Introdução ao Big Data: o que é e para que serve dentro das empresas

Introdução ao Big Data: o que é e para que serve dentro das empresas

Nos últimos anos, nossa sociedade se desenvolveu em uma velocidade nunca vista antes. Seja na área da medicina, engenharia, química, social e estrutural, o aumento de dados cresce de forma exponencial e sem limites. A Era do Big data.

+ Big Data na área de saúde: como o Dr. Consulta usa dados no dia a dia

Nesse contexto de desenvolvimento, é quase que possível dizer que um novo e consistente universo paralelo foi criado: o universo dos dados. Novas tecnologias, informações pessoais, fórmulas, dados bancários e muito mais passaram a ser armazenados a todo momento.

E é aí que surge a pergunta de um milhão de dólares: como fazer para gerenciar e armazenar tantas informações com segurança? Embora não seja uma pergunta simples, o Big Data tem se mostrado como uma alternativa extremamente eficaz para empresas dos mais diversos nichos e que trabalham com uma quantidade imensa de dados.

Quer entender melhor o que é Big Data e para que serve? Então vem com a gente!

Introdução ao Big Data

Para compreender o que é Big Data, primeiramente é importante entender mais sobre o conceito de dados. Quem ou o que está gerando dados? Existe potencial para que eles melhorem nossa vida? Como podem ser usados da melhor maneira? Como podemos garantir que sejam utilizados de acordo com nossos valores?

Como citamos antes, quase tudo que fazemos em nossa sociedade implica em entregar ou manusear informações.  Em um mesmo dia, podemos compartilhar dados em serviços de telefonia, bancos, sites de busca, companhias aéreas, dentre outros.

O termo Big Data se baseia na importância de armazenar dados estruturados e não estruturados gerados todos os dias e a cada segundo pelas empresas.

De acordo com uma pesquisa realizada pela BSA | The Software, são gerados diariamente cerca de 2,5 quintilhões de bytes. A expectativa é que, até 2025 esse número chegue a 163 zettabytes.

Talvez você já esteja entendendo como o Big Data pode ser importante para uma empresa, não é mesmo?

Big Data dentro das empresas

É fato dizer que as empresas que se aproveitam do Big Data garantem uma vantagem competitiva significativa e podem realizar uma gestão de informação muito mais abrangente.

Além disso, diversos modelos comerciais podem utilizar dados coletados de clientes, para obter insights relevantes e tomar as melhores decisões sobre como melhorar seus serviços.

Existem ferramentas com soluções integradas, metodologias e modelos estatísticos para gerenciar grandes quantidades de dados e aprimorar processos internos.

Dentro das organizações, os bancos de dados mais comuns estão relacionados às informações de clientes e produtos. Esses registros costumam ser gerados durante a integração entre empresas e consumidores (dados cadastrais, informações pessoais etc).

Já as informações sobre produtos normalmente se referem à registros de compras, dados de vendas, históricos de manutenções, entre outros.

Em tempos onde informação é poder, contar com um data center que permite o armazenamento de dados do Big Data pode fazer a diferença entre empresas que desejam se antecipar às necessidades de clientes e promover resultados.

Neste contexto, a nuvem ou cloud computing, vem como resposta segura e ágil neste aspecto. Com o armazenamento de dados em nuvem, os processos e demandas de uma equipe inteira podem ser disponibilizados por meio de qualquer dispositivo que tenha internet, com segurança e agilidade.

Quer entender mais sobre a trajetória dos dados, como se dá essa trilha e quem são os responsáveis pela organização dessa expedição das informações?

Na Digital House temos um programa de cursos voltados para a área de Dados: Data Analytics, Data Science e Inteligência Artificial. Entenda o que mais se encaixa no seu nível de conhecimento, seja inicial ou aprimoramento, e invista no futuro da sua carreira.