Briefing: saiba o que é, sua importância e como desenvolvê-lo em apenas 8 passos

Saiba o que é briefing, sua importância para as empresas e veja um passo a passo para elaborar um modelo eficaz em seus projetos de UX.

Briefing

Em qualquer projeto, antes de dar o start, é preciso ter um briefing em cena. Este é o primeiro passo para a execução de qualquer atividade, pois, é a partir dele que as etapas a serem seguidas rumo ao sucesso são determinadas. Continue acompanhando.

O que é briefing?

De forma simples e direta, o briefing é um documento usado como guia para a execução de um projeto, em que contém uma ampla gama de informações, como dados sobre o cliente, seu nicho de mercado, o público-alvo ao qual direciona as ações, entre outras informações relevantes.

Com isso, todos os times envolvidos terão um direcionamento para a realização de suas demandas e planos de ação. É importante que o briefing seja redigido de maneira simples e objetiva, a fim de ser consultado facilmente, embasando as estratégias e tomadas de decisão dos processos.

Como isso funciona em UX Design?

Geralmente, os projetos de UX Design são iniciados sem muita clareza sobre os resultados que pretendem alcançar com o desenvolvimento ou otimização de determinado produto ou serviço digital.

Sendo assim, para encontrar o melhor direcionamento e tornar a equipe do projeto mais produtiva, o briefing serve como um resumo de UX, com todas as suposições iniciais, fatos, objetivos (a matriz CSD, que já explicamos aqui no Blog DH), entre outros dados importantes para seguir com o projeto.

Tudo isso ajuda a facilitar a comunicação em reuniões produtivas e a colocar todos os membros de um time de UX na mesma página, antes mesmo de realizar qualquer pesquisa e as ações, de fato, iniciarem.

O que acha de vivenciar os projetos de solução de problemas utilizando o UX Design no dia a dia profissional? O curso de Experiência do Usuário (UX) da Digital House é a opção perfeita para proporcionar a você o conhecimento de todas as ferramentas e técnicas na prática, incluindo a produção de briefing, solucionando problemas reais de diferentes empresas do mercado.

As aulas são online, 100% ao vivo e ministradas por professores especialistas que estão atuando no mercado. Inscreva-se agora mesmo e garanta o seu sucesso profissional!

Qual é a importância do briefing?

Até aqui, você já percebeu o quanto o briefing é importante para o sucesso dos projetos, não é mesmo? No entanto, separamos mais alguns benefícios da sua implementação para os seus processos. Veja:

Organização

O briefing é essencial na organização das demandas, pois todas as informações relevantes de um projeto estão concentradas em um mesmo documento. O conteúdo em si pode ser segmentado por equipe, para que os diferentes times possam cumprir seus papéis da melhor forma e, assim, chegar ao resultado final.

Assertividade

No decorrer de um projeto, é preciso tomar decisões estratégicas para alcançar resultados melhores. Neste contexto, o briefing é um instrumento crucial para atender essas expectativas de maneira mais precisa.

Direcionamento

Como comentamos, o briefing é um documento que serve como guia para as empresas. Ou seja, ele direciona as ações e evita que os diferentes times envolvidos se percam no meio do caminho.

Como elaborar um bom briefing?

Agora que você já sabe o que é briefing e qual sua importância para as empresas, explicaremos um breve passo a passo para elaborá-lo da melhor forma:

Junte todos os dados importantes da empresa

É preciso reunir todas as informações que retratam a atual situação da empresa, como histórico, posicionamento e potencial dimensão da marca, políticas internas/externas e recursos disponíveis.

1) Quais são as informações do produto final?

Informações como nome e características do produto, dados sobre capacidade de produção, diferenciais, prós e contras, percepção do mercado, custo, entre outros exemplos, podem ser inseridos aqui.

2) Saiba quem é o seu público-alvo

Aqui você pode incluir dados, como hábitos de consumo, motivações, quantidade, preferências, classe social, faixa de idade, localização, escolaridade, entre outros. Além do público-alvo, é importante estruturar as personas do seu projeto, ou seja, a representação do perfil ideal de seus clientes.

3) Reúna dados sobre o seu nicho de mercado

Saiba qual é o tamanho do mercado em que seu projeto está inserido, se há sazonalidade, se houve uma evolução nos últimos anos e quais são as influências que ditam a dinâmica desse nicho, seja política, econômica, ambiental, demográfica, entre outras.

4) Faça o benchmarking da concorrência

É importante saber quem são os concorrentes diretos e indiretos, quais são suas principais estratégias e posicionamentos de mercado. Veja o que funciona melhor e extraia insights para otimizar os seus processos.

5)Defina os seus objetivos

Liste todas as metas e objetivos a serem alcançados, seja aumentar as vendas, lançar um produto ou serviço novo, reforçar a imagem de uma marca, entre outros exemplos.

Recomendamos escrever um texto direto sobre essa etapa, a fim de facilitar a compreensão de todas as áreas e fornecedores, focando em tudo que deve ser feito para alcançar os objetivos.

7) Qual é o orçamento?

Estruture a verba disponível para a execução do projeto.

8) Defina um cronograma com plano de ação

Defina o prazo final para a finalização do projeto. A partir disso, é possível saber quais etapas são mais urgentes e precisam ser executadas inicialmente. Inclua o tempo e as ações necessárias para cada uma delas.

Apresente o máximo de informações possíveis, mas não se esqueça de manter o foco em cada uma das suas metas.

Gostou do conteúdo? Esperamos que este artigo tenha ajudado você a compreender melhor o funcionamento e o objetivo do briefing, pois essa é uma ferramenta essencial para diferentes projetos em que não há a certeza sobre o produto e resultado final a ser alcançado.
Continue aprendendo mais sobre o universo de UX e não deixe de conferir o nosso artigo sobre acessibilidade digital e a sua importância na sociedade atual.

Fique por dentro das novidades do mercado tech. Assine nossa newsletter, clicando aqui.