

Com a escolha definida, é necessário aprender. Você não precisa, necessariamente, realizar uma faculdade. Existem muitos cursos, como os da Digital House, que preparam o aluno para o mercado de trabalho de programação.

Lembrando que aprender linguagens e ferramentas de programação é como aprender uma língua nova. É necessário consistência. É melhor ter um ritmo e uma rotina de estudos todos os dias do que tentar aprender o máximo que puder em um dia. Você não vai fixar tudo dessa maneira.

Além da consistência, coloque em prática seus aprendizados. Ao fazer isso, você pode ir montando um bom portfólio para apresentar ao mercado de trabalho, quando for procurar uma oportunidade.

Comece a aprender programação agora mesmo!

Você pode aprender programação do zero na Digital House! Temos o curso de Desenvolvimento Web Full Stack, para a criação de web site ou sistemas web ou Desenvolvimento Mobile Android e Desenvolvimento Mobile iOS, para a criação de apps e plataformas no mobile.

Além disso, os alunos da DH participam gratuitamente do programa de apoio à colocação no mercado de trabalho. Garanta o seu futuro agora mesmo!

Leia mais no blog DH:

+ Minha primeira linguagem de programação: como escolher?

+ Primeiros passos no Git: o que eu preciso saber?

+ Pague só quando possuir renda: conheça o modelo ISA da DH

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)