Benchmark ou benchmarking: entenda o que são, sua diferença e qual a sua importância para as empresas

Benchmark ou benchmarking: entenda o que são, sua diferença e qual a sua importância para as empresas

No dia a dia das empresas, é comum ocorrer situações em que os líderes precisam implementar novos processos que nunca ouviram falar ou desenvolver um novo produto ou serviço. Para isso, dominar a teoria não é o suficiente. É preciso ir além e buscar as melhores ações de outras organizações no mesmo segmento.

Isso porque ao identificar o que funciona em seu mercado, os gestores também compreendem como as suas próprias empresas estão se saindo em relação às outras e o que podem fazer para alcançar o sucesso.

Quer saber por onde começar e descobrir se é o benchmark ou benchmarking que deve ser implementado em seu contexto? Continue a leitura e entenda tudo sobre os conceitos.

O que é benchmarking e para que serve?

Benchmarking é uma técnica de avaliação comparativa entre diferentes empresas, geralmente da mesma área de atuação. Com base em uma pesquisa criteriosa, a ferramenta proporciona, com profundidade, dados valiosos e estratégicos para embasar as tomadas de decisão dos gestores empresariais aos seus próximos passos.

Geralmente, a necessidade do benchmark ou benchmarking (entenderemos a diferença mais adiante) parte de uma situação de estagnação ou insegurança de um negócio, quando ele não está obtendo resultados satisfatórios de suas ações no mercado. Portanto, caso exista uma organização se destacando no mesmo nicho, nada melhor do que se inspirar nela.

É importante pontuar também que o benchmarking também ocorre com empresas de diferentes áreas. Nestes casos, o objetivo é trazer um novo ponto de vista aos processos organizacionais, como prática de gestão de equipes, recrutamento e seleção, prospecção de clientes, entre outros motivos. Quer saber se você deve usar benchmark ou benchmarking em sua empresa? Veja adiante.


Benchmark ou benchmarking: qual a diferença?

Vamos direto ao ponto. Como comentamos, benchmarking é a técnica de pesquisar outras empresas e identificar os seus pontos positivos para servir de inspiração e adaptação ao próprio negócio. Já benchmark são essas organizações que servem de exemplo, pois possuem um trabalho e atuação muito bons.

Para compreendermos melhor a diferença entre benchmark ou benchmarking, vamos dar um exemplo: imagine duas empresas que atuam no mesmo setor, mas com portes diferentes. A primeira é uma marca local que quer aumentar a sua rede. A segunda possui suas operações em nível nacional, estando presente nos principais centros comerciais do Brasil.

Devido ao ótimo desempenho, a segunda é um alvo constante das pesquisas de concorrência, sendo considerado como benchmark em seu nicho de mercado. Quando o pequeno negócio decide fazer essa análise, o processo utilizado é o benchmarking.

Benchmarking e o marketing de sua empresa

É muito importante saber que o benchmarking é também um ótimo meio de otimizar as estratégias de marketing de um negócio, pois este é um grande ponto para qualquer empresa crescer no mercado. Neste sentido, é preciso estar atento a 3 tópicos:

Benchmarking não é feito uma única vez

A técnica precisa ser um hábito recorrente. Fazê-lo apenas uma vez não trará grandes impactos no negócio e não desenvolverá o processo de otimização e melhoria contínua.

Sempre acompanhe os resultados

Após a realização do benchmarking e a análise dos dados, você, como gestor, pode introduzir diversas mudanças, otimizações de processos e ajustes de rota. No entanto, se esses novos resultados não forem medidos e acompanhados, nunca saberá se as alterações trouxeram impactos positivos para a empresa.

Treine os times a fim de normalizar a técnica em suas estratégias

Com o treinamento do time e a cultura organizacional orientada ao benchmarking, todos os colaboradores ficam mais seguros dos novos processos e os resultados positivos são atingidos de maneira mais rápida. É essencial que todos possam participar das mudanças e sejam sempre ouvidos.

Como comentamos, sabemos que o benchmarking é uma ótima maneira para adequar e otimizar suas estratégias de marketing. No entanto, é preciso complementá-lo com inteligência de mercado, a fim de que a técnica esteja de acordo com a realidade de sua empresa.

Se você possui interesse em aprender mais sobre a técnica na prática, além de outras diversas estratégias, a Digital House possui o curso de Marketing Digital, que capacita seus alunos a dominar as principais ferramentas e fazer a diferença no mercado de trabalho.

Todas as aulas são remotas, dinâmicas, 100% ao vivo e contam com professores especialistas que estão no mercado. Os alunos também podem obter toda a orientação necessária à sua jornada com o Departamento de Carreiras, acessando diversos conteúdos exclusivos. Inscreva-se agora mesmo e dê um novo start na sua jornada profissional!

Por que o benchmarking é essencial para a sua empresa?

Para deixar o questionamento mais claro, separamos os principais benefícios do benchmarking para você. Confira:

Colabora com o alinhamento da equipe

Entender o posicionamento da empresa, seus objetivos e o que pode melhorar com base nos insights de mercado, contribui para que todos do time estejam em sintonia, deixando evidente sobre o que é preciso fazer para alcançar as novas metas.

Melhora a cultura organizacional

Observar as melhores práticas da concorrência deixa a organização mais alerta e buscando uma melhoria contínua de seus processos.

Melhores práticas

É possível que a empresa visualize e entenda quais são as melhores práticas para estar alinhada ao seu nicho de mercado e ao público-alvo.

Redução de erros

Com boas referências, a organização consegue ser mais assertiva em suas estratégias, prevendo tendências e possíveis erros.

Aumenta o valor de marca

Boas práticas e estratégias fazem com que o negócio tenha melhores propósitos e sua imagem se destaque no mercado, tornando-a mais valiosa.

Relacionamento com o cliente

Com o benchmarking dos concorrentes, é possível obter insights para as estratégias de marketing, sobre as necessidades do público-alvo e proporcionar uma melhor experiência do consumidor com os seus próprios produtos e serviços.

Depois de ler este conteúdo, ficou claro que o benchmarking é um assunto muito importante para as empresas, não é mesmo? Para se aprofundar nesta temática, não deixe de conferir nosso artigo sobre o que é cultura digital, a sua importância e características dentro de um negócio.

Leia mais no blog DH:

+ Google Analytics Dashboard: crie e personalize com o nosso passo a passo

+ O que é brand equity e como as empresas geram valor de marca em seus produtos e serviços

+ Marketing digital para iniciantes: 10 dicas de como começar na carreira

E aí, já segue a gente no Twitter? Vem pra rede, vamos conversar sobre habilidades digitais! ;)